Findi em Búzios

Estou quebrada no corpo; e ficando quebrada no bolso, heheheh

Ontem acordei com “aquela” disposição de vir para Búzios. Estava mesmo desanimada porque eu sabia que não seria um findi baratinho. Por isso tratei de reservar uma pousadinha familiar que fica atrás da Rua das Pedras, principal ponto de badalação de Búzios. Eu já tinha ficado nessa pousadinha há uns 5 anos atrás, com o ex, e as únicas coisas que eu lembrava era que era uma pousada muito bem localizada, bastante aconchegante, pequenininha e que tinha um minipátio com uma enorme amendoeira no meio. O precinho desse grande achado foi de míseros 120 reais. Nem chega perto do que eu vou pagar em Porto Alegre, para mim e Gabi. É uma extraordinária pechincha essa pousadinha, levando em conta que os padrões financeiros de Búzios estão muuuuuuuuuuuuuuuuito acima disso.

Búzios, para quem não sabe, é a Campos do Jordão do Rio de Janeiro. É a cidade onde os abastados e famosos do Rio de Janeiro vão. Tem MUITA gente muito cheia de dinheiro, onde meu carro é praticamente carro popular, huahuauhauhauhauhuha. (Já falei do meu (por enquanto) carro algumas vezes, e confesso que não lembro se disse qual é. Mas se não disse, é uma Hilux SW4.)

Aqui é o lugar onde se vê o maior número de pessoas lindas por metro quadrado. É um enorme prazer somente caminhar na Rua das Pedras, e ficar sonhando com aquele monte de deuses do Olimpo que passam por nós (suspiro).

Saímos de casa às 11 horas da manhã, e fomos pegar Eva no hotel. Ela parecia bem animada, em comparação com a minha cara de enterro disfarçada. Eu não estava nada a fim de vir, justamente porque sabia que minha conta corrente iria diminuir vertiginosamente, principalmente por causa da viagem de POA semana que vem.

No meio do caminho, me liga um cliente em desespero pedindo um trabalho urgente. Eu mandei para minha tradutora fazer e tentei aproveitar o passeio.

Chegamos a Búzios e já foi meio complicadinho achar a pousada, que não é divulgada. Segundo a servente da pousada, a dona só aluga para pessoas de quem ela gosta da voz ao telefone, uhhahahahahahahahahah Sinal que deve ter gostado da minha voz, ou então ela me aceitou porque eu disse que já tinha estado aqui antes. Fato é que a única coisa que tem dessa pousada na internet é a localização com o nome da pousada e o telefone. Nada mais. Nem email tem, para vocês verem o drama. Vocês não encontrarão fotos do lugar em lugar nenhum. Não saberão como são os quartos ou o banheiro (eu procurei pra mostrar pra Eva). A única coisa que digo, é que é um lugar pequeno, aconchegantezinho, bem limpo, agradável e SUPER bem localizado. Tropeçou? Tá na rua das Pedras! Para quem quiser saber, o nome desse enorme achado, é POUSADINHA EM BÚZIOS. O preço é FANTÁSTICO DE VERDADE! Diárias em Búzios em lugares humildes custam pelo menos 250,00, e não é lá essas coisas, pelas fotos que andei vendo.  Essa pousadinha realmente conquistou meu coração (novamente, pois já tinha esquecido como era boa). Apesar de morar a 60 km de Búzios, certamente será um lugar onde ficarei quando quiser vir, já que não quero mais ir para minha casa de praia, que fica a 25 km daqui (traumatizei, por questões familiares).

Até a entrada da pousada é “disfarçada”. Para entrar na pousada é necessário abrir uma espécie de vitrine da loja do lado e passar por ela – mas caminhando normalmente – não precisa subir nenhum degrau nem passar por cima de nada. Uma coisa realmente estranha, mas que prefiro que continue assim, porque é garantia de que sempre conseguirei um lugarzinho pra ficar quando quiser. Até onde entendi, só tem 6 suítes.

Guardamos nossas coisas e saímos para almoçar. Eva escolheu um restaurante francês em que eu já havia estado uma vez, com o ex e amigos, e que eu sabia que era carinho. Mas, como diz o ex, e perdoem a linguagem chula, “o que é um peido para quem está todo cagado?”. Eu aceitei vir, então dane-se. E eu, que estava animada que o cliente caloteiro me pagou na sexta, vejo agora todo o dinheiro do pagamento já indo embora, hahahahahahah.

O restaurante é super legal. Vejam a vista da nossa mesa, na varanda.

Ficamos algumas horinhas, primeiro tomando um vinho, e depois comendo e jogando conversa fora. Mary que de vez em quando queria jogar algum joguinho no seu iPhone, mas eu praticamente arranquei o iPhone das mãos dela, para ela interagir conosco, hehehehhe. Eva é uma chefona da empresa onde Mary foi fazer teste. Ela é chefe do meu ex, inclusive.

Pedimos os pratos, que valeram bem a pena.

Esse foi o meu: filé mignon com cebolas carameladas (adoro doce na comida). Estava ótimo, embora eu tenha roubado algumas batatinhas sautée do prato da Gabi.

Não comi sobremesa, mas fotei a sobremesa da Eva. Vejam! Pareceu boa.

E a brincadeira foi de mais de 400 reais. Minha sortinha é que Eva pagou tudo, hehehehe, porque eu a trouxe e paguei pelo combustível, que não é nada praticamente, pois com 140 reais eu ando quase 700 quilometros no meu carro. Dá para ir e voltar do Rio de Janeiro, e o tanque continua com combustível. Disso sentirei saudades nesse carro… 😦

Depois viemos para a pousada, mas antes parei numa sorveteria que eu gosto, para comer a minha sobremesa. Tomei um banho, e quando eu pensei que iria descansar, não consegui. O tal cliente estava em desespero me pedindo logo o trabalho que eu tinha mandado para minha tradutora. Lamentavelmente ela ainda não está no meu nível de agilidade, e eu tive que entrar no circuito e ajudar a terminar logo, antes que o cliente enfartasse. Tradutor no ramo de petróleo é como médico, não tem horário comercial, nem fim de semana nem feriado. O trabalho vem a qualquer hora.

Terminei o trabalho finalmente, e isso já era umas duas horas depois que chegamos à pousada, lá pelas 18 horas. Quando finalmente deitei e peguei no sono, tendo até um microssonho de 10 segundos, onde sonhei que saía da pousada e me deparava com uma multidão de pinguins (!!!!!!!), Eva bate à nossa porta para avisar que já estava pronta para sair novamente. =(((((

Deitei novamente, pensei em tirar um cochilo, mas achei melhor levantar logo, pois se eu pegasse no sono, do jeito que eu estava cansada, poderia acordar tarde demais. Gringos gostam de fazer tudo cedo. Nos arrumamos e saímos. Fomos caminhando pelas ruas e entrando nas lojas. Fomos até a estátua de Brigitte Bardot, que ficou famosa na cidade por ter vindo aqui nos anos 60. Depois voltamos e sentamos num restaurante muito aconchegante na praia, o Bar do Zé. Apesar do nome, é um restaurante bem sofisticado, onde tivemos nosso segundo round de orgias gastronômicas e monetárias.

Já eram 20 horas, e as ruas estavam praticamente desertas, para os padrões de Búzios. Escolhemos nosso vinho, igualmente  italiano, Pinot Grigio, (98 pratas), e ficamos a jogar conversa fora até as 22 horas, quando as ruas já estavam abarrotadas, num vai-vem frenético de casais. E o restaurante, que estava vazio quando chegamos, agora tinha gente esperando para sentar. Era um tal de passar peruas socadas em roupas de paetês! Por um momento esqueci que ali ao lado tem uma boate famosa: a Privilège, onde ouvi dizer que para entrar é preciso pagar a bagatela de 150 reais.

Eva enfiou o pé na jaca no prato que escolheu: risoto de lagosta ao queijo brie e aspargos frescos (122 reais o prato). Eu, que pensei em pedir um prato mais humilde, resolvi pedir o mesmo que ela. Afinal de contas, a conta seria dividida por 3 mesmo! Vejam nosso prato. Então, resolvi enfiar o pé na jaca também, afinal, o que é um peido…(o resto vocês já sabem)

Gente, é um prato carésimo, mas vale a pena. É uma super delícia. Mary fotou o prato dela também, mas não me mandou as fotos ainda. Depois eu ponho aqui.

Sei que a brincadeirinha do jantar de ontem foi de 620 reais, onde a minha parte foi 420 reais. Como diz o ex, eu preciso viver também (se referindo ao fato de eu estar desanimada por saber que gastaria os tubos nesse passeio). Ainda bem que eu só faço essas coisas uma vez na vida e outra na morte. Essas refeições aqui em Búzios fizeram meus jantares de 150 reais com Mary, no melhor restaurante de Macaé, parecerem PFs.

E agora são 9 da manhã. Acordei quebrada do colchão (única coisa ruim até agora, na pousada). Já tinha ido dormir com dor nas costas ontem. E a sede, por causa dos muitos vinhos de ontem, é enorme.

Vou levantar para tomar meu café, e não sei bem o que faremos. Penso em levar Eva para Cabo Frio, onde tem um restaurante que eu adoro (infelizmente, também caro, mas nem chega perto do caro daqui, heheheh). Cabo Frio tem uma praia linda, de areia fininha e super branca. Acho que ela vai gostar de conhecer.

E Mary quer porque quer fazer um piercing no nariz. Aqui do lado tem um tatoo que põe. Vai ser uma luta isso. Vamos ver no que vai dar. Cenas dos próximos capítulos.

Beijocas!

Adri

Anúncios

Sobre Adri Portas

Tradutora, Blogueira e Filósofa (da vida)
Esta entrada foi publicada em Bobeirinhas Familiares. ligação permanente.

14 respostas a Findi em Búzios

  1. danakscully diz:

    Oi Dri! Eu AMO risoto e fiquei alucinada com a fotenho do risoto que vocês comeram. Qualquer dia desses também vou pedir para meu benhê me levar nesse restaurante! Eu nunca tive muita vontade de conhecer o Rio por causa do clima quente (e agora que conheço o seu blog, tenho mais certeza ainda de que não gostarei do clima! hehehehe), mas sempre tive muita vontade de conhecer Búzios. Deve ser um lugar lindo demais, tipo um capricho de Deus, né? E quem sabe até sobre um tempinho para eu tomar um café com vocês! hahahhahah (cara de pau eu… :P)
    Fico super feliz por vocês terem aproveitado bastante o findi e olha, tirando o fato de que você precisa juntar a graninha para viajar, também acho que dinheiro é para se gastar, afinal, trabalhar é muito chato e a gente não leva nem um tiquinho para a outra vida!
    Beijinhos,
    Van

    • Pô Van, Búzios é tudo de bom. E olha que eu detesto praia! Para quem gosta, lá é o paraíso! Sem falar que é ótimo ver gente bonita ne? Aqui na minha cidade só tem trubufú! As únicas que se salvam sou eu, Gabi e Dory! uhahuauhahuahuahu
      Você vai adorar o dia que vier. E quando vier, ficamos todas na pousadinha barrrratinha! hehehehe
      Bjus
      Adri

  2. solangepaixao diz:

    Delícias de Búzios…. estive lá só uma vez, mas só no Centro, queria mesmo era conhecer as praias lindas, mas os passeios eram de no mínimo 3 horas. E eu não podia me atrasar pra voltar pro navio, então, andei na beirada e voltei rapi10! Um dia eu volto! Me apaixonei pela Ilha Grande…. numa próxima viagem ao Rio gostaria de passar uma semana lá olhando todas as belezas daquela ilha maravilhosa!!! Bjks procês!! Sô

  3. gabimoura24 diz:

    aiiiii Adri, espero que tu não te decepciones comigo,sou bem simples, falo pra caramba e adoro uma belo e gordo mocotó! Quando vejo estas comidas caríssimas, fico com dor no peito, mas com certeza é porque não temos muuuiiita grana pra curtir, quem sabe um dia. Tu ralas pra caramba, tens mais é que curtir o que puderes. Mas que eu me acabaria num marzão deste, aaah eu me acabaria. Pousada aconchegante… que delícia!!
    Marido vai me levar pra passear em Gramado no domingo, quero só ver!!! 16 anos juntos! Já é um bom tempo!! Não sou fácil…
    Bom, venham logo!
    Bjs

  4. jehmikui diz:

    eu sabia que não devia passar por aqui hoje –‘
    hahahahahahahahahaah

    amiga do céu que pratos são esses???!!!!!! genteeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeee despertou todas as minhas lombrigas hahahahaha
    eu babei no teclado hahahahahahahahahah

    rachei de vc falando dos PFs de Macaé hahahahah
    e que vista é aquela??? que coisa mais linda!!!

    pelo jeito o final de semana foi otimooo heim!!
    tem que aproveitar mesmo, pelo que a gente sabe só se vive uma vez né?!!!!
    dinheiro foi feito pra gastar hahahahahahahahah

    beijooooooooooo

    • hehehehehehe
      Estava tudo uma delícia. Valeu cada centavo, apesar de eu “ter ficado pobre”.
      O lugar é realmente um paraíso. Não é à toa que é super procurado por pessoas do mundo todo.
      Em determinada época do ano, vários navios de cruzeiro passam por Búzios. A turistada fica alucinada.
      O findi foi ótimo sim, e com certeza voltarei mais vezes, agora que achei o lugar BBB para ficar, hehehehe
      Bjus
      Adri

  5. Eu não resistiria a um fim de semana deste calibre! Tanto alimentar, quanto financeiramente…na verdade, nem entraria num restaurante destes! Agora até fiquei preocupada com os lugares onde te levar! 😦 Sou bem mais simples e ainda tento levar uma dieta mais saudável, melhor dizendo, sem tanta gordura, porque os doces ainda não consegui riscar completamente do cardápio. Quanto ao piercing, minha filha queria muito fazer um na língua quando tinha 14 ou 15 anos. Eu mandei ela se catar, e que se quisesse mesmo, que esperasse até os 18 anos! Ela falou por mais um tempo, mas aos 18 fez um na orelha, se arrependeu, e nunca mais falou no da língua! Agora fui buscar uma imagem no google, e me deparei com cenas de horror puro! Meu Jesus Cristinho!!! Medo, muito medo!

    • Ah, eu confesso que nem me importei muito com o teor calórico das iguarias. Eu já passo a semana toda comendo arroz integral e salada (e chocolate), então acho que posso me dar ao luxinho de enfiar o pé na jaca algumas vezes.
      E em POA, só não sei onde ir na sexta à noite. Não sei onde a KK quererá ir. Mas no almoço de sexta e jantar de sábado, já temos lugar certo para ir.
      Maryu desistiu do piercing (AMEM!!!). Eva e Roberta a dissuadiram da ideia.
      Bjus
      Adri

  6. Afff… agora fiquei com agua na boca com esse risoto!!!!!! Também queeeerrrrrooooo!!!!! Vou atazanar o maridon para me levar lá qualquer hora dessas!!!!! E ve se caminha bastante na volta hein!!!!!! Bjus!!!!!

  7. Eita, a fominha aqui, salivou com os pratos, rs! Tem que aproveitar mesmo, Adri! Trabalhamos duro, somos independentes, temos que curtir essas pequenas loucuras de vez em quando!! Só fico triste por você estar cansada e ainda finalizando trabalhos, mas tenta relaxar e curtir!

  8. Oii q findi mara hem!!! em relação ao piercing dar uma super dica, pq eu tenho um no nariz, ñ use um piercing mesmo pq é muito grosso e quando resolver tirar de vez vai ficar marcado, eu uso um brinquinho de prata de strass bem pequenino bem discreto e foi furado com o próprio brinquinho, quando resolver tirar ñ ficará a marca, falo isso pq um amigo fez com um piercing mesmo, é mais grosso e em espiral, sinceramente nem sei como da de colocar aquilo em espiral, enfim ele resolveu tirar ficou cicatriz feia, nos primeiros dias vai ficar inflamadinho mas é só passar pomada p tal fim q em poucos dias ta blz. Bom foi minha dica, dica de quem usa, bom domingo p vcs!!

Obrigada pela visita e pelo seu comentário!!! <3

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s