454 – Wine – Kiko

black_plums7

Boa tarde, amigas!

Estou de volta com mais um esmalte: um lindo sand vinho da Kiko: WINE – 454, da linha Sugar Mat.

454 - Wine - Kiko3

Esse esmalte foi da coleção de sands lançada em novembro do ano passado, e que sumiu das prateleiras poucos meses depois, e não é mais vendido.

454 - Wine - Kiko2

Os sands Kiko são muito perfeitos. São uma delícia de passar, porque não escorrem (como praticamente todo sand). O pincel permite pinceladas bem precisas, sem borrar tudo – maravilha pra esmaltação americana.

454 - Wine - Kiko

Esse sand tem glitter magenta e parece ter um roxo suave, também, pois eu juro que vejo roxo nisso. Ele seca bem em uns 5 minutos.

Aqui foram 2 camadas. Nunca passo mais de duas com sands, porque senão começa a tirar a aspereza do esmalte, que é justo o que acho lindo.

Depois, resolvi fazer um esponjado usando o sand prata RAINHA, da Cliché. Na foto está parecendo até branco, mas isso no sol… brilha moooooito. O Rainha é esmalte de perua mesmo; parece esmalte de drag queen, hahahaha. Não sei quanto a vocês, mas eu achei lindimais!

454 - Wine - Kiko esponjado

Bem, e a dissertação da velha rabugenta de hoje é sobre compromisso. Não consigo entender qual a dificuldade que as pessoas têm de cumprirem o que prometem, sabe? Não entra mesmo na minha cabeça! Sei que tem muita gente assim no mundo todo, mas no braseeel a falta de compromisso ganha de longe em todo o planeta.

Eu tinha chamado o técnico pra consertar a geladeira, e no dia combinado, liguei de manhã para confirmar se ele viria mesmo. Ele disse que viria, bem mais tarde, mas viria. Ele foi à casa de vocês? Nem na minha. Ele ligou pra vocês pra dar satisfação ou remarcar? Nem pra mim.

Pior mesmo, é quando você liga depois, pra remarcar ou pedir satisfação, e a pessoa deixa o telefone tocar até cair na caixa postal, e na terceira ligação seguida, “não sei por que”, dá fora de área! Agora me digam, qual a merrrrrda do impedimento que a pessoa tem de atender e dizer: “Ô dona fulana, infelizmente 1) aconteceu um problema e não deu pra ir, ou 2) me deu caganeira e não deu pra ir, ou 3) encontrei com uns amigos e resolvi tomar “uns goró” com eles, ou 4) fiquei com preguiça de ir e não fui”? Qualquer que fosse a verdade, teria sido melhor dizê-la do que fazer o que ele fez, que é não atender o telefone e depois desligar pra eu desistir, me deixando com um ódio danado. Por que as pessoas não têm coragem de enfrentar os problemas que criam ou de dizer as verdades? Por que preferem seguir essa linha de atitude tipicamente brasileira, e pela qual somos tão notórios? Por que ao invés disso, não são pessoas íntegras, que mesmo tendo errado conseguem reverter a situação usando somente a coragem e a verdade?

Na verdade, eu nem sei por que as pessoas precisam de coragem pra dizer verdades! Eu já disse isso aqui mil vezes. Bando de gente frouxa, banana e maricas!

Me perdoe se alguém aqui vestiu a carapuça, mas com toda sinceridade, não entendo por que as pessoas preferem mentir a falar a verdade, ou então por que preferem perder um cliente (no caso em pauta) a ter que dar explicação sobre o bolo que deu, ou então não atendem o telefone (e desligam) porque se borram de medo de dar satisfação. Gente assim, na minha opinião, tem que ser tratada da mesma forma, levando MUITO bolo e passando muita raiva!

Compromisso é algo que não deveria fazer parte do vocabulário dos brasileiros, porque a grande massa esmagadora do povo deste paiseco não conhece o significado dessa palavra. Os gringos quando vêm aqui geralmente levam chá de cadeira quando marcam compromisso com algum brasileiro, que NUNCA consegue chegar na hora pra nada! Por que não se programam e começam a se arrumar mais cedo? Pior ainda, por que não pegam a meleca do telefone pra avisar que vão atrasar?

Eu tenho verdadeiro horror de chegar atrasada em qualquer lugar. Se sei que não vou conseguir chegar a tempo, telefono antes mesmo de dar a hora marcada, porque não gosto de fazer com os outros o que não gosto que façam comigo.

O exemplo mais clássico do “fuck the rest” são os médicos. Ô gente pra não ter respeito pelo tempo alheio! Juro pra vocês que nos meus 48 anos de vida nunca esperei menos que uma hora para ser atendida numa consulta médica marcada com antecedência. Acho isso uma total falta de respeito, principalmente quando se tem uma profissão em que tempo é dinheiro, como é o meu caso. Já cheguei a esperar TRÊS HORAS!!!!

Eu já gosto de ser a primeira paciente do dia justamente pra evitar de ficar esperando, e assim mesmo os médicos nunca conseguem chegar na maldita hora. Isso aconteceu comigo duas vezes SEGUIDAS, com o meu dentista. Na primeira vez ele simplesmente não foi, e só avisou quando eu já estava há uma hora esperando. Da segunda vez, fiquei esperando quase uma hora na recepção, quando ele chegou e disse que não ia me atender porque ia fazer uma cirurgia e não ia dar tempo. Quer dizer que a pessoa da cirurgia não pode esperar mas eu posso????? Fiquei tão furiosa que fiquei devendo 200 reais pra ele quase um ano, porque só voltei lá depois que encontrei com ele na rua e vomitei tudo em cima dele.

Por esse motivo eu tenho verdadeiro HORROR de ir a médicos. Parece que eles fazem isso pra descontar nos pacientes todas as suas frustrações e problemas.

Já fui atendida por médicos que chegavam a recostar na cadeira e começar a falar abobrinhas, como se não tivesse gente do lado de fora esperando pra ser atendida. Acho que médico tem que evitar ficar de papo-furado com paciente, em respeito ao pessoal que está mofando do lado de fora, e que já leu todas as revistas disponíveis (isso quando tem revista, né?). E se o próprio paciente começar de bla-bla-bla, ele tem que rapidamente cortar o papo e encerrar logo a consulta, porque a fila anda!

Outro exemplo ruim de comportamento brasileiro é o famoso “aparece lá em casa!”, falado da boca pra fora. As pessoas marcam coisas com você, e simplesmente esquecem que marcaram! Às vezes, até, marcado um dia antes!

Uns meses atrás uma conhecida minha marcou comigo de jantar fora, e no dia marcado eu e Gabi fomos para o restaurante, mesmo sem eu estar com vontade de ir, mas como eu tinha marcado, fui. Ficamos esperando MEIA HORA, até que resolvi pegar a merrrrrrda do telefone e ligar pra íngua. Adivinhem!!!! Ela simplesmente esqueceu que tinha marcado compromisso comigo, e estava “morta de cansada” em casa. Pediu desculpas e disse que não ia; simples assim! O mínimo que ela tinha que ter feito, em respeito ao meu trabalho de ter me arrumado e ido ao encontro dela (por convite dela mesma), era se enfiar na porcaria de uma roupa e ir encontrar comigo. Acabou que fomos embora; nem jantamos.

Eu não nasci pra conviver com gente mentirosa, descompromissada, escorregadia e boleira. Acho que é por isso que não me incomodo nem um pouco de ser uma pessoa sozinha. Antes só do que mal acompanhada! Pelo menos meus gatos não me dão bolo e nem me fazem de otária.

Fiquem bem, e às que se enquadram na dissertação acima, revejam seus conceitos e prioridades! Sejam menos “brasileiras”!

Beijos! Adri  >-(

Advertisements

Sobre Adri Portas

Tradutora, Blogueira e Filósofa (da vida)
Esta entrada foi publicada em Esmalte importado, Esponjado, Nail Art, Sand effect, Swatch com as etiquetas , . ligação permanente.

27 respostas a 454 – Wine – Kiko

  1. jubaoli23 diz:

    sobre o esmalte e o esponjado: *———*

    sobre o comportamento de nós brasileiros, nem sei o que dizer. Foi muita sacanagem do cara e quem perde é ele, já que você não paga se ele não faz o serviço, certo?
    Respira fundo, Adri

    bjo

  2. pikrodafni diz:

    Quando eu marco encontro com amigos já vou avisando – espero 15 minutos e vou embora! Tu achas que eles levam isso a sério…? Acho que nem escutam o que eu disse… Muitos chegam atrasados, mas 15 minutos ainda é razoável; os outros horas depois me ligam para perguntar por quê não fui ao encontro – e eu respondo que fui, esperei 15 minutos e fui embora. Como não tenho celular, é simples – ou é pontual ou não tem como me prevenir de um “imprevisto”. Não me importo de perder “amigos” com isso, porque gente que não me respeita não merece minha amizade. Eu sempre sou pontual, morro me desculpando se chego 5 minutos depois da hora marcada, e não vejo por quê eu não mereceria a mesma consideração.

    • Estou contigo no “gente que não me respeita não merece minha amizade”!!!!
      Sou igualzinha a vc!
      Depois que levei aquele bolo da mulher que marcou comigo no restaurante, até parei de ligar pra ela. Fiquei muito aborrecida.
      Bjins e bom findi!
      Adri

  3. Merlin diz:

    Aqui onde moro, médico e dentista é tranquilo até, o problema é eletricidade, celular e internet.

    • Olha, acho que viver sem celular e internet até dá pra rolar, agora, eletricidade, médico e dentista, é punk!
      Inclusive, acho que dependendo do lugar, internet só atrapalha! No meu caso, eu morreria de fome! rsrsrsrs
      Bjs
      Adri

  4. blogqcharme diz:

    que esmalte marlindo! 😀 estamos adorando o blog… beijos

  5. Heuziwanne Andrade diz:

    Nossa Adri, me vi escrevendo sua dissertação hoje, exatamente tudo que penso sobre o descompromisso das pessoas, desde aquelas mais próximas (nossos amigos) até serviços gerais e médicos. Sei muitas histórias sobre o tema, podia passar o dia todo aqui contando casos e a minha fúria sobre isso. Já até quase perdi amizade por conta disso, pq uma amiga minha me deu um bolo duas vezes seguidas e no fim ainda achava que heu era a “cri cri”, louca, ou sei lá o que (a danada achava que tava certa em marcar comigo e me deixar na merda assim, duas vezes, por motivos banais). Já ouvi história de gente que perdeu bichinho de estimação doente, pq pediu um favor a uma outra pessoa e a pessoa pela simples falta de sinceridade e comprometimento, disse que ia dar uma bendita carona (para levar ao veterinário) e não foi, pq a mulher não deixava ou sei lá o quê. A pessoa que pediu o favor ficou esperando e ligando e o outro dizendo que “ia já”, nessa a doença se agravou e o bichinho (pet) morreu, pelo simples fato de a pessoa não ter coragem de dizer que não podia ir, mesmo que inventasse uma desculpa esfarrapada, era melhor que fingir que ia e não ir.
    Os médicos tbm me tiram do sério. Não quero ser injusta com os que se comprometem, mas me desculpem, esses, heu ainda não conheço! Sempre que falo sobre médicos, essa é a minha pauta, acho que as pessoas devem ter raiva de conversar comigo sobre o tema, pois sempre recorro ao mesmo assunto. Não são só eles que são ocupados não, eles não são o centro do universo, todas as outras profissões merecem respeito. Um dia de trabalho que vc perde para ir ao médico já é ruim, imagine vc perder a consulta por culpa deles, lá se vai outro dia de labuta a ser perdido… Indignação total!!!
    Heu sou uma pessoa meio “antissocial”, então por mais que ame minhas amigas, heu tenho que trabalhar meu psicológico pra sair da minha rotina e me preparar para receber visitas ou marcar um programa diferente. Aí eis o q me acontece, me programo toda, arrumo casa, comida sei lá o que, pra pessoa dizer que não vai dar certo! Sei que imprevistos acontecem, mas avisa pôxa!
    É isso! Me senti contemplada com sua fala! E queria muita que pessoas que são assim, pudessem ler seu texto e principalmente absorvessem e levassem em conta a premissa: “não vou fazer com os outros o que não quero pra mim!” Amém.
    Beijos

    • Menina, dá pra escrever um livro com as situações por que passamos. E assim como você, adoraria que as pessoa que são assim pudessem ler, sim, meu texto, e começarem a pensar que se elas mudarem e ajudarem os outros a mudar, que essa titica de país pode ter uma esperança de ter jeito. Do jeito que está, não presta pra nada.
      Bjs e obrigada pelo seu comentário.
      Adri

  6. Míriam Viégas diz:

    Braseeeeeeeeel. Cultura de exploração perpetuada… e a saída, sair daqui? Sinuca de bico. Odeeeeio atrasos, odeeeeeio atrasar, desmarco se não posso ir, acho um absurdo também quem não faz… =/

  7. solangepaixao diz:

    Puxa, esqueci de dizer que esse esmalte é apaixonante…. Bjinho! Sô

    • danakscully diz:

      Foi o estresse de lembrar dessas situações mega estressantes!
      Ginecologista é o pior médico que existe. Já me estressei tanto que hoje faço a prevenção cada ano com um, ou seja, não tenho mais um GO de confiança, quer dizer, até tenho, mas cansei de passar com ele e esperar 3 a 4 horas para ser atendida.
      Minha irmã trabalhou vários anos em uma maternidade e disse que quando uma paciente deles dá entrada na maternidade em trabalho de parto eles largam tudo (todos) no consultório e vão feito loucos para não permitir que a paciente deles tenha parto normal. Se isso for verdade é um absurdo!!! Mil vezes aff.
      Beijo,
      Van

    • A minha ginecologista até que é tranquilo de esperar. O problema é marcar. Isso, sim, é que é estressante.
      Chocada com o lance do parto! Oo
      Bjs
      Adri

    • solangepaixao diz:

      É, Van, o bagulho é punk, viu…. como está a princesinha? Bj procÊ, Sô

  8. Adri, to contigo e não abro!!! Essa mania de atrasar e de não cumprir com prazos é osso! Outro dia meu marido ficou esperando até 10h30 um cidadão que viria consertar um cano (fatídico) e o puto ficou de chegar as 9h00. Daí o digno que esperou ficou irado ao ligar na loja e ouvir que o rapaz tinha tido um problema no trem. Foi embora. Na outra semana a mesma coisa, só que o cidadão não “sabia” que teria que chegar em casa as 9h00. Faça-me o favor. O pessoal não gosta de acordar cedo, né. Se é o caso, combina outro horário, não deixa a pessoa feito besta esperando. Médico é outro parto. Minha cunhada me indicou o médico dela, que segundo a própria é maravilhoso e tals. Já é o 6° parto da família. Mas daí me falaram que ele faz todo mundo chegar as 7h e atende segundo o horário de chegada. Que mané, né… meu irmão uma vez esperou até as 18h. O dia todo. Fala sério. Se fosse pra falar com Jesus Cristo tudo bem, esperava o tempo que fosse, mas é um médico. Eu fugi totalmente dele, não quero nem saber. Essa história de passar raiva em toda consulta não é pra mim. Odeio atrasos.
    Queima essa galera atrasilda, viu! Bj, Sô

  9. Merlin diz:

    Nesse país tem que rir pra não chorar mesmo 😛 Há quem diga que um povo tem os governantes que merece, então….
    MAAASSS esse esmalte é lindão, e eu que sou a louca dos sands fiquei querendo ele 🙂

  10. danakscully diz:

    Oi Adri!
    Eu também vejo pontinhos roxos nesse vinho. Lindão esse Kiko!
    Na minha opinião é o egoísmo que faz o brasileiro ser tão mal educado. É o meu tempo que importa, é o meu filho que importa, é o meu cansaço que importa, é o meu dinheiro que importa, é o meu conforto que importa e assim vai. Por isso Dona Dilma foi reeleita, diga-se de passagem. Quem votou nela não pensou muito no país e sim no próprio umbigo.
    Médico é uma raça fdp em sua grande maioria. Trabalho com um monte que tem que cumprir 6 horas no serviço público e os encontro saindo e entrando no prédio trocentas vezes. Meu chefe direto (também médico) tem que obrigatoriamente cumprir 8 horas de trabalho e no mínimo 1 hora de almoço e ele fica lá no máximo 4 horas! Uns batem o ponto para os outros e assim vai. Eles fazem isso porque acumulam um monte de emprego para ganhar mais bufunfa e é por causa dessa ambição toda que eles vão se atrasando cada vez mais no decorrer do dia. Eu só consegui ser atendida antes da hora no último médico que fui, que não aceita convênio nenhum e cobra quinhentos reais pela consulta sem direito a retorno. Talvez se tivesse ao menos direito a retorno o consultório fosse mais cheio e ele também atrasaria! Rs
    Bom, é aquela velha história de sempre: a única solução é o aeroporto!
    Beijinho e tente ficar mais calma,
    Van

  11. Lilian diz:

    Adri, esmalte lindo, ameixa apetitosa.
    Detesto pessoas sem palavra, hoje mesmo marquei com um marceneiro em casa, tinhamos um compromisso foi eu e minha filha, meu marido ficou em casa esperando o bonito, não apareceu e nem deu satifações! Lamentável…

    beijos e bom domingo.

  12. Juh Marreco diz:

    Perfeito o esmalte e o texto…também odeio chegar atrasada e fico chateada quando eu to praticamente pronta e eu mando uma mensagem só pra ter certeza e ai sim a pessoa avisa que não irá ao compromisso…coisa chata demais! conheço pessoas super pontuais que eu sei que se eu estiver pronta elas estarão lá tambem, mas tem outras que eu nem me dou ao trabalho de me apressar pq sei que vou passar raiva esperando… =/

    • Pois é… A exceção (chegar na hora certa) deveria ser ser o hábito (atraso), e não o contrário. Mas o braseeel é o país que desconstroi hábitos saudáveis, e o próprio povo trata de implantar o câncer da falta de compromisso nas relações interpessoais, e acaba virando zona. Todo mundo atrasa!
      Beijos
      Adri

Obrigada pela visita e pelo seu comentário!!! <3

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s