Única – La Femme

Olá meninas!

Cá estou de volta, amando o friozinho que chegou, pena que não para ficar.

Para as que só se interessam pelos esmaltes, fiquem só com a parte inicial do post, pois ele está um livro, heheheh.

Eu estava catando na minha coleção um esmalte verde, para usar como base para o verde metálico da Jade e me deparei com esse lindo verde, que é um dos poucos que gosto, acho que é porque ele é holográfico e lindo: ÚNICA, da La Femme.

Unica - La Femme4

Peguei o vidrinho e passei em uma unha, e fiquei encantada, apesar de ser verde, heheheh. Primeiro, porque o esmalte foi muito fácil de passar. O fato de o pincel ser pequeno facilitou bastante “mirar” pra não sujar a cutícula. Não arrastou e ficou super lindo!

Unica - La Femme3

Na unha, fica bem mais musgo do que está na foto, embora o tom de verde que está na foto até esteja bonito, porque é holográfico, e pra mim, qualquer holográfico fica bonito, hehehe. E holográficos verdes assim não são tão comuns.

Unica - La Femme2

Procurei outros holográficos da marca, e surpreendentemente não tenho, hehehe, só esse verde.

Unica - La Femme

Depois de passar duas camadas, finalizei com top coat Invincible.

A Esmalteria da KK vende esse esmalte, mas está esgotado no momento, e não sei se volta ao estoque. Mas por via das dúvidas, marque que quer ser avisada quando retornar ao estoque, que vc receberá um email.

Acabou que meu experimento para uso do metálico Jade foi pro brejo. Outra hora retomo o projeto, hehehehe.

E enquanto fazia este post, conversava com o segundo namorado que tive na vida, quando eu tinha 21 anos. Ele me encontrou no Facebook esses dias, e não mudou muito. Na verdade, tirando as rugas normais da idade, ele continua a mesma coisa, talvez só uns poucos quilinhos a mais, coisa normal para a idade que avança impiedosamente. Quando o namorei, ele tinha 17 anos (sim, eu era 4 anos mais “experiente” que ele, hehehehehe).

Ele foi uma pessoa de quem gostei bastante, principalmente pelo fato de ele sempre ter me respeitado muito, não só como amiga, mas como namorada, diferente dos “garotos” da idade dele, que só pensavam em sexo. Eu brincava, dizendo que ele era um adulto num corpo de adolescente. Adorava BJ Thomas (eu, adoro até hoje) e outras músicas das antigas, e Taiguara me faz lembrar dele num flash. Era extremamente romântico e carinhoso, e era fácil se apaixonar por ele, embora eu estivesse mais interessada em um amigo dele na época, o que fez o romance com ele durar pouco tempo. Tê-lo aos meus pés me venerando talvez tenha sido o problema, pois imatura como eu era, não pensava que cultivar suas qualidades seria excelente para uma relação entre adultos. A pior parte foi ter terminado com ele pra ficar com outro que era todo o oposto dele. Foi uma decisão muito errada, mas a vida é feita de erros e acertos, e essa, foi uma tacada muito ruim.

E conversando com ele, revivi muita coisa daquela época. Ele me lembrou de coisas que eu já tinha esquecido, e acabou me confessando que roubou uma calcinha minha escondido de mim! Fiquei chocada! hahahahahaah Depois ele acabou confessando, também, que por ser inexperiente não fez “investidas mais ousadas”, embora tenha morrido de desejo. Mas talvez isso teria estragado toda a magia que foi a nossa relação verdadeiramente inocente.

Ele era prodígio, estudioso, e amava medicina. Trabalhou como voluntário nos ANJOS DO ASFALTO, que é um grupo de voluntários que trabalha em acidentes nas estradas. Hoje ele é fisioterapeuta, especista em mecânica pulmonar. Além de dar plantão em um hospital público no Rio, tem uma empresa de atendimento médico domiciliar que é contratada da Petrobras, e continua com o hobby que tinha anos depois de terminarmos, que é fotografia, trabalhando nas horas vagas como fotógrafo de gestantes, casamentos e bebês.

Está bem na vida, pelo que entendi. Está casado com a mesma namorada que arrumou algum tempo depois de mim, e tem dois filhos. Mas conversando com ele, parece que voltou no tempo, e só faltava ver o brilho nos olhos que tinha quando estava comigo.

Parece até que depois de uma certa idade os homens gostam de “dar tiro para todos os lados” como forma de autoafirmação, para provar para si próprios que ainda têm o poder de sedução, como se o excesso de mulheres neste país, em relação à quantidade de homens, não fosse motivo suficiente para estalar os dedos e cairem 5 ajoelhadas aos seus pés, mesmo que sejam feios de doer e duros.

Homens… Embora ele tenha sido bastante especial, e gostado muito de mim (pois vi que sofreu muito quando terminei com ele), vejo nele basicamente o que vejo em todos: se agarram a qualquer oportunidade de serem galanteadores se desmanchar em elogios e “jogar a rede”. Quem me acompanha aqui no blog há bastante tempo, sabe que eu tenho um grande trauma com médicos, hehehehehe. Não vou mudar minha opinião sobre os homens, pois pra mim é tudo farinha do mesmo saco, mas confesso que conversar com ele e o ouvir dizer que eu continuo linda e muito inteligente, foi uma baita massagem no ego, mesmo que tenha sido mentirinha, heheheh.

De qualquer forma, reencontrar pessoas que fizeram parte do nosso passado é legal, seja homem ou mulher. E o Facebook é uma ferramenta que já me proporcionou encontrar muita gente do meu passado. É sempre interessante ouvir o que o outro tem para relembrar, que vc nem lembrava mais. Lembrar das músicas, roupas e perfumes que fizeram parte do passado. A gente volta no tempo, e parece que estamos revivendo tudo de novo.

Tudo bem que à vezes você encontra uma “fruta estragada”, como foi o caso de uma ex-colega de “primário”, que é tão doida de pedra que eu não aguentei, e a excluí da minha lista de amigos no Face, porque não aguentava as maluquices que ela escrevia.

A maluca escrevia usando palavras e composições difíceis, que para decifrar era preciso ter um dicionário do lado, dando até uma falsa impressão de que era membro da Academia de Letras, tamanha a complexidade de composição textual dela. Mas no fundo era só uma louca escrevendo dificil para talvez dar realmente uma impressão de que era intelectual, fazendo seus leitores pensarem que eles são tão burros que são incapazes de entender o que a dita falava. Escrevia aquelas frases que quando vc chega na metade da frase, precisa voltar pro início pra tentar ver se perdeu algo no caminho”, pois não dava pra entender o ponto focal do texto. Eu, que estudei a louca filosofia de Nietzsche, achei que tinha voltado pros tempos de faculdade, com aquela leitura bizarra. Eu me sentia uma toupeira lendo os textos dela, sem entender nada, até descobrir que ela era só doida, e não intelectual.

Eu e outra amiga da mesma turma rimos muito das doideiras que a maluca escrevia. Inclusive, a dita chegou a dizer que os doces que a mãe dessa amiga fazia eram ótimos, e a amiga me disse que a maluca nunca frequentou a casa dela para fazer tal afirmação com tanta propriedade. Achei melhor banir da minha rede…

Então é isso mulherada; chega de bla bla bla porque preciso voltar pro trabalho.

Tenham um ótimo dia!

Bjus

Adri =D

Anúncios

Sobre Adri Portas

Tradutora, Blogueira e Filósofa (da vida)
Esta entrada foi publicada em Abobrinhas, Esmalte holográfico, Esmalte nacional, Swatch com as etiquetas . ligação permanente.

8 respostas a Única – La Femme

  1. solangepaixao diz:

    Amo verdes, amo holos…. lindo, Adri, lindo!!! Bjinho, Sô (Paixão)

  2. jubaoli23 diz:

    muito bonito… a holografia dele parece a do DS Extravagance 🙂
    bjoos

  3. Camz diz:

    Só eu que achei com cara de árvore de natal? O que é um ponto positivo, claro, por que eu amo natal. kkk

    Lindo!

  4. Eu jurava que tinha este esmalte! Demorei um tempão procurando, mas não tenho mesmo. Eu vivo confundindo a La Femme e Up Colors…dã…mas sei que um deles vai parar de produzir os holos! 😦 Sei que tantas querem o Única, vivem procurando alguém que esteja se desapegando do seu! Não sou uma delas…gosto deste verdinho, mas se não existe mais, paciência! É uma pena, porque é lindinho!
    Adri, tenho um pouco de medo do Facebook…reencontrar chatos do passado! Até agora, já apareceram assombrações, e eu nem procurei muito. Já pesquisei rapidamente um ex, mas fiquei pensando que seria procurar sarna para me coçar! Ele deve ter uma família e eu ficaria a ver navios…então, deixa quieto! hahahaha Claro que eu sou assim, às outras pessoas eu dou força para serem diferentes, para ir à luta. Muito boa história! 😀
    Beijos

  5. Izaura Moreira diz:

    É lindo pra caramba!! Eu não gosto de verde nas minhas unhas, mas to com vontade de experimentar esse!!!

    bjksss

  6. And the winer is… \o/ Sabia q era o Única, morri d rir qdo vi o post!!!! A holografia dele é totalmente diferente das outras e essa cor de jacaré é linda! Pena q ñ tinha sol qdo vc fotou. Tenho + 3 cores, mas do única tenho 2 ❤
    Através do Orkut q reencontrei meus amigos de escola, foi tão legal, tão emocionante… Teve choradeira e altos flashbacks de antigos ficantes kkk Altas histórias.
    Bjs.

  7. Vânia Luz diz:

    Muito lindo! amei isso ❤

Obrigada pela visita e pelo seu comentário!!! <3

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s