Sunlit Grass – Revlon

Boa noite cheries!

Aproveitando que as cutículas estão mega comportadas, e de forma a matar a curiosidade com algumas aquisições recentes, eu resolvi novamente trocar de esmalte, hehehehe. O que trago hoje para vocês é um esmaltinho que estava lá na Esmalteria da KK abandonadinho, porque ele perdeu o rótulo dele, e virou indigente. Sendo assim, reivindiquei a guarda delezinho, para que ele viesse para minha casinha, onde iria ser muito bem tratado, heheheh. Mas é claro que antes, eu tirei uma foto de um esmalte normal, com rótulo, para vocês verem como ele é: SUNLIT GRASS, da linha Parfumerie da Revlon.

Sunlit Grass - Revlon

Esse esmalte é de uma linha recente da Revlon, que contém 24 esmaltes perfumados, que são divididos em 3 grupos:

Frutas e Flores (cores Lime Basil, Pink Pineapple, China Flower, African Tea Rose, Apricot Nectar, Ginger Melon, Orange Blossom, Wild Violets)

Doces e Temperos (cores Espresso, Moonlit Woods, Chocolate Truffle, Autumn Spice, Balsam Fir, Bordeaux, Spun Sugar, Italian Leather)

Frescos (cores Powder Puff, Fresh Linen, Surf Spray, Lavender Soap, Whitemint, Beachy, Tropical Rain, Sunlit Grass)

Vi toda a coleção à venda na Boots em Londres, mas não quis comprar nenhum.

Sunlit Grass - Revlon4

Como a própria linha diz, o Sunlit Grass tem um cheirinho de frescor mesmo; muito delicado o perfume, e não achei enjoativo. É um perfume diferente dos perfumes chegay que costumamos sentir nos esmaltes por aí afora. Gostei!

Sunlit Grass - Revlon2

Quanto à cobertura, eu usei 3 camadas nessa esmaltação, pois achei que com 2 ficaram leves manchas escuras. Finalizei com Seche Vite e voilá!

Eu tinha achado que a tampa de bolinha seria ruim de esmaltar, mas na hora de usar não achei. O pincel é comum, arredondadinho, mas foi bem fácil esmaltar.

Sunlit Grass - Revlon3

A única coisa que eu gostaria de acrescentar aqui, é que a cor real desse amarelo é um pouco mais canário do que se mostra nas fotos, onde o amarelo está com um tom ligeiramente esverdeado. Eu, particularmente, tenho “um abismo” por amarelos. Acho uma cor super alegre, que acende as unhas. Em sabuguettes fica mega fofo, e em unhas grandes super charmoso. Eu custei um pouco a gostar de amarelo nas unhas, e quem me induziu foi a Nina, desaparecida, que um belo dia tascou um amarelo e postou aqui. Lembro como se fosse hoje, eu dizendo que não me acostumaria com amarelo nas unhas, hahahahahah.

Esse esmalte e alguns outros da coleção estão à venda na Esmalteria da KK a 22 realitos cada.

Beijinhos em todas!

Adri :D

Mysterious – Revlon

Olá meninas!

Trouxe hoje para vocês mais um azul bapho que descobri jogado na fila cheio de teias de aranha, esperando para ser usado. Quando lembro que um dia achei azul ridículo e brega, me dá até vergonha…

O linducho de hoje é o MYSTERIOUS, da Revlon.

Mysterious - Revlon

Ele é um azulão cintilante bem lindo. Eu esmaltei com ele aplicando 3 camadas, porque achei que ficaram alguns locais mais clarinhos, somente com duas camadas.Mysterious - Revlon2

Usei o Crea Nails para esmaltar, e agora esmaltar com cores escuras virou até diversão, como já cansei de comentar aqui. Esse trequinho caiu mesmo do céu! O bom disso é que até a esmaltação americana fica simples, pois não tem muito o que limpar.  Para quem não sabe, esmaltação americana é uma técnica em que se usa um pincel para limpar, e não palito e algodão.

Por falar em esmaltação americana, em breve faremos um vídeo sobre essa técnica que tem ganhado muitas adeptas. Eu, particularmente, amo, e já tenho um estoque respeitável de pincéis, para eu nunca ficar sem, ehheheh.

Mysterious - Revlon3

Mysterious - Revlon4

Ele está claro assim porque a foto foi tirada no sol, mas a foto abaixo foi tirada na sombra. Vejam como fica mais escuro.

Mysterious - Revlon5

Depois das 3 camadas, eu achei que ele precisava de um toque especial: cobertura matte!

Mysterious - Revlon

Usei a cobertura matte que fiz com um pozinho mágico que Kakous me deu pra testar. Ela achava que daria certo, e deu. Não consigo entender porque não se acha mais coberturas foscas para venda no mercado nacional. Depois reclamam que a mulherada só quer comprar importados… =/

Mysterious - Revlon

Gente, esse esmalte matte ficou simplesmente cacantésimo. Eu até me arrependi um pouco de ter feito uma nail art em cima dele. Vejam:

IMG_7314b

Fiz bolinhas com o Layla OCEAN RUSH usando o boleador, e depois apliquei top coat em cima de cada bolinha, para “acender” o holográfico. Ficou uma gracinha, mas eu confesso que preferia sem nada, hehehehe.

E ontem começou minha tortura. Margô, minha secretária, tirou férias, e eu e Gabi ficaremos um mês dando uma de donas de casa. Paniquinho! Esta é uma amostrinha de como seria nossa vida em Niterói, se nos mudássemos… =(

E por falar em Gabi, ela hoje tem uma missão difícil a cumprir. Tem um trabalho de faculdade (de Publicidade) para fazer, e para isso precisa entrevistar um travesti que faça programa na praia, aff. Lá vou eu ter que ir junto, neah! Eu já a ajudei com as perguntas, agora quero ver como será a performance delas (uma amiga vai junto), como publicitárias, hehehehe.

Recentemente, eu coloquei um widget no blog, chamado Revolver Maps (não sei se vocês já observaram isso). Eu antes achava que era frescura das blogueiras colocarem isso, mas hoje vejo que não é frescura. É super maneiro!!!!

Esse widget te permite ver em tempo real quais cidades estão acessando seu blog, e guarda um histórico do número de todos os acessos por país. Instalei no dia 7 de abril, e de lá até hoje já tive 17,5 mil acessos (e não clicadas!). Foi, então, uma média de 547 acessos por dia, de 61 países diferentes. Todos os acessos ficam marcados definitivamente no mapa na forma de uma bolinha vermelha.

Infelizmente o WordPress não permite colocar o widget do globo girando, na página principal do blog, então coloquei somente o mapa plano mesmo, que é o que o WordPress aceita. Mas quando clicamos no mapa, entra o globo grandão, que podemos girar com o mouse e ver os pontos de acesso. No alto, há ícones para as informações de estatísticas de acesso do blog. Para as blogueiras que me leem, experimentem esse widget. Vocês vão adorar!

Parece até que já conheço algumas das pessoas que acessam nosso blog, hehehehe. Tem duas pessoas, uma de Palo Alto e outra de Mountain View, na California, que entram todos os dias, heheheh. E eu sempre pego a Tati fuçando o blog também, hahahahahah, não é, Tati?

Bem, meninas, é só por hoje. Bom fim de semana a todas.

Bjim

Adri :D

Valentine + DRK-C, por Vivi Kermeci

Voltei!!!

Hoje vou mostrar uma das nailarts mais lindas e chics que eu já usei! Talvez por causa da cor, talvez pela estampa ter ficado super discreta, mas bem charmosa, sei lá. Sei que fez muito sucesso! Usei um vinho bem lindo, o VALENTINE, da Revlon, e estampei com um desenho da DRK-C.

O Valentine é um vinho bem bonito. Achei que ele fosse mais pigmentado, mas precisei de 3 camadas pra não ficar manchado perto das cutículas. Não que isso tenha me incomodado, porque o esmalte é bemmmm fluido e fica fininho, fininho nas unhas. Ele secou razoavelmente rápido e com um brilho lindo! Dispensaria o top coat, mas já passei o Valentine com segundas intenções…

Comprei o Vermelho Perolado, um esmalte pra carimbos bem bonito da La Femme. Como ele só tem o acabamento e o tom diferente, a estampa ficou bem discreta, como se fosse uma marca d´água mesmo. O esmalte é bom pra carimbar, e a placona DRK-C também. Foi bem fácil de usar, e o desenho transferiu com bastante facilidade. O carimbão também facilita as coisas. Será que eu ainda sei usar o da Konad?!?!? Faz tanto tempo que o bichinho está lá encostado…

Finalizei com a Cobertura Espelhada, da Impala, que realmente faz juz ao nome. Ela só demora um pouquinho pra secar, mas ontem eu estava com mais tempo. Só não entendi porque encheu de bolinhas só no dedinho…

DSC06918

DSC06907

DSC06913

Maridão disse que ficou muito chic. Eu também gostei muito! Ta aí uma boa opção pras conservadoras saírem da mesmice sem chocar a sociedade… HAHAHAHAHAHA

Espero que vocês tenham gostado!

Beijoooooo

Vivi

Snake Nails, por Vivi Kermeci

Oiiiiii, meninas!!!
Chegaram tantas coisas legais pra mim em Outubro! Mas muita coisa ficou na fila, por causa do Outubro Rosa. Agora que a campanha acabou, vou começar a tirar algumas coisas da fila. E a primeira é a DRK-C!!! Não podia deixar se ser, né?!? Esperei tanto por ela!!!
Pra estrear com o pé direito, resolvi fazer a estampa C4, simulando a pele de uma cobra. Já tinha visto em blogs gringos, mas a estampa não era tão bonita como a da DRK-C. Mas também elas usam outras técnicas pra fazer essa nail art. Lá elas chamam essa mani de Snake Nails.
Primeiro, pintei as unhas com o Dunas, da Ellen Gold, que a Adri usou aqui esses dias. Ele é um bege levemente esverdeado (fala sério Vivi, não tem nada de bege! uhahuauhauhauha – é totalmente oliva baby! Recomendo você ir a um oftalmologista, uhauhauhauhauha.  Adri). Mas confesso que só reparei no esverdeado por causa do post dela. Pra mim, o Dunas era só um bege, e nada mais. Mas ele tem um toque verdinho sim. O Dunas é bem pigmentado e fácil de esmaltar. Cobre fácil com 2 camadas, sem manchar. Tem uma secagem rápida e um brilho bem legal. Mas resolvi fazer uma esponjadinha em lugares aleatórios com o verdinho militar fofo Muse, da Revlon. O Muse é lindíssimo! Não consegui saber o nível da pigmentação dele, nem o brilho, porque eu só esponjei pra dar um efeito de “jogo de luz” na estampa se é que vocês me entendem. Mas ficou muitooooo sutil. Acho que só as ninjas perceberão…
Aí carimbei a estampa de pele de cobra, com o esmalte preto pra carimbo, da Blant Colors. Muito bom esse esmalte, viu meninas?!? Super recomendo! Dessa vez usei o carimbão lá da KK, e acho que estou pegando o jeito dele. Sem dúvida nenhuma ele é melhor pra essas estampas de uma inteira, porque o desenho fica bem próximo da cutícula, o que eu amoooo!!! Odeio estampa que acaba no meio do caminho… Mas ainda tenho que melhorar minha técnica com ele. Já a DRK-C ficou perfeita! Acho que a Adri e a KK regularam a profundidade da estampa. Acho as estampas da DRK-B mais fundas um pouquinho, e pra mim isso que dificultava um pouco a transferência do desenho pras unhas. Sou meio tonhona, e borrava com uma certa facilidade. Mas isso era uma dificuldade minha. E nada que algumas raspadas a mais pra eliminar o excesso de esmalte do desenho na placa não resolvesse. Mas agora ficou joia! Amei demais a placona nova! Hiper simples de usar, dificuldade 0!
Olha que linda ficou minha mani!
Finalizei com o top coat Brilho Cristal, da Big Universo, que dá uma “plastificada” na unha. Na hora de tirar o esmalte isso fica nítido. Quem já usou vai entender. O brilho é ótimo, e a secagem é rápida, mas não é expressa. Mas é bem rápida sim.
Fiquei encantada com essa carimbada! Não vejo a hora de fazer as outras estampas da DRK-C! *.*  E quem quiser comprar a placona, ela está disponível lá na Esmalteria. Super recomendo!!!
Espero que vocês tenham gostado, meninas!
Beijossssss
Vivi

Go Overboard – Essie

Acordei às 2 da manhã e não consegui pregar o olho. Pensa daqui, pensa dali, rola daqui, rola dali, e demorou um tantão pra eu pegar no sono de novo. Mas enfim, consegui cochilar. Acordei às 6:30h e resolvi levantar logo.

Li alguns emails e tomei um banho. Me arrumei e fui fazer um trabalhinho vapt-vupt antes de ir para o “abate”.

Quando deu 8:20h minha mãe já estava pronta, e Gabi idem. Minha mãe iria comigo me fazer companhia no exame, e Gabi, eu iria deixar na aula de piano.

Antes de ir para o “abate”, eu passei no laboratório para fazer um exame de sangue. Agora é que vou ver em qual das esferas do planeta meu colesterol está. =(((

Quando cheguei ao consultório do médico, a enfermeira de meu um copinho com um líquido grosso e leitoso para beber. Ainda bem que não tinha gosto de nada. Entrei no consultório do médico e ele borrifou duas vezes uma anestesia horrenda na minha goela. Depois, a enfermeira espetou minha mão com alguma coisa e pediu que eu virasse de lado, e, de repente não vi mais nada. Logo acordei sentada em uma confortável poltrona, com minha mãe sentada na poltrona da frente olhando pra minha cara. Parecia que eu tinha fumado um baseado (nunca fumei não, mas imagino que seja aquela a sensação).

Eu só sei que num dado momento minha mãe falou pra eu levantar porque o ex estava chegando com o carro para nos pegar. Vocês acreditam que minha mãe queria me filmar roncando???? Imagino que cena triste deve ter sido aquela, para ela querer fazer isso comigo. E a vergonha, na frente das pessoas que estavam lá! Ainda bem que ela não conseguiu mexer no meu iPhone, porque eu já estava meio deprimida, se visse aquela cena acho que quereria me matar.

Deitei no banco de trás e fomos conduzidas até em casa. Comi alguma coisa, porque estava morrendo de dor de cabeça, e hibernei até as 16h. E cá estou, para mostrar o reloginho do Go Overboard da Essie, conforme prometido ontem.

Como podem ver, ele realmente é muito parecido com o Fashionista da Revlon, que coloquei aqui ontem, sendo que a enorme diferença é que o Go Overboard cobre lindamente com uma única camada, apesar de o Fashionista também ter uma cobertura boa, para um Revlon. Mas comparando os dois, eu diria que o Fashionista é “aguado” (mas só comparando com o Essie – que fique claro isso).

O Go Overboard é tão pigmentado, que eu arrisco até dizer que ele serve pra carimbar. Só falta agora testar no carimbo.

Eu adoro teals, e certamente amei essa cor, assim como o próprio Fashionista.

Depois que passei o esmalte, passei uma camada de Seche Vite. Não que precisasse, como sempre, mas é que eu queria que secasse logo, para eu fotar sabuguettes.

Eu achei a diferença entre ele e o Fashionista muito mínima. Acho que o Essie é um tiquim mais claro e mais esverdeado que o Fashionista. Vamos ver os dois juntos:

Nos vidros, a diferença é mais marcante. Mas nas unhas, somente se a incidência de luz for muito forte.

E aí, o que acharam? Estou ansiosa agora para testar o Go Overboard pra carimbar. Colocarei na fila!

E coincidentemente, Nina colocou ontem, também, o Fashionista, que ela comprou lá pela terrinha dela. Só que ela fez uma coisa diferente, ela colocou por cima do Fashionista dela o LATTE, da Tokidoki. Vejam:

Só assim eu consigo que essa uma poste alguma coisa aqui, já que ela abandonou a gente sem dizer adeus! Aposto que não fica sem pintar as unhas, né dona Nina????? SLAP em você!

E aqui, o vídeo que ela fez do dito. (Por favor, selecionem o modo HD ali na “engrenagem”. Nina)

E sobre Mary, ela disse que só começou a fazer alguma coisa mesmo, ontem, a partir das 15 horas (ela chegou no trabalho às 13:30h). Ela vai auxiliar no departamento de informática da empresa, e vai basicamente ajudar a organizar a bagunça que anda por lá nos controles deles, porque o pessoal não tem tempo para fazer isso.

Ela disse que vai juntar dinheiro para comprar um piano para ela. Dou a maior força, já que eu acho que esse papo de piano é só fogo de palha. Depois que ela começar a engrenar em trabalhos e outras coisas, não achará mais tempo para tocar coisa nenhuma.

E sobre a prova de ontem, vou contar uma coisa para vocês. Vocês acreditam que dona Gabriela COLOU DESCARADAMENTE DE MIM??????????? Ela fotocopiou duas das minhas páginas de prova, e só não colou mais porque ela disse que eu fechei a prova para entregar para o professor. Agora vejam se tem cabimento isso! Que vergonha!!!

É isso aí, meninas vou buscar Mary no ponto de ônibus pq ta muito escuro.

Bjus

Adri =///

Fashionista – Revlon

Atendendo a pedidos, muito embora eu estivesse super desanimada para fazer as minhas sabuguettes horrendas, trago hoje para vocês, depois de muito Photoshop na veia, para apagar os estragos que o Sr. Harry fez, o FASHIONISTA, da Revlon.

Para um Revlon, achei a cobertura até boa, apesar de ter começado a pipocar bolinhas para todo lado, o que foi facilmente resolvido com uma generosa camada do nosso salve-salve Seche Vite.

Achei a cor muito bonita, e descobri que o Fashinista da Revlon é um dupe do GO OVERBOARD, da Essie. E para fazer uma comparação, eu coloquei o Essie na outra mão, que eu mostrarei para vocês amanhã, com comentários.

Eu não achei o brilho dele digno não. Achei meio blé! E as bolinhas me desanimaram um pouquinho, mas isso nunca é muito problema quando temos um top coat de pedigree.

Minhas unhas estão um verdadeiro lixo, desfolhando, molengas. Eu larguei um pouco a coisa de lado, por causa do desânimo com resfriado, com trabalho, com “aqueles dias” e com prova. Mas olhando minhas unhas hoje, o paniquinho de ver as cutículas saltando às órbitas e ressecadas como pergaminho do deserto, resolvi pelo menos dar um trato antes que eu decepasse os dedos fora pra não ver mais aquela cena triste.

Eu nem ia pintar, na verdade, e se pintasse, não estava nem um cadim inclinada a colocar uma cor escura. Mas Van me pediu pra por esse esmalte, então aqui está! (Os sacrifícios que faço por vocês…)

Se você se animou com a cor, espere até ver o Essie de amanhã, pois os comentários serão mais cacantes.

E na BF de hoje, Mary foi hoje para seu primeiro dia de trabalho. Estou ansiosa para encontrar com ela, às 17:30h para saber como foi. Iremos de lá direto para o curso, pois hoje temos as primeiras provas. Eu estudei ontem e hoje pela manhã, mas confesso que eu não estou me dedicando tanto quanto deveria. E espero que eu me saia pelo menos razoável na prova, para eu não desistir, porque apesar da preguiça de continuar, esse era um sonho que eu sempre tive, continuar (e terminar) o francês.

Não liguem por eu estar xoxa hoje. Eu estou bem desanimada, mas não o suficiente para estar deprimida (amém!). Acho que estou meio nervosinha porque amanhã vou fazer uma endoscopia, e eu não tive ninguém para chamar, a não ser o ex. Esse era um favor que eu preferia não ter pedido a ele, mas não tive para onde correr, já que as poucas pessoas que conheço e com quem tenho mais intimidade, estão viajando (inclusive Dory!).

Bem, meninas, vou encerrar por aqui. Amanhã trarei, então, o GO OVERBOARD da Essie para vocês, e as fotos de comparação dele com o FASHIONISTA da Revlon.

Bjus

Adri =|||

Teak Rose – Revlon

Depois de ter surtado, passando CINCO camadas do Baby Pink da Nubar, eu aloprei e arranquei aquela porcaria toda das unhas. Ô esmalte nojento de usar! A cor é linda de cacar, mas uma bosta de passar (PERDÃO PELA LINGUAGEM CHULA E VIOLENTA – UM DESABAFO). Pode ser que em outra ocasião eu tenha paciência, mas eu só ia vendo a hora passando e nada da titica ficar boa. Sabe quando você está com o espirito totalmente voltado para aquela cor? Esse esmalte a Gabi vem me enchendo o saco há meses, porque eu não usava. Ela ficava zoando de mim quando eu brigava com ela porque ela queria comprar algum esmalte novo, e eu dizia que ela não iria comprar porque já tinha vários que comprou e não usou. E o BABY PINK ela vivia jogando na minha cara que eu TAMBÉM tinha comprado havia séculos e não tinha usado ainda. Acabava meu argumento, né? Acho que foi praga dela! Então, isso me faz crer que praga de filha pega em mãe, mas não o contrário, heheheheh

Depois que eu meti acetona em tudo, eu resolvi usar outro rosa, só que desta vez um rosa queimado: o TEAK ROSE da Revlon, que faz parte do trio de esmaltes ROSAS DIVERTIDOS da Revlon, que eu havia comprado por um preço super atraente na Sacks.

As cores desse kit são lindas. Valeu cada centavo. Esse é o TEAK ROSE da Revlon, cor 161.

É um esmalte fácil de passar, cobre bem em duas camadas, e tem um brilho bom. A cor é lindíssima também, lembra muito o CHARMEUSE da Nubar, que eu postei aqui há um tempo atrás (foto abaixo).

Charmeuse - Nubar

Lembra, também, o famoso BEIGE GLAMOUR da Bourjois, sendo que ele é menos puxado para o rosa e mais para nude.

Veja, agora, o TEAK ROSE da Revlon:

Resolvi experimentar nessa mani uma coisa que eu já cansei de ver por aí, para ver como iria ficar; eu passei só nas pontas das unhas o TRAFFIC STOPPER COPPER da Sephora, que é um glitter grande com pequenininhos, cor de cobre. Nossa, ficou super legal! Na foto o impacto não é tããão legal quanto ao vivo, acreditem! Eu achei mais bonito do que cobrindo a unha inteira, como eu fiz sobre o Beige Glamour neste post.

Agora a mani sob o meio sol, heheheeheh

Nessas imagens os glitters estão muito puxados para o dourado. Mas eles são muito mais acobreados do que aparece na foto, como no vidro abaixo.

Para dar um acabamento mais liso, passei uma camada de Seche Vite.

Já na outra mão eu aproveitei a luz do dia para carimbar com o desenho F5 da DRK-A, que eu queria usar fazia tempo. Usei o esmalte Única Camada da Colorama, cor CONHAQUE.

Eu achei que essa rendinha ficou SUPER mimosa. Adoray! Passei também uma camada de Seche Vite.

E na BF de hoje, anteontem aconteceu algo que me deu peninha. Cortei cenoura para dar pras crianças. Quando o Quindim veio para pegar a cenoura dele, ele tentava morder, mas o dente não cravava na cenoura, como sempre aconteceu. Ele tentou umas 5 vezes, e como não conseguiu morder, ele desistiu e saiu cabisbaixo. Na mesma hora chamei Gabi para me ajudar a pegá-lo para ver o que estava havendo de errado com ele. Pensei até que o dente dele tivesse quebrado.

Quando o peguei, abri a boca dele para examinar. Só consegui ver os dentes de cima, e não os de baixo. Ele não estava colaborando muito, porque estava tentando se livrar de mim, não violentamente, mas estava incomodado comigo e ficava se mexendo. Abri mais a boca dele e vi tufos de pelo do Kiwi na boca dele, e logo deduzi que tinha saído pancadaria entre ele e o Kiwi, DE NOVO, aff. Quando finalmente consegui entender o que estava acontecendo, quase surtei. Simplesmente o lábio inferior dele veio por cima dos dentes inferiores e os dentes enterraram no lábio. Por isso eu não conseguia ver os dentes, porque o lábio cobriu os dentes como se fosse uma capa, e ele não conseguia morder nada, porque os dentes furaram o lábio, que não soltou mais. Nossa, deu uma peninha dele! Pedi ajuda da Gabi e consegui puxar o lábio para cima, para soltar do dente. O lábio estava com um corte imenso e roxinho, tadinho. Deu uma dó!!! Logo “Quindous”, que tem cara (e histórico) de menor abandonado.

Ontem o observei, e ele está comendo bem. Mas hoje eu e Mary vamos dar um banho nas crianças, e eu vou examinar novamente a boca dele para ver como está.

Bem, meninas, por hoje é só. Beijos!

Adri =)))

Midnight Affair – Revlon

Esta é a seção INVEJINHA NEGRA 2, a revanche.

Para meu desespero, Gabi me fez fazer as unhas dela de novo, o que foi uma tortura para mim. Pegar nessas unhas e cutículas “nojentas” quase me fez passar mal. Já me convenci que olho gordo e inveja de mãe não pegam, aff!

Ela escolheu usar esse azul dyvíssimo da Revlon, o MIDNIGHT AFFAIR.

Tenho usado nela o NAIL ENVY da OPI. Uma base que tem estado em evidência em tempos recentes. Deve ser a “base da moda”, no momento. Não preciso dizer que no Brechó da KK tem, né? Está custando a bagatela de R$ 28,00 (de graça!). Não sei como essa guria consegue vender produtos tão baratos e ainda ter lucro! Aff! Quem quiser comprar, acesse o site do Brechó da KK.

Gente, fala sério! Não dá raiva ver essas unhas cacantes com esse esmalte “feio” pra danar? Não sei como essa menina está conseguinto tocar piano com essas garras imensas! O problema é que eu não posso, e acho que não consigo, ter unhas desse tamanho. Dá nervosinhopara  digitar.

Ai… esse azul é realmente uma coisa linda. Como tem gente aqui consegue ainda achar azul feio depois dessas fotos???????

Depois que ela pintou com esse azul lindão ela quis usar um carimbo da DRK-A para dar um UP nas unhas. Ela escolheu o desenho F2. (Nada como ter mãos de franguinha, né? Zero ruguinhas nos dedos, aff!)

Carimbei usando o Prata Cromo da Impala.

Eu achei essa estampa super fofa. Há uma infinidade de combinações de cores que podem ficar lindas!

Agora é minha vez de fazer minhas unhas. Com licença.

Beijos

Adri =)))

Cherry Crush – Revlon

Aí moçada, boa noite!

Gabi foi outro dia à casa da Isabela (0800) e quando chegou em casa falou toda eufórica que a farmácia perto da casa dela tinha à venda esmaltes da Revlon a 13 pratas. Providencialmente nesse dia tive que fazer algo lá por aquelas bandas, e adivinhem onde eu acabei parando? rsrsrsrsr. Compramos dois exemplares: o Cherry Crush e o Midnight Affair, que é um azul marinho cintilante beeeem interessante.

Comprei só esses dois, porque um dia antes eu tinha comprado na Sacks o trio Rosas Divertidos da Revlon, que é composto das cores Really Rosy, Cherries in the Snow e Teak Rose, e ainda o Peach Smoothe, que é um salmãozinho baby com brilhinhos dourados e perfume (esse não tem foto).

O Cherry Crush é um vermelho cintilante bonito, mas nada de cacante. Como a época pede um vermelhinho, por causa do Natal, eis que trouxe esse exemplar para mostrar-lhes um reloginho.

Esse esmalte não é dos que têm cheirinho, mas se tivesse cheiro de cereja eu bem que gostaria. Seria um quê a mais para torná-lo interessante para mim.

Para testar a nossa placa DRK-A, ela carimbou uma rosa nos anelares com esmalte dourado Cromo da Impala. Com o cintilante do esmalte por baixo (que não aparece na foto), ficou muito bonito.

Eu acho os pincéis da Revlon meio xoxinhos. Não sei se vocês compartilham do mesmo sentimento que eu, mas, apesar de o vidro ser bonitinho, os pincéis seriam bem melhores se fossem chatinhos e com mais cerdas, como a maioria das marcas hoje anda adotando.

Então, nada de extraordinário a falar sobre esse esmaltcheeenho.

Na seção bobeirinhas familiares de hoje, mostro um cacho de limões do limoeiro que tem na casa da minha mãe, que chegou esses dias aqui em casa, novamente. Essa foi a primeira floração e produção do limoeiro, e ela disse que tem tanto limão que os galhos estão arriando. Ela acha até que os galhos vão quebrar com o peso, pois os limões ainda não cresceram e os galhos já estão descendo. Esses foram os primeiros limões a amadurarem. (Não reparem nas UNHAS SEM ESMALTE de mamis, mas ela tinha acabado de chegar à minha casa e estava ansiosa para eu tirar logo a foto dos limões antes que as folhas murchassem. Aqui não é CASA DE FERREIRO, ESPETO DE PAU! rsrsrsrs)

E na BF 2, eis a nossa kaizuka, que Gabi todo ano enfeita. Nos anos anteriores eu me animei mais, e coloquei luzes, bolas mais no alto e até uma estrela, mas este ano estou meio xoxa. Este ano está sendo muito diferente; houve muitas mudanças na minha vida no decorrer deste ano, e isso só veio murchar mais o sentimento natalino que começou a desaparecer depois que meu pai morreu. Na verdade, nunca liguei muito para Natal, depois que descobri que Papai Noel não existia. Mas isso foi há pelo menos uns 38 anos atrás.

Natal para mim seria mesmo divertido se tivesse neve, como nos Estados Unidos e como vemos nos filmes, com direito a boneco e anjo de neve. Fui em janeiro deste ano para Nova York e achei tão gostoso ficar a -10 graus centígrados, que fiquei fantasiando um Natal por lá. Mas isso nunca vai acontecer, porque a cidade fica entupida e eu fiquei traumatizada. Fui em novembro de 2009, para a Black Friday, e era tanta gente que parecia um formigueiro. Apesar de os preços serem bem atraentes, com até 80% de desconto, o pessoal quase sai no tapa pelas promoções, e entrar e sair das lojas é um verdadeiro parto. Sem falar que você acaba pegando porcaria, porque muita gente acorda de madrugada e vai pra porta da loja fazer fila pra entrar e pegar as melhores coisas. No fim eu cheguei à conclusão de que não vale a pena ir para Nova York para a Black Friday, porque o que você economiza nas compras você gasta em hotel, cuja diária pode chegar a custar 400 dólares a diária de casal. Então concluí que a melhor época para ir para Nova York é janeiro, por volta do dia 25, quando começam as liquidações pós-Natal. Comprei um casacão de frio da Calvin Klein, que originalmente custava 265 dólares, por míseros 70 dólares, e toalhas de banho Lacoste (a grife das camisas pólo com jacarezinho), super felpuda e com cores vivas e lindas por uns 14 dólares cada. Imagina! Marcas vagabas aqui no Brasil, vulgas “espalha-água”, custam no mínimo 40 reais!!! E em janeiro ainda paguei de hotel para mim e Gabi, 120 dólares. Olha a diferença! E o melhor de tudo, a cidade estava praticamente VAZIA e ainda nevava, o que eu amei mais ainda, já que eu amo frio. Aliás, hoje está um friozinho beeeem gostoso aqui nas terras tupiniquins.

Na BF 3, algumas pessoas estão me perguntando como Mary foi no vestibular ontem, então aproveito para dar um feedback para quem se interessar sobre o assunto.

Ela disse que achou que foi bem, o que aumenta as chances de ela passar. Mas mesmo sendo uma Federal, eu não sei se será um bom negócio ela ir estudar lá, já que o que economizarei em faculdade gastarei em apartamento, mobília, etc. Sustentar duas casas vai ser fogo. Ademais, com ela aqui em casa comigo é melhor, senão vou ficar sozinha com os porquinhos e a ave, e como ela vai trabalhar comigo, ela não precisa DO DIPLOMA. Então penso que ela pode fazer outra coisa por aqui mesmo, e eu pago a faculdade particular. Não tem nenhuma PUC, mas tem SALESIANA, serve? Né Dory? rsrsrsrsrsr

Aliás, Dory, tem uma encomenda pra você aqui. Pelo visto vou ganhar mais presentcheeenhos da Nina, porque vou adotar o usucapião dos itens!

Gentem, para terminar, meu computador deu um pau doido e degringolou tudo. Como ele já andava estranho, eu resolvi parar de enrolar e mandar ele logo pra UTI. Então, estou sem PC, e consequentemente sem meu amado Photoshop, sem o qual não consigo editar as fotos. Se a coisa ficar MESMO feia, eu deixo aqui um comunicado, rsrsrsrsrs, dizendo que não vai ter post no dia. Até fico imaginando como será a reação da galerinha, que está acostumada a ler todo dia, né Dory? Vai se sentir órfã? rsrsrsrsr

Beijos, meninas!

Adri =)))

Top 10 de 2011 da Nina

Oi gurias!

Que tal foi o domingo de vocês? O meu foi ótimo. Passei o dia “pra fora”, renovando as energias na natureza…

As gurias que possuem Flickr já devem ter visto (quem sabe até participado) que está rolando por lá uma tag, pras “taggeadas” elegerem os seus 10 esmaltes favoritos de 2011. Achei a ideia legal e resolvi mostrar pra vocês o meu top 10. Aliás, sintam-se “taggeadas” também pra nos contar nos comentários os esmaltes preferidos de vocês desse ano que termina (e como passou rápido esse ano, hein?!)

Bem que podia ser o “top 11 de 2011″ hehe, pra gente ter como incluir mais um vidrinho. Puxa, escolher apenas 10 é tão sacrificante… foi bem difícil ter que deixar outros lindos de fora da listinha.

And the Oscar goes to… Os meus 10 eleitos desse ano foram os seguintes:

Como a maioria deles já apareceu aqui no blog, eu coloquei os links pra vocês viverem um momento flashback. Como diz a Adri, recordar é viver!

Da esquerda para a direita:

1. China Glaze, L8R G8R: o holográfico mais lindo que eu já usei (e como o usei…). É, sem dúvidas, o meu holográfico preferido, por ter o prisma mais destacado. Já apareceu no blog aqui e aqui. O meu precisa ser usado com a Aqua Base da Nfu-Oh, pois adora descascar loucamente em pouquíssimas horas, e sem esforço algum. Mas creio que seja um problema específico nesse lote, porque os outros holográficos da China Glaze que eu tenho não descascam desse modo.

2. China Glaze, Frostbite: meu azul mais “diferentoso”, é um escândalo. Só vendo ao vivo pra entender do que eu estou falando (Dory, tu já providenciou o teu? hehe). Já apareceu aqui. Faz o maior sucesso quando uso. Tem o inconveniente de ter um cheiro estilo “pepe le gambá”, como bem nomeou a Deise. Mas bolei uma teoria de que é devido ao pigmento, porque eu tenho um Revlon da linha Top Speed, o Royal (que é um azul escândalo), que também tem esse mesmo “perfume”. Apesar disso eu super recomendo a cor, pois é mesmo hipnotizante. E o tal cheiro só dura o tempo do esmalte secar e, acreditem, ele seca beeeem rápido, de modo que o fedor (que não é insuportável) dura pouco tempo.

3. Hits, Hefesto: top coat perfeito. Amo um esmalte holográfico e esse top coat pode realizar todos os nossos desejos de cores holográficas. Já apareceu aqui e aqui. Mas ele tem um porém: eu acho que ele demora pra secar. Sem falar que o meu parece meio grossinho. Pra vocês terem uma ideia, eu coloquei DUAS esferinhas dentro do vidro e, quando eu chacoalho o dito cujo, elas não fazem nenhum barulho. Muito estranho.

4. Hits, 364: roxo que quer ser azul (ou seria o contrário?). Outro esmalte escândalo que faz sucesso. Espero que seja eternamente fabricado, pois quero estoque dele pra vida toda. Ele já apareceu aqui, mas com um glitter por cima. Pra mostrar pra vocês ele puro, eu “resgatei” uma foto dele aqui do meu HD. Ele é mais roxo do que azul, mas na foto ele parece mais azul… enfim, eu preciso mesmo é de uma câmera DSLR hehe. #digamAmém (Amém: Adri)

5. Ludurana, Show: multichrome lindo demais, com direito a perfuminho e tudo, hehe. Aqui ele representa todos os multichromes nacionais. Ainda não consegui usar os Hits, mas tenho certeza que estariam nesse top 10, especialmente o Trendy, que me fez cair de amores. Infelizmente, quando usei esse dyvo, eu esqueci de fotar (é, um erro indesculpável), mas se vocês pesquisarem por ele no Google Images vão ter uma boa noção do quão cacante ele é.

6. Revlon, Beach: verde-lima, mas que tem gente que jura que vê dourado. Enfim, pra mim ele é verde. Já apareceu aqui. Mais um que causa furor por onde passo. Tem um cheirinho bem suave. Gostei de usá-lo nos pés também, pois ficou bem verão, hehe.

7. Revlon, Ocean Breeze: ele tem um leve efeito duo de verde com azul e também é perfumado, mas o cheiro dele “invade o ambiente”, bem diferente da suavidade do Beach. Mas o esmalte é tão lindo que a gente ignora esse detalhe. Gente, não é um cheiro insuportável, eu acho até bem gostosinho, mas pras mais sensíveis a cheiros, pode ser meio desagradável. Já apareceu aqui.

8. Passe Nati – Sabrina Sato, Festa: azul lindo. Às vezes parece verde, mas é azul, apesar das fotos teimarem em mostrar o contrário hehe. Já apareceu aqui. Preciso fazer uma comparação dele com outros vidros parecidos que tenho no escaninho.

9. Saloon, Fenix: o esmalte cremoso mais lindo que eu já usei (aliás, ele é o único cremoso desse top 10, repararam?). Difícil explicar a hipnose que ele causa. Tenho certeza que as gurias que o possuem poderão me ajudar a explicar melhor isso. Já apareceu aqui. Preciso muito testá-lo com o Hefesto…

10. Sinful Colors, Let’s Talk: roxo bapho, que também faz bastante sucesso. É uma das cores que eu repeti bem, considerando a quantidade de cores que tenho por usar ainda… Nos pés eu achei coisa de louco (é Adri, pode torcer o nariz e fazer cara feia, hehe). Já apareceu nas mãos e nos pés. Meu sonho era que ele fosse igual ao Avalon, da A England, que tem me arrancado muitos suspiros, pela lindeza. #shonhomeu…

Bom gurias, esses são alguns dos meus escolhidos, porque é óbvio que não são só esses míseros dez.  Não teria como ser só isso, especialmente pra uma pessoa indecisa como eu. Fiquem à vontade pra nos contar o top 10 de vocês.

E não esqueçam de cobrar da Adri o top 10 dela.

Aff, eu já estava me esquecendo de mostrar pra vocês o que eu vi “nos pra fora”. Na seção Bobeirinhas Familiares de hoje tem… um lagartão! Quem tem pânico de lagarto, se segure na cadeira, hehe.

Eu tenho pavor de lagartixas (sério, de passar mal mesmo), imaginem só de um lagartão desse! Mas o danado era bonito, tenho que admitir. Sem falar no “andar” dele, muito engraçado de ver. E quando o bicho resolve correr?! Gente, ele é muito rápido! Eu queria filmar, mas não tinha qualquer chance de eu conseguir fazer isso, porque não tinha como acompanhar o trote da criatura. E o medo que ele enveredasse e viesse pro meu lado?!
As fotos parecem que foram feitas de perto, mas isso é porque o zoom foi ao máximo. E, na segunda foto, em que a máquina estava mesmo mais perto do bicho, a fotógrafa não fui eu, e sim meu corajoso primo, ahauahuahau.

Beijos e boa semana pra todas nós,
Nina