Dia 1 – Madri

Olá garotas!

Estou no bagaço da laranja… Sou só o pó! Mas mesmo mega cansada, sou uma pessoa mais que feliz.

Fomos para o Rio no domingo, pois eu tinha umas coisas pra fazer antes de viajar. E uma das coisas que tive que fazer foi assinar a minha tão esperada separação. Agora sou uma mulher oficialmente livre! Livre de chateação, de aborrecimentos e o principal: de chifres! Que a atual saiba curti-los bem, hehehehe!

Além da assinatura da minha alforria, tive várias outras coisas pra fazer antes de viajar, e só na última hora é que eu consegui tratar das cutículas. Achei que fosse conseguir pintar as unhas, mas nem em sonho. Foi tudo uma imensa correria na segunda e na terça (não fiz as unhas no domingo achando que daria nos dias seguintes). Resultado: viajei de unhas incolores.

airport

Eu e Gabi esperando nosso voo para Madri

Durante a viagem assisti dois filmes e tentei cochilar, sem o mínimo sucesso, então cedi meu colinho de mamis para Gabi se acomodar e me babar o braço, literalmente. Essa teve sorte, pois dormiu feito um bebê. Eu, não preguei o olho durante a viagem! O resultado disso é que cheguei mooooorta de cansaço, mas mesmo assim, não fui dormir.

Por 30 euros, pegamos um taxi, que em 20-25 minutos nos levou do aeroporto até o nosso hotel, Puerta de Toledo, que é um hotel 3 estrelas, que achei bem satisfatório. Apesar de não ter muito luxo, o quarto não é apertado, é limpo, tem wi-fi grátis, frigobar (vazio), cofre, água bem quente, ar condicionado, e embora esteja com uma ou outra pontinha de papel de parede levantando, isso de forma alguma comprometeu a funcionalidade do quarto. Apesar de eu não ser fã de colchão de mola, eu até que não posso reclamar deste. O que importa é que o hotel tem um preço razoável e, embora seja um pouco longe do buxixo, a estação de metrô Puerta de Toledo fica do ladinho, no mesmo largo do hotel, o que facilita muito a locomoção para todas as partes da cidade. No próprio hotel tem um café, que tem mesinhas na calçada, assim como vários restaurantezinhos ao redor do largo. Tem também uma espécie de padaria/restaurante bem ao lado do hotel, que tem cada patisserie de babar!!! Fiquei alucinada com um palmier gigante, quase do tamanho de uma mão com dedos abertos. Vejam isso…

palmier

Fizemos nosso check-in às 10:40, que foi o horário em que chegamos, tomamos um banho e saímos. Caminhamos pelo roteiro que Gabi tinha feito, a caminho da Plaza Mayor. No meio do caminho paramos em vários lugares, e como não podia deixar de ser, já comecei gastando com esmaltes. E eu que achava que ia comprar quase nada. São basicamente esmaltes italianos, espanhóis e ingleses.

esmaltes1

Entramos em várias farmácias e mercados, e depois de chegarmos à Plaza Mayor, fomos no restaurante que Gabi tinha escolhido para comer, segundo opiniões do Trip Advisor: Gran Cafe de Madrid. Eu, particularmente, achei o lugar bem agradável para um happy hour com amigos. O ambiente é bem aconchegante, com decoração antiga, mas a comida mesmo, deixou bastante a desejar. Pedi um combo de dois pratos principais e uma bebida a 10 euros por pessoa.

Paella

O primeiro prato foi essa paella, que está com a cara bem boa né? Mas ó… eu faço melhor, mesmo sem eu ser espanhola! O segundo foi um peito de frango inteiro com molho de strogonoff e batatas fritas, que tb estava, ó, uma titica. A única coisa que prestou mesmo foi o ice tea de limão que tomei, bem geladinho.

Por falar em Ice Tea, olha o que eu achei aqui no mercadinho em que entramos:

Nestea

Vocês conseguem “visualizar” chá preto com gosto de cereja? Isso foi um sonho! Pena que só comprei uma latinha para experimentar e não voltei mais no mercado.

Pena que comemos naquele restaurante antes de encontrarmos uma imensa salumeria (loja que vende frios), que é também lanchonete. Gentem, tem cada presunto, salame e outros frios de babar litros! Como queria poder levar pra casa…

jambon

Depois de babar muito nessa vitrine, compramos uns souvenirs numa lojinha e fomos dar uma olhada no Palácio Real (para quem não sabe, a Espanha tem rei e rainha – e diga-se de passagem, o rei recentemente abdicou do trono em favor do seu filho Filipe – tem souvenir no novo rei por todas as lojas de souvenir). No palácio, Gabi tirou algumas fotos, e sentamos à sombra das frondosas árvores num minibosque em frente ao palácio, para descansar os pés, já no limbo. Depois de beliscar um biscoito que eu amo (#gulosa), fomos para a Gran Via, que é uma avenida bastante movimentada, onde há as principais lojas da cidade (Sephora, C&A, H&M e outras grandes). Lá, tomei um susto quando vi isso:

Flormar1

Uma loja da turca Flormar!!!

Flormar2 Flormar 3

Não teve jeito, neah… Saí da loja com uns 8 esmaltes, aff! Só que eu esqueci de fotar os esmaltes. Quando voltar pra casa foto tudo o que tiver levado, e mostro pra vocês.

Passamos depois na C&A e H&M, porque Gabi queria comprar roupas, e enquanto esperava ela provar as roupas, sentada dentro do provador, eu aproveitei para dar umas pinceladas “nazunha”, com algumas das novas aquisições compradas na Flormar. Só não reparem no lixo  de esmaltação, porque foi tudo de improviso, para ver as cores nas unhas, e as cutículas estavam mega ressecadas e arrepiadas! E já vi que esse vai ser o esmalte de toda a viagem, porque não sei se terei tempo de trocar.

azuis

A maioria das lojas na avenida estão em liquidação, com até 60% de desconto, e por conta disso, tinha brasileiro saindo pelo ladrão nas lojas. Não teve jeito… acabei trazendo uns esmaltinhos da H&M, também, inclusive um dupe do Electric Blue da Kiko (pra quê isso???? É a minha natureza… sem comentários).

Por volta das 17:30, como eu estava só o pó, sem condições de voltar a pé tudo o que tínhamos andado até então, pegamos um taxi e viemos para o hotel, onde eu lavei meus pés e caí na cama, porque já estava mal humorada com tanto sono e cansaço, e meus olhos pareciam ter areia, de tão irritados.

Dormi até as 20 horas, quando Gabi me acordou para irmos ao Hard Rock, conforme o planejado. Não podemos sair das cidades que têm Hard Rock sem comprar ao menos uma camiseta.

Saímos por volta das 20:40, e o sol ainda brilhava no céu, longe ainda de se por. Pegamos o metrô e fomos até a estação mais próxima do Hard Rock, que é a Cóllon. Chegamos ao HR, e depois de comprar as camisetas, aproveitamos para jantar também. Para mim, não existe Caesar salad mais gostosa no mundo inteiro…

Caesar

Agora entramos na onda de colecionar os copos deles também, aff! Tomando a “strawberry basil lemonade” (limonada com manjericão e morango – ma-ra-vi-lho-sa!!!), a gente tem a opção de pagar um pequeno adicional e levar o copo de souvenir; o da esquerda. Mas como ele é mais frágil do que o da direita, sempre levamos o da direita pra casa, que é mais grosso.

Gabi HR

Depois da salada e da costelinha de porco que dividimos, não teve como não comer a segunda sobremesa preferida de sempre: torta crocante de maçã com nozes e canela (quente), com sorvete de baunilha e calda de caramelo. Eu já poderia morrer ali, que morreria feliz. O que acham?

torta

A primeira sobremesa preferida de sempre, é um cheesecake de morango de comer (também) ajoelhado, mas não tinha no cardápio de Madri. Acho que só tem nos EUA. Então, foi essa torta divina mesmo, ehehehe.

E ao sairmos do HR, estava chovendo e já tinha escurecido (óbvio, era passava das 23 horas). Viemos para o hotel, onde eu tomei um banho e comecei a escrever aqui para vocês sobre o primeiro dia da viagem. E para minha imensa surpresa, são 2 da manhã e eu preciso dormir, hahahahah. Amanhã sairemos antes do almoço para o aeroporto, e iremos para Londres, onde chegaremos por volta das 17 horas (de Londres).

Amanhã nos reencontramos (se o avião não cair, hahahahah).

Beijos em todas!

Adri 😀

Anúncios

Sobre Adri Portas

Tradutora, Blogueira e Filósofa (da vida)
Esta entrada foi publicada em Viagem. ligação permanente.

7 respostas a Dia 1 – Madri

  1. jubaoli23 diz:

    o prato (recipiente) do Gran Cafe é muito lindo, amei os detalhes^^
    aliás, a comida me deu água na boca, mesmo o texto dizendo que não estava boa
    gostei dos esmaltes 🙂
    linda a torta e a salada^^

    bjos

  2. Que correria boa! Aproveite tudo!

  3. Adriana diz:

    Ainnn qii coisa mais gostosaa…amo ver essas suas viagens!!!! 🙂

  4. Adorei ler sua experiência! =) Aproveite muito! =) bjs.

  5. danakscully diz:

    Opa, opa, vi um esmaltinho rosa fofo ali! rs
    No meu atual estado de não poder/conseguir comer (estou muito mal do problema digestivo que tenho) não senti vontade de nada comestível, só do Nestea. Ao menos acho que volto de uma viagem dessas sem excesso de bagagem no corpo! haha (Vanessa tentando dar uma de Pollyanna…)
    Adri, você está muito fofa na foto do aeroporto!!! Adorei! Linda mesmo!
    Beijo e um ótimo segundo dia de passeio,
    Van
    P.S.: vai assustar a Day com a piadinha do avião!

  6. daisygaray diz:

    Que dia maravilhoso! Lojinha de Flormar, comidinhas deliciosas, hummm…espero ansiosamente por amanhã! Descansem e vamos em frente!
    Beijos, gurias

  7. Credo, claro que o avião não vai cair! hahaha! Adorei a tua esmaltação e realmente, acho que vais ficar com ela a viagem toda xD Viva ao azul! 🙂 Que H&M azul eléctrico compraste? O Blue my Mind? Viste o Serenity Now? Coisa mais linda ever!! 🙂 Leva-me contigo para Londres! huahuahua! Aguardo ansiosamente os próximos posts! 🙂 Beijinhos para as meninas!

    P.S: Finalmente solteira! Sê feliz Adri, mereces! 🙂

Obrigada pela visita e pelo seu comentário!!! <3

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s