Blueberry Blast – Misa

BOM DIA MENINAAAAAAS!

Hoje acordei beeeem animada, apesar do dia chuvoso e chatinho. Mas já começou bem porque está fresquinho, e eu odeio calor!

O esmalte de hoje andava rolando pela minha mesa havia dias, sempre procurando uma oportunidadezinha de usar. E ontem ele não me escapou. BLUEBERRY BLAST, da Misa.

Blueberry Blast - Misa3

O Blueberry tem uma ótima cobertura. Se passar uma “arrumada” nem precisa de duas. Mas com medo de bolinhas, passei duas camadas normais, e ficou show!

Blueberry Blast - Misa2

Finalizei com o Seche Vite nosso de cada dia.

Blueberry Blast - Misa

A Misa tem uns esmaltinhos que são show de cobertura. Outros nem tanto, mas alguns são espetaculares. O Blueberry é um exemplo de perfeição. Se bobear, até pra carimbar serve! Custa 18 realitos na Esmalteria da KK, e tem maravilhosos 15 ml!

E ontem fui jantar no meu restaurante preferido com Gabi e uma amiga minha (que chamarei de Cristina, protegendo sua identidade) que estava arrasada e precisava conversar com alguém para desabafar.

Há alguns anos o pai dela vinha traindo a mãe com outra ou outras mulheres, não sei ao certo. Mas chegou num estágio tal que a mãe dela pediu separação e ficou arrasada com isso. Coincidentemente, eles se separaram na mesma época que eu. Estes 2-3 anos se passaram, e segundo a mãe dela me contou, ele vivia pedindo pra voltar, e dizia que não queria. Mas recentemente soube que ela o aceitou de volta, o que deixou toda a família irada, com exceção da Cristina, que queria ver a mãe feliz, e finalmente estava vendo isso, com o retorno do pai ao lar.

Cristina sempre foi a defensora do pai, visto que ela nunca tinha tido provas concretas da traição dele, e isso chegou a causar muitas brigas entre ela e a mãe. Porém, um dia a porca torce o rabo, e esse dia chegou ontem.

Ela me contou que estava em casa com o pai, e a mãe havia viajado para visitar a irmã em outra cidade. Ela acordou cedo para fazer café para o pai, o que não costumava fazer, e de repente ouviu o pai falando ao telefone com alguém, que ela pensava ser a mãe dela. Num dado momento, ele disse que “também estava com saudades”, e mencionou que não poderia ir à cidade onde a pessoa morava antes de resolver uns assuntos, e foi então que ela ficou com as orelhas em pé, ouvindo toda a conversa pela porta entreaberta do quarto da mãe, onde ele estava deitado na cama. Quando ele desligou o telefone, encerrando mandando um beijo para a pessoa, Cristina abriu a porta enquanto o pai futucava o telefone, certamente para apagar o registro da chamada, surpreendido com a invasão repentina. Furiosa, Cristina perguntou com quem ele estava falando, e ele tentando desajeitadamente e nervosamente apagar tudo no telefone, disse que estava falando com o capataz da fazenda dele. Enquanto arrancava o telefone da mão dele, Cristina disse que não se dizia que “estava com saudades” do capataz da fazenda e nem se mandava beijo para ele, enquanto olhava o número que o pai não conseguiu apagar. Foi então que ela ligou para o número, e a mulher do outro lado atendeu alegremente, pensando que era ele ligando de volta. Cristina, então, perguntou quem era a pessoa do outro lado da linha, e a mulher, depois de alguns segundos muda, resolveu dizer seu nome, e perguntou quem falava ao telefone com ela. Foi então que Cristina disse que era a filha do amante dela, e que ouvira toda a conversa, e desligou o telefone.

Furiosa, ela atirou o telefone contra o pai e o pôs para fora de casa, depois de falar barbaridades para ele. Finalmente ela teve a prova que precisava para parar de defender o pai, que nunca a apoiou em nada na vida. Ela disse que ficou arrasada como se fosse ela a esposa traída, e que chorou o dia inteiro por causa disso. Arrasada, ela foi pra casa da irmã encontrar a mãe e contar tudo.

Eu não sou a melhor pessoa para ajudar ninguém nessas questões, visto que pra mim TODO E QUALQUER HOMEM NA FACE DA TERRA TRAI, considerando as muitas provas que já tive na vida, não só com ex-marido meu, mas com os ainda maridos alheios. Homens que indiscutivelmente pareciam os mais fiéis da Terra.

Por mais apaixonado ou caseiro que seja, o homem sempre trai, seja ao vivo, ou ciberneticamente, ou com a revistinha pornográfica que esconde da mulher. Pensou em ou desejou outra, pra mim, já traiu! A grama do vizinho é sempre mais verdinha, e não me iludo mais que o cara que está contigo na cama só pensa em você enquanto “desempenha o seu papel”, e nunca fantasia que está “comendo” outra enquanto “termina o serviço”. Atire a primeira pedra aquela que nunca ouviu o marido fantasiar na cama com outra pessoa enquanto estava nos finalmentes com ela.

Falei para a Cristina, que está noiva de um cara “gostosão”, que se prepare, pois com ela não será diferente (não sou de pôr panos quentes, falo mesmo!). Ela ficou apavorada com minha jogada de balde de água gelada nela, mas concordou que daqui pra frente tem que pensar diferente em relação aos homens, inclusive o dela.

O homem pode amar loucamente a esposa, e não querer nunca se separar dela, mas sempre pula a cerca atrás de uma “aventura eletrizante”, ou acaba não cedendo às cantadas de mulheres sem-vergonha que não fazem a mínima cerimônia para destruir os casamentos alheios, seja no trabalho, na rua ou nos barzinhos da vida. Parece que se não tiver esse momento desafiador, onde o homem tenta provar pra si mesmo que é capaz de pular a cerca sem ser descoberto pela mulher, a vida matrimonial não tem graça. É a realidade masculina, não tem jeito. Mas sei que ainda têm as iludidas que acham que o marido é santo. E eu já vi conhecidas minhas defenderem os maridos com unhas e dentes, eu mesma já tendo sido descaradamente assediada por eles, tsc tsc tsc. Depois de uma cachaça, então, eles não perdem a chance de atacar! Mas deixo pra lá. Que se iludam! Não adianta eu falar a verdade, porque não acreditarão em mim mesmo, mas nos maridos. Então fico na minha. Pra mim, o único homem santo alegadamente um dia virá para o dia do Juízo Final, hhehehe.

Outra conhecida minha esta semana colocou no Face que casou. Eu, sem papas na língua como sou (e até desagradável pelo meu excesso de “transparência”), disse a ela que não sabia se dava os parabéns ou os pêsames, mu-ah-ha-ha-hah tadinha… mais uma pobre coitada que em breve começará a ter adereços na cabeça.

Enfim, isso não é problema meu. Quem quiser continuar iludida com seu homem, que continue.

No meu último casamento, nunca confiei no meu ex-marido, desde o primeiro dia juntos, e dizia isso pra ele. E a prova de que fui traída por muitos anos só veio depois da nossa separação. Mas isso realmente não foi nenhuma surpresa pra mim, pois eu era casada consciente de que ele certamente pularia cercas. Depois do meu casamento anterior, tive provas de que todo e qualquer homem, por mais banana que seja, é capaz de trair! E por isso adquiri “anticorpos” para o meu último casamento. Ou eu convivia com o fato de ser possivelmente traída ou deveria me separar logo. Foi conveniente pra mim ter um companheiro, mas agora, com a certeza de que não sou mais traída, estou MUITO melhor. Eu sigo minha vidinha com meu pensamento e minha experiência de quase 47 anos. Maridos, namorados ou namoridos, nunca mais!!! Pode até rolar um amassozinho, porque ninguém é de ferro, mas compromisso, never more!

Então esse é o discurso de hoje, meninas. Bom domingo a todas.

Bjus

Adri =D

Anúncios

Sobre Adri Portas

Tradutora, Blogueira e Filósofa (da vida)
Esta entrada foi publicada em Esmalte importado, Momento debate, Swatch com as etiquetas . ligação permanente.

9 respostas a Blueberry Blast – Misa

  1. Rosângela diz:

    Senti muita raiva nas suas palavras. Parece que vc generaliza o fato de tds os homens traírem, existem homens que não tem essa necessidade em manter relações extraconjugais. Conheço um que tem preguiça ou dificuldade em flertar ,outro que é cristão e sabe que Deus vê todas as coisas. Meu pai é supertranquilo…Vamos amar sem medo de desilusão. Quando queremos engravidar, não pensamos em desistir, porque podemos ter um bebê com alguma anormalidade (se tiver o amaremos mesmo assim) .Ou que venhamos a nos separar e sermos mães solteiras ,ou que ganhamos pouco ,ou por não sabermos que vai cuidar dele em quanto trabalhamos. Nos jogamos de cabeça e deveríamos ser assim também nos relacionamentos amorosos. Beijão.

  2. É um assunto complicado essa tal de traição… Eu nunca me enganei ñ, mas a gente confia, confia… até desconfiar. E qdo chegou pra mim, foi um dos maiores baques da minha vida! Foi quase irremediável; emagreci, deprimi, vi os papéis da separação… mas o tempo foi passando, a confiança voltando e ele mostrando q valia a pena continuar.
    Agora vamos fazer 15 anos de casamento e o q ficou é: o tempo é o melhor remédio pra quem ama.
    Mudando de alhos pra bugalhos, nessa mani ñ tá faltando uma carimbada ñ? kk
    Bjs amore 😀

    • Eu, sinceramente, acho que uma vez que faça, fará sempre, sendo que nas outras vezes, sempre se aperfeiçoa pra fazer melhor e não descobrirem. Realmente não existe homem santo!
      Tenho dito!
      Bjus
      Adri

  3. jubaoli23 diz:

    achei lindo esse esmalte! ^^

  4. Eu penso como você. Eles traem, e são todos. Eu que sou mais atenta, sempre pego meu companheiro de papinho com uma ex namorada, ou com “conversinhas amigas” que eu sei bem onde vai parar. Daí, minhas amigas que são casadas, me reprimem por eu ainda estar com ele, dizendo que eu não tenho amor próprio. Eu olho pra elas e penso: “então porque você ainda estão casadas?” Porque elas são tão traídas como eu, apenas não sabem e confiam tanto, que nem investigam e nem percebem nada.

    Sinceramente, eu tive que amadurecer muito com relação ao assunto. Eu sei que existe a possibilidade do meu companheiro me trair a qualquer momento, mas hoje eu realmente entendo que ele não é minha propriedade e que eu nada posso fazer pra evitar certas aventuras. Então, eu vivo a minha vida e procuro ser fiel aos meus princípios, sem ficar vivendo a vida dele, investigando cada passo.

    Mas uma coisa, é o homem ceder vez ou outra a tentação da carne, outra é ele ter o hábito de manter relacionamentos com várias mulheres, o que me parece ser o caso do pai da sua amiga. Porque isso já sai da esfera dos instintos naturais e passa para a alçada do caráter. Conheço homens que mantêm duas e até três mulheres, convivendo habitualmente, e dizendo amar todas elas.
    Isso não é se render à uma aventura sexual, mas é algo mais fundo, porque demonstra frieza e falta de consideração com o próximo.

    Eu amo meu companheiro desde os 19 anos. Durante esses anos todos que estamos juntos, ele me traiu e até chegou a terminar comigo pra ficar com outra. Todas as vezes, quebrou a cara e pediu perdão. Eu perdoei todas. Mas sinceramente, se amanhã meu amor por ele acabar e a gente se separar. tenho certeza que viverei como você, vou preferir ficar sozinha. Não porque eu terei medo de arrumar um homem e ele me trair novamente. Mas porque é frustrante saber que é possível ser fiel com o outro, respeitá-lo e mesmo assim, existir pessoas que simplesmente veem isso como algo impossível.

    A falta de amor, de respeito para com o companheiro e até para com o ser humano que envolvemos quando numa relação extraconjugal, são fatos desoladores. Saber que as pessoas usam uns aos outros em prol de pequenos momentos. Usar humanos, enganá-las só para se sentir menos entediado e mais vivo. Isso sim, me deixa profundamente triste. Isso sim é uma pena.

    • Pois é, Sabrina. É a dura realidade.
      O chato é a gente saber que é fiel (e até resistir a algumas tentações em nome do amor que sentimos) e eles parecerem não serem capazes de deixar o amor falar mais alto. Acho que devem pensar: “se eu não comer vai dizer que sou brocha!”
      É isso aí! Comem pelo prazer do “proibido”, e para não passarem por boiolas, porque “homem apaixonado é coisa de fresco”, neah?!?!?
      Depois de uma determinada idade, então, parece que o homem fica pior, porque ele está ficando velho e como meio de autoafirmação, fica com uma penca de mulheres, pra provar que “ainda é garanhão”. Se tiver boas condições financeiras, então, aí ele fica como pinto no lixo, com uma penca de garotinhas interesseiras voando em cima, e ele se sentindo o “fodão” (desculpe o termo, mas é o que melhor define).
      O caso de ter duas ou três “fixas” é conveniente, principalmente sendo em cidades diferentes, como foi o meu caso. O cidadão tinha a mim como a “oficial” e tinha a “suplente” em outra cidade, onde ia esporadicamente a trabalho. Sabe Deus quantas vezes podem ter se encontrado na minha própria cidade, ou nas vezes que mentiu pra mim dizendo que iria para a casa da mãe.
      Mas isso é um passado que eu graças a Deus já deixei pra trás. Fico feliz, porque hoje eu tenho certeza que a pessoa com quem ele me traiu por tantos anos (ele está “oficialmente” com ela hoje), está sendo corna como eu fui, e inclusive foi corna comigo, ano passado, quando por um descuido de consciência eu fiquei com ele, ainda acreditando que poderíamos voltar um dia (até então eu não sabia que ele estava com ela – pra mim, só andava tendo aventuras “de solteiro”, como me disse). Então, saber que ela foi corna comigo, NÃO TEM PREÇO! (#vingancinhamodeon).
      Jinhos, kida!
      Adri

    • Sabrina diz:

      kkkkkkkkkkkkk Bem feito pra ela. É bom pra ela aprender a respeitar as outras. Nada melhor que sentir o gostinho da pimenta no próprio olho, pra entender como isso fere.
      Bjos, Adri!

    • Poxa, é só uma pena que ela não tem a mesma certeza que eu, só desconfia. Mas um dia, assim como eu, ela vai ter essa certeza, e vai ser bombástica pra ela. E eu, vou só continuar a viver minha linda vida, quem sabe, assistindo de camarote a edificação ruir, rsrsrsrs
      Beijinho amore
      Adri

Obrigada pela visita e pelo seu comentário!!! <3

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s