Peach 631 – Kiko

Bom dia meninas!

Fim do ano já chegando, e eu pau da vida porque ainda não consegui minha separação definitiva do ex. Incrível como as coisas nesse país são tão devagar! Não só o governo é burocrático para se conseguir as coisas, mas também o povo não ajuda muito, pois as pessoas que poderiam agilizar isso ou aquilo só “produzem” na base da chibata ou da propina. Odeio esse país com todas as minhas forças!

Mas já estive em países que eram um “braseeel disfarçado”, mudando somente de localização geográfica. A Itália foi o primeiro país em que me “senti em casa”. Faz muuuuuuitos anos que fui lá (eu tinha 18 anos), e não sei como está hoje, mas na época, era um país sujo, com povo desbocado e mal educado, com roubos e várias outras coisas com o que eu me identifiquei muito, já que tudo o que tinha lá, tinha em dobro aqui, também. Será bom voltar lá e ver se em todos esses anos (quase 30), alguma coisa mudou para melhor, com a União Europeia.

E falando nisso, este fim de semana fui para Niteroi para traçar nosso plano de viagem de Carnaval com minha amiga. Já está tudo praticamente certo, faltando agora só a emissão dos bilhetes, o que já está engatilhado. Será uma viagem super legal, e eu confesso que estou mais animada de ir pra Itália do que para Orlando (dentro de 2 semanas). A Europa tem seu charme, e isso eu nunca negarei. Europa é CULTURA e GOURMET e EUA é COMPRAS e DIVERSÃO. E como eu já cansei de dizer aqui, eu vivo para viajar, pois nada nessa vida me dá mais prazer.

E em homenagem a essa minha próxima viagem à Itália, o nosso post de hoje é com um italianinho liiiiiiiiiiiindo: PEACH 631 da KIKO.

Peach - 631 - Kiko3

Entrei no site da Kiko para ver o nome da cor, e descobri que esses esmaltes Sugar foram descontinuados. A única forma de comprar o dito agora, pelo que estou vendo, é na Elements Cosméticos (atualizado em 10.05.2015), por 17 realitos, aqui mesmo no Braseel.

Peach - 631 - Kiko2

Embora sejam bem grossinhos e pigmentados, é preciso duas camadas, pois nas cores que testei ficou uma ligeira “sombrinha” da unha. Talvez se enchesse bem o pincel nem precisasse de duas, mas como eu gosto do “chapisco” grossinho, ponho sempre duas camadas, senão fica “sem-gracinha”. O efeito sand dos Kiko é muito perfeito, e a marca tinha umas cores lindíssimas. Uma pena que tenham descontinuado. Será que não fez tanto sucesso assim??? Não é possível!

Peach - 631 - Kiko

Mas eu curti bem essa marca. Só o cremoso que não achei lááááá essas coisas, mas os Sugar Mat e os Mirror achei fantásticos. Agora estão com uma linha nova de esmaltes chamada “Laser”. Não tenho certeza, mas parece um efeito metálico ou com glass-flecks. Agora, só indo na loja para ver pessoalmente. Vamos esperar 4 longos meses, aff!

Então é só por hoje, amores. Espero que todas tenham uma ótima semana.

Bjos em todas.

Adriana =)

Anúncios

Sobre Adri Portas

Tradutora, Blogueira e Filósofa (da vida)
Esta entrada foi publicada em Esmalte importado, Swatch com as etiquetas . ligação permanente.

9 respostas a Peach 631 – Kiko

  1. daisygaray diz:

    Eu também continuo numa pendenga judicial com o “falecido”, que às vezes tenho vontade de dizer um grande ENFIA! só para não ver mais aquela cara de asshole! Se esse país fosse sério, tudo já teria acabado há tempo…nojo! Mas karma é karma… :/ Adoro os Kikos! Até aproveitei a viagem dele a Paris e a Mari pediu alguns, como se fossem para ela…o incompetente não achou nada, mas pelo menos achou o Taboo da Chanel! :B O Peach é lindo demais, é um pecado descontinuarem a produção! Eu entrei algumas vezes no site, mas parei para não sofrer muito! hehehe
    Beijos

    • Larguemos os karmas de lado para não estragar o findi!
      Eu tratei de comprar todos os Kiko Sugar que não tenho. São excelentes e lindos. Não podia me arrepender depois!
      Bjus
      Adri

    • daisygaray diz:

      Bom que tu conseguiu, Adri! 😀 Minhas amigas que tem, me falaram que são óteemos!
      Beijos e bom findi!

  2. jubaoli23 diz:

    lindo, lindo e lindo 🙂

  3. Nem me fale Adri, eu só continuo no Brasil por covardia, pois também estou mais do que cansada desse “paiseco” habitado por “gentinha”. Eita país de gente egoísta que só pensa em si mesma. Meu marido trabalha numa multinacional e me perguntou nesse final de semana se ele pode se candidatar a uma vaga em Seattle. Ele me disse que eu gostaria muito de morar lá, pois as pessoas são do tipo certinho como eu. Que tudo é limpo e organizado, que as pessoas são quietinhas (haha, essa é boa… rs), que tudo é feito em prol da sociedade local, que as pessoas não reparam se a outra é baixa,alta, magra, gorda. Eu fico com receio, pois se for para lá terei que abandonar meu emprego aos 40 anos de idade, além dos meus pais e da minha irmã. Fora o fato de não saber falar inglês. Ah, também tem o fato de que são as impressões dele do lugar, talvez se eu conhecesse o lugar a minha opinião seria outra. Bem, mas o fato é que estou tão de saco cheio do povo que habita nossas terras que disse para ele seguir em frente e ver no que dá, afinal, pode até ser que não dê em nada. Por enquanto, vou tratar de tirar meu visto e também o da Stellinha, né? Chega de enrolar!
    Mudando de assunto, esse esmalte é lindo lindo lindo, mas vai ver a moda está passando lá fora e por isso estão tirando os arenosos de linha. Será???
    Adri, desejo muuuito que seu divórcio saia logo e que tudo se resolva da melhor maneira possível. Por isso que você anda tão nervosa atualmente, né? Aff, a separação em si já é uma coisa chata, por vezes doída, e a pessoa ainda tem que lidar com isso!
    Beijinhos Adri e fique bem,
    Van

    • Van, eu só posso te dizer uma coisa, amiga: se fosse comigo, pensaria logo num mundo melhor pra minha filha crescer e já estaria lá. O custo de vida é muito menor, e de fato as pessoas ajudam umas às outras, não é aqui que é cada um por si e Deus por todos. A vida lá É MUITO DIFERENTE!!!! MUITO MELHOR!!!!! Se eu estivesse no seu lugar, seria “Tchau mãe, tchau irmã, volto em alguns meses pra visitar vocês! Vou aprender inglês no lugar certo e permitir que minha filha cresça num lugar civilizado!!!”
      Se eu tivesse uma única oportunidade de mudar legalmente, vixe… antes mesmo de o marido terminar de falar já teria dito o SIM!
      Não tenho como negar que tenho invejinha dessa sua mobilidade possível. Deus não dá asas a cobras!!!
      Bjs
      Adri

    • danakscully diz:

      Adri, obrigada por me responder e tão rápido! Sabe que dou MUITA importância para suas opiniões e conselhos, né? Vou até falar para o meu marido!
      :-*

    • Você tem que se lembrar de uma coisa, Van. Agora você não está mais “sozinha”, pois você tem a Stellinha. E mesmo que vc venha a ficar sem marido um dia (tomara que não), mas ela será sempre sua filha, e estará sempre com você. Daqui pra frente, amiga, você tem que pensar nela primeiro, e você vem em segundo plano. Assim tem sido comigo até hoje. Tudo o que faço, faço pensando na minha filha, que já é uma “galaloa” de 19 anos. Mas minha vida gira em torno da dela hoje, e faço tudo pensando nela.
      Você quer coisa melhor do que ela aprender ingles e portugues ao mesmo tempo e tao cedo????? E de graça?????
      Bjs
      Adri

  4. Míriam Viégas diz:

    Nem me fale em separação / divórcio, fiz o processo de divórcio todinho e no final na carta de sentença colocaram “separação” e o espertíssimo do meu ex-marido foi no cartório e não se pronunciou quanto a isso, teoricamente estou só separada. Se quiser me divorciar terei que entrar com novo processo ou desarquivar o antigo. Sendo que ele já se casou de novo em São Paulo, será que o denuncio por bigamia? (6)

Obrigada pela visita e pelo seu comentário!!! <3

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s