Dia 3 – Harry Potter

Walt

7:00h

Bom dia meninas!

Começo o post de hoje dandos os parabéns para o Maike, marido da KK. Ele faz niver hoje, e quero desejar muita felicidade para ele, principalmente porque agora estão no novo lar! PARABÉNS MAIKE!!!

Depois de uma deliciosa noite de sono, onde dormi como uma pedra, depois de ter me acabado ontem nas andanças, acordei às 5 da manhã e vim atualizar o post de ontem, colocando as fotos que eu não consegui pôr ontem, devido ao enorme cansaço, e incluindo mais detalhes do nosso dia.

Comi meu wrap e tomei meu suquinho de laranja, e Gabi quase teve um treco comendo o wrap também (assim como eu, achou delicioso). Anotem aí: ARCHER FARMS é a marca do wrap. Super recomendo! Comprei na Super Target ao lado do Millenia.

wrap

Agora, vou tomar meu banho e me preparar para sairmos. O parque do Harry Potter abre às 9, yay!!!!

Até o update!

Bjs

Adri =D

**** U P D A T E **** 

Olá novamente!

Quando saímos porta afora, do hotel, vimos que o tempo estava nublado, e chuviscava levemente. Ficamos na dúvida do que faríamos, com chuva. Checamos a previsão de tempo no nosso santo iPhone (sem ele estaríamos perdidas), e chegamos à conclusão de que deveríamos arriscar, pois a CHUVA mesmo estava prevista para a parte da tarde. Então, lá fomos nós em direção à Universal, guiadas pelo Santo Waze!

Chegamos à área de estacionamento e tinha duas opções: 1) estacionamento normal, que fica mais longe da entrada do City Walk (“portal” do Island of Adventure), custando 16,00 dólares, e 2) estacionamento VIP, mais próximo da entrada do City Walk, a 22,00. Achei 6 dólares uma diferença pequena, pelo conforto de voltar cansada e ter o carro perto. Graças a Deus, 6 dólares pra mim ainda não faz falta, então, foi ele mesmo que pegamos.

De onde paramos até o City Walk já foi uma longa caminhada; imagino para quem estaciona mais longe com o carro. Quem vai aos parques tem que estar preparado para a volta, porque a gente mal se aguenta de pé, e quanto mais precauções se tomar para nos ajudar mais tarde, melhor. Sorte que tem as passarelas/esteiras rolantes (abaixo), e já é um adianto para andar menos.

Universal

Então, depois de atravessar todo o City Walk, enfim chegamos ao Island of Adventure. Não sei se estava tudo despovoado porque era cedo (8:40h), ou se o pessoal desanimou porque choviscava. Fato é que tinha pouquíssima gente esperando o parque abrir. Entramos na fila até dar 9h, quando, enfim, entramos.

Quando entramos, parece que nos teletransportamos para outro mundo. Eu sou fã de carteirinha dos cenários dos parques temáticos de Orlando. Acho que nunca vou enjoar de vir pra cá. Vejam que perfeição dos cenários!

Island of Adventure

E o caminho era longo. Parecia que o parque era só nosso, de novo, de tão vazio que estava…

Island

E era chão! Passava por todos os temas, e quanto mais eu andava, mais ansiosa ficava. Queria loucamente chegar a Hogsmeade!

Island

Finalmente, chegamos ao portal do parque do Harry Potter! Foi uma enorme emoção, pois era algo que eu queria ver de perto desde a construção, em 2010. Nosso gato, Harry, inclusive, se chama Harry Potter, mas encurtamos e chamamos só de Harry.

o3e

Harry Potter

Entramos e eu babei muito, com a perfeição de todos os detalhes do parque. Eu não esperava nada menos do que a perfeição! Vejam o equipamento de quadribol, que inclusive, os balaços (as bolas) tentavam fugir da caixa, como no filme.

o3g

Harry Potter

o3i

Acima, a loja das corujas.

As lojas vendem praticamente tudo que tem no filme, heheheh. Era um tal de ver “alunos de Hogwarts” correndo pra lá e pra cá! (crianças vestidas com as fantasias que são vendidas nas lojas).

Harry potter

Harry potter

E as tão disputadas varinhas…

Harry

Na loja Olivanders (Olivaras), a fila estava grandinha. Nessa loja, segundo Gabi, “as varinhas escolhem seus donos” como no filme, por isso é tão disputada…

Na foto abaixo, Three Brooms, uma lanchonete meio safada. Não gostei do ambiente, e nem da cara da comida. Foi a única coisa que não gostei no parque.

o3m

Harry Potter

Fomos na montanha russa Dragon Challenge, antiga Dueling Dragons. Na entrada da montanha russa tem uma salinha com diversos cofres, onde você pode guardar suas coisas para andar na montanha russa. Tudo coisa de primeiro mundo; sistema informatizado com controle por biometria (leitura das digitais). Os primeiros 25 minutos são grátis, e depois é pago.

Matei a saudade e me acabei! É o bicho!!!! A fila se divide em duas lá dentro, uma para as fileiras comuns do carro, e outra fila para a primeira fileira do carro (para as pessoas que querem ir nos bancos da frente do carro). Obviamente fomos na fileira da frente, porque acho que qualquer montanha russa só tem graça se andar na fileira da frente, ainda mais essa, que não tem chão; a gente fica “pendurada” no banco, com os pés no ar. É sensacionalmente fantástica essa montanha russa; uma das melhores que fui nos parques da Disney (a que mais gostei em Orlando foi a Kraken, que fica no Sea World, depois a Dragon Challenge e, para quem gosta de MUITA velocidade, a do Aerosmith, na Disney’s Hollywood Studios (Rock’n Roller Coaster) – ANOTEM!!!).

Harry potter

Essa é a locomotiva que transportará as pessoas até o BECO DIAGONAL, que é uma expansão do parque que está atualmente sendo contruída. Estou vendo que terei que voltar a Orlando em 2014… Para tanto, em 2012 eles fecharam permanentemente o tema JAWS do parque Universal, sob protesto de muitos fãs do tradicional passeio de barco que se fazia lá. No link acima, vocês podem ler todos os babados do parque!

Abaixo, a loja de doces, onde compramos os feijões com sabores, muitos de gosto duvidoso (além de frutas, tem pimenta, minhoca, cera de ouvido, grama, ovo podre, salsicha, vômito, etc…).

Harry potter

HARRY POTTER

Como as balas vêm misturadas no pacote, você nunca sabe qual vai pegar (só se já conhecer pela cor). Uma bela pegadinha para os desavisados… Mas é claro que a loja também vende guloseimas normais! Tinha até varinha de chocolate.

harry potter

Saímos da loja, pois Gabi quis comprar os tais feijões (aff!), e vi uma mulher tomando um treco parecido com um frozen. Gabi me disse que era a tal Butterbeer (cerveja amanteigada, no filme). A primeira impressão que se tem é que é de fato cerveja, porque por cima do frozen eles põem uma espuminha, mas não tem nada a ver.

Butterbeer

Trata-se de um frozen de café com caramelo. Delicioso, confesso! Dividi um com Gabi, que, fominha, resolveu tomar outro depois (e tomou sozinha). Depois disso, ela disse que nunca mais quer tomar Butterbeer na vida (acho que ela tomou demais, heheheh).

Depois, fomos para Hogwarts (o castelo-escola no filme), do outro lado do parque, para que pudéssemos ir no tão badalado e comentado simulador de voo de vassoura. Queria ver o que esse simulador tinha de tão bom.

harry potter

Dentro desse castelo é tudo FANTÁSTICO! O cenário, mais uma vez, não canso de repetir, é SUPER REALÍSTICO. Eles emolduraram telas de TV de plasma com molduras de quadro e fizeram como no filme, onde as pinturas dos quadros se mexem. Mas nem todas as pinturas se mexem, só algumas. Show, show, show, show!!! Tudo na penumbra lá dentro, de forma que a gente se sente de verdade dentro do castelo. E a sonoplastia, enquanto andamos pela passarela estreitinha, em direção ao simulador, só nos deixa mais ansiosos. É uma enorme pena que não dê pra parar pra tirar fotos, porque como a passarela é estreitinha e tem um monte de gente andando atrás de você, parar pra tirar foto é o mesmo que quase ser linchado!

harry potter

Tinha até o Chapéu Seletor, aquele que fala. Vejam o vídeo.

Finalmente chegamos ao tal simulador. Nesse não tem fileira da frente, porque todos os carros ficam de frente. É uma atração onde os carros se mexem acompanhando os movimentos de um filme que é exibido num gigantesco telão 360 graus, em que temos toda a sensação de que estamos de fato acompanhando o Harry Potter (que em alguns momentos vira pra trás na vassoura pra falar conosco) nas suas voadas, seja na quadra de quadribol, ou fugindo de um feroz dragão. Para dar mais realidade à coisa, sopra um vento em você enquanto você “voa” sentado no  carro, que se mexe freneticamente, trepida, gira, e faz coisas que até Deus duvida. Às vezes vem calor ou umidade, tudo dependendo do ambiente em que você estiver “voando”, no filme. Parece que estamos mesmo voando com nossa vassoura, atrás do Harry Potter.

Se alguém aí já foi à EPCOT e amou loucamente o SOARIN’, que é um simulador de asa delta também muito realístico, vai amar 10 vezes mais esse simulador de vassoura (sem exagero no número de vezes que é melhor). Só de falar até me arrepio. Foi DE LONGE, a melhor atração que já frequentei em qualquer parque de Orlando. O único probleminha foi uma falha técnica que houve na hora da “voada”. Nosso carro parou de frente pra uma aranha gigante, Aragogue, e ficamos lá uns 3 minutos parados, olhando para a dita aranha, com o carro virado pra cima (graças a DEUS!!!!!), enquanto uma moça pedia desculpas pela falha técnica, pelo sistema de alto-falantes. Fico imaginando se alguém ficou parado pendurado com o carro virado pra baixo. Eu teria tido uma síncope! (POR QUE SERÁ QUE COISAS ERRADAS SÓ ACONTECEM COMIGO??????). A vantagem dessa falha técnica, é que assim que saímos da voada, nos deixaram ir outra vez, sem enfrentar fila! EU AMEI!!!!!!!!!!!! Fomos novamente, e eu fiquei tão maravilhada quanto a primeira vez. Eu só não fui outra vez porque nessa segunda vez comecei a ficar com uma dor de cabeça heavy metal, e eu não quis mais abusar. Não fosse isso, CERTAMENTE eu teria ido mais umas 5 vezes!

Achando que minha dor de cabeça era por causa de fome, saímos do parque do Harry e resolvemos parar em algum lugar pra comer, porque estávamos mesmo famintas. Paramos num restaurante chamado Mythos e entramos para fazer um “reconhecimento de território”. Amei o ambiente, a tranquilidade e a música. Era ali mesmo que ficaríamos!

Mythos

Mythos

Pedi uma sopa de cogumelos, que me arrependi de ter pedido pequena. Tomaria uns 3 pratos grandes dela, de tão gostosa que estava. 

Mythos

O ambiente do restaurante é show, com tema mitológico. Me senti como se estivesse num filme. A música que tocava ao fundo tinha sons vocais de uma soprano, com harpas. Me senti no Reino das Águas Claras (quem foi fã do Sítio do Picapau Amarelo aí???).

Depois, pedi uma carne (suuuper macia) com manteiga de ervas, purê de batatas ao alho, aspargos frescos e cebolas caramelizadas. Gente, o que é isso??? Voltarei a esse restaurante todas as vezes que for ao Island of Adventure, enquanto for viva.

Mythos

Saímos do restaurante e passei numa lojinha, onde comprei um cupcake de red velvet, pra engordar mais um pouquinho.

Mais adiante, voltamos à entrada do Island of Adventure, e fomos na atração do Homem Aranha, que foi modificada e está muuuito melhor do que quando fui da primeira vez. Recomendo também! Saindo de lá, a loka da Gabi resolveu ir à montanha russa do Hulk (isso depois de almoçar, tá???? – antes do almoço é para os fracos!). Ela me perguntou se eu não iria, e eu só me limitei a chama-la de louca. Só de olhar me dava dor de cabeça de novo. Sentei e esperei que ela fosse sozinha. Enquanto isso, filmei todo o trecho do carro da montanha russa do Hulk.

Quando ela voltou, acabou me convencendo (empurrando) a ir também, e eu só posso dizer uma coisa: se arrependimento matasse, eu estava já morta. A montanha russa é super maneira, concordo, mas na primeira rodopiada, minhlogo no início, a dor de cabeça voltou, e mais forte do que nunca. Foi só o primeiro grito (não tem como não gritar nas montanhas russas) e emudeci, rezando praqueles segundos serem abreviados e tudo acabar logo.

Com a cabeça EXPLODINDO, com dor nas costas, e andando até zonza, tudo o que eu mais queria na vida era deitar na cama. E assim fizemos. A duras penas, consegui andar até o carro e sair do parque. Sorte que o parque fica super perto do hotel, então meu desespero foi abreviado.

Cheguei no hotel, tomei dois ibuprofen e apaguei. Quando acordei, umas duas horinhas depois, estava refeita e pronta pra outra.

Nos arrumamos e fomos para o WalMart na Turkey Lake, que não achei melhor do que o da Sand Lake, mas fomos nele porque era mais perto do hotel. Dê uma espiadinha no preço do vinho Chardonnay!!!

Vinho Wal Mart

Fizemos umas comprinhas humildes e fomos pra Downtown Disney, onde fomos jantar.

Chegamos em Downtown Disney e, tendo errado a fila de entrada no estacionamento, acabamos indo pra fila do Valet Parking. Achei no fundo uma beleza, porque estava tudo cheiassssso, e no mínimo levaríamos uns 10 minutos pra arrumar uma vaga, sem falar que provavelmente andaríamos muito. Com o Valet Parking pelo menos, 15 dólares pagaram o conforto de não ter que penar pra achar uma vaga nem andar demais. Entre aspas…porque tivemos que andar PRA CARAMBA, pois estacionamos no lado oposto, em relação ao Rainforest Cafe, onde queríamos comer (Rainforest fica numa ponta, e Cirque de Soleil – onde paramos – na outra). Andamos pelo menos uns 10-15 minutos até chegarmos ao Rainforest. Mas todo sacrifício valeu a pena.

Pedimos uma mesa, mas levaria mais de uma hora pra conseguirmos uma, então, resolvi ir ao bar e tomar uma frozen margarita enquanto esperava, e posso dizer tranquilamente, que foi a melhor frozen margueritta que já tomei na vida. Pena que eu era motorista, senão teria tomado umas 4!

margueritta

Estando lá, perguntei à garçonete se eu poderia comer ali mesmo, e ela disse que sim. Então, chamei Gabi, e comemos como rainhas. Que comida maravilhosa (não canso de elogiar isso, também). Pedi um dip de caranguejo, que estava simplesmente di-vi-no!!! Gente, que tempero! Veio quentíssimo. E os tacos; maravilhosos! Jesus, se eu morasse aqui, certamente já teria uns 300 quilos.

Crab dip

Dip de Caranguejo

Depois pedi minha tradicional Caesar salad, que estava também um espetáculo. Mas foi por causa do pão de alho que estou agora, às 3:30 da manhã, com uma azia de loko.

caesar

Quando saímos do Rainforest Café, voltamos na chuva para o carro. Antes, parei ba Basin, uma loja concorrente da Lush, e em outras lojas.

Sais de banho

Na Basin eles vendem vários produtos, como os sais de banho (esquerda), sabonetes artesanais, velas, esfoliantes e outras coisas. Achei esse sabonete cheio de Mickeys uma gracinha!

Passei nas lojas da Disney, Ghirardelli (chocolates) e na Lego. Queria tirar fotos para mostrar para uma amiga (essas montagens gigantes, com pecinhas da Lego – Gênio, quem fez isso!).

Lego

E na volta para o hotel, demos uma passadinha na Walgreens, que é aqui pertinho, e que funciona 24 horas. Queria comprar um “Gelol” pra passar no pé da Gabi que estava sentindo dor. Aproveitei para comprar mais umas besteirinhas, e também uns sanduíches para o café da manhã. E não fugindo à regra, algo tinha que dar errado. Eu, que esnobei pra Gabi, dizendo que não precisava do Waze, porque o hotel era ali do ladinho, entrei na faixa onde é obrigatório dobrar à esquerda, e como não tinha como eu fugir pra direita, porque tinha muitos carros, acabamos fazendo um tour noturno por Orlando. Rodamos uns 10 quilômetros para voltar ao ponto onde eu teria rodado só 300 metros pra chegar ao hotel, graças à minha esnobada! Então, fica a dica! Mesmo pra rodar 100 metros, use o Waze!

Boa noite gente! Preciso dormir. Ainda não sabemos o que faremos amanhã. Depois decido.

Beijos em todas!

Adri =D

Anúncios

Sobre Adri Portas

Tradutora, Blogueira e Filósofa (da vida)
Esta entrada foi publicada em Viagem. ligação permanente.

4 respostas a Dia 3 – Harry Potter

  1. jubaoli23 diz:

    nossa… nem sei o que dizer…
    adorei tudo desse dia! *-*

    bjos

  2. daisygaray diz:

    Eu tenho certeza que teria um AVC fulminante se andasse na montanha russa do inferno! Minha enxaqueca chegaria dando risadas e logo eu estaria com um lado paralisado! Tu é louca de andar nisso!! huauahuhauha Não dá para comentar cada detalhe maravilhoso, que me fez sonhar com uma viagem tão linda quanto esta, senão o comentário seria gigantesco…hehehe Amay os sabonetes do Mickey e o precinho amigo do Chardonnay. Não tenho dúvidas que pesaria 300 kg e/ou viveria bêbada se morasse aí! huahuahuhauh
    Beijos e aproveitem por mim!

  3. HUUUUUUUUUUUAAAUUUUUUUUUUUUU!!! Olá linda Adri!!! Fazia um tem
    pinho q não aparecia por aqui, estava na correria da vida e nos tropeços que ela nos causas as vezes!!!
    Mas que maravilha vir e ver este monte de novidades e está viagem incrívellllll hem!! Falar em viajar estou de passagens compradas p Itália em Abril 2014, ficarei um mês lá com minha filhota q já está por lá em intercâmbio!!!
    Esses parques são um sonho hem!!! Quem sabe um dia irei conhecer tbm!!
    Bom, aproveite muito tudo isso, fico muito feliz em voltar aqui e ver q vc está MUITO bem!!!

    Super bjuuuuuuuuuuuuuu

  4. Jane Costa diz:

    Quero todas as dicas com detalhes por favor, pois sou totalmente novata em Orlando. Estou com a viagem marcada para Janeiro e será de grande ajuda todas as informações que vc puder passar. Boa viajem, aproveite bem.
    Obrigada por dividir conosco! =D

Obrigada pela visita e pelo seu comentário!!! <3

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s