Violet – Pamela Grant

Antes de mais nada, gente, peguem um cafezinho, sentem-se confortavelmente na cadeira e preparem-se para ler O LIVRO. Esse post está gigante. As que não tiverem paciência, vejam as fotos e saiam batido sem comentar mesmo, porque comentar sem ler, vendo só as fotos, dependendo do que comentar, é “sentenciar a sua própria morte” aqui no blog, rsrsrsrsrs. Já teve um caso aqui em que a pessoa viu as fotos somente, fantasiou um cenário na sua cabeça e comentou uma besteira sem tamanho, que não tinha NADA A VER com a realidade ou com o que eu escrevi, o que claramente denotou que a pessoa lixou-se para o texto, só porque queria “bater ponto” ou “marcar presença”, e o tiro acabou saindo pela culatra, porque era tão descabido o comentário que não tinha como não ter certeza que a criatura NÃO LEU O POST, SOMENTE VIU AS FOTOS.

Vamos ao post…

É, mais um roxo… E também com nanobrilhinhos. É legal, aguadinho, mas bonito. Usei esse esmalte como base para outra esmaltação. No início não olhei o esmalte com outros olhos, porque estava focada no FUNDO para outro esmalte. Mas depois que estava na unha, e vi os brilhinhos eu até que senti algo mais forte, mas achei que fosse só um momento súbito de alta no meu biorritmo (é assim mesmo que se escreve, na nova ortografia!!!). Só comecei a perceber que é um esmalte bonito mesmo porque a Nina cacou quando viu os brilhinhos dele.

Vocês podem ver que ele tem brilhinhos azuis e rosas. É bem interessante. Adoro brilhinhos! Esse esmalte comprei em Santiago em outubro. Lá não tem muito esmalte, mas tem alguns poucos interessantes. Esse e o (também) Violet da Petrizzio, que a Nina colocou esses dias, são bem parecidos. Aliás, eu só comprei o meu Violet porque eu resolvi dar o Violet da Nina depois que eu já o tinha comprado. Como não encontrei mais o Petrizzio, e achei esse Pamela Grant parecido, eu fiquei com ele. Aliás, uma falta de criatividade total ou cara de pau descarada de uma ou outra marca, porque ambos têm a mesma cor (pelo menos muito parecida), e o mesmíssimo nome de cor. Só faltava ter o mesmo formato de vidro, mas seria muito desaforo, rsrsrsrsrs. Enfim, esse é um roxo/uva bonito, sim, e não lembro de ter visto algum nacional assim com esses brilhinhos.

Ahhh! Por falar em ROXO, o meu Bourjois Bleu Violet chegou! É o mesmo esmalte do vidrinho de coleção, que comprei no “Free Shops”. Cakay freneticamente, pois agora terei meu roxão em maior quantidade. Vocês vão dizer que é azul, mas É ROXO!!!!!!!!!!!!! Principalmente sob luz fluorescente. Tudo bem que de dia fica meio azulado, e que a câmera teima em fazer a foto ficar azul, MAS É ROXO!!!!!!!!!!!!!! Aff!

E na sessão BF de hoje, eu estou em total desespero porque meu jardim não é tratado há uns 2 meses e meio. Minha grama está tão alta que nem vejo os porquinhos no meio dela (#exagerada). O rapaz que cuidava do jardim simplesmente desapareceu. Eu até que gostei um pouco, porque ele foi arranjado pelo meu ex-futuro-ex-espero-que-não-seja-mais marido, e o cara era pra lá de enrolado. Finalmente resolvi chamar um rapaz que foi um dos primeiros que cuidou do meu jardim, e que, surpreendentemente me cobrou o mesmo preço do enrolado, que eu achava que era barato. Mas minha cidade tem um problema: a maioria dos prestadores de serviço (me incluo nisso) são uns enroladores. Dizem que vão fazer e não fazem. Eu, que achei que nunca chegaria nesse nível,  com pesar, reconheço que estou deixando muito a desejar, principalmente depois que virei Esmaltarada. É complicado a gente gostar de uma coisa e ter que fazer outra. Minha diversão é esmalte e descobrir coisas novas nesse meio; ah, e viajar. Mas eu tenho que trabalhar, e meus clientes ficam me apertando pra entregar logo os trabalhos, e eu escapo “quenem” sabonete no banho, manja? Quando a gente pega o sabonete e ele escorrega da sua mão como se tivesse vida própria? Essa sou eu hoje. tsc tsc tsc.

Por falar nisso, hoje eu estava lendo o post da Marcinha do Le Vernis, onde ela se despede do seu blog porque não tem mais tempo pra ele. Eu hoje estava justamente pensando sobre isso.

Há alguns meses atrás eu procurava ESMALTARADAS no Google, e aparecia lá no alto “VOCÊ QUIS DIZER ESMALTADAS?”. Hoje, eu procurei ESMALTARADAS e apareceu o nome do “meu” blog, com divisões dos itens mais acessados, como os grandes sites têm. E eu fiquei pensando que no comecinho eu achei que ia demorar muito pra esse dia chegar… Aliás, cheguei a achar que eu nunca conseguiria ter um lugar de destaque nessa blogosfera, não porque não achasse que eu tivesse capacidade, mas porque tem uns 250 mil blogs de esmalte atualmente, e eu achei que o meu só seria mais um grão de areia no universo.

Nosso blog fará um ano em abril. De lá pra cá não teve um dia sequer em que eu não tivesse colocado um post, e nem um mês sem fazer um sorteio. E eu fico feliz porque muitas pessoas se identificaram com o blog, e elogiam a forma bem humorada e “não mecânica” com que eu, Nina e Mary (raramente) escrevemos. E de pensar que uma pessoinha que ficou conosco aqui há algum tempo atrás, e que se dizia “muy amiga” e jornalista, chegou a ter a ousadia de dizer (ofendidinha) que meu blog é VULGAR, depois que eu pedi que ela escolhesse entre postar no meu ou no outro blog em que ela começou de repente a postar sobre o mesmo tema (esmaltes), e sem me perguntar se eu me importava ou não de tê-la como “competidora” no outro blog. É claro que eu me importava, afinal, como alguém pode postar em dois blogs sobre o mesmo tema sem acabar copiando ideias de um blog para o outro, já que os blogs todos postam sobre os mesmos esmaltes o tempo todo?

Pra vocês entenderem, ela era a Nina da época, só que mal acabada, principalmente no quesito SINCERIDADE, pois, se falava que era minha amiga, que adorava o blog e a mim, e toda aquela balela, como pôde só mostrar o que realmente pensava quando a encostei na parede? Sinal de que eu tinha uma cobra no meu quintal e não sabia, rsrsrsrsrs. Por isso digo que há males que vêm para o bem. Achei até bom ela ter finalmente mostrado quem é, porque ela fazia uns postzinhos “sem sal”, que a maioria das leitoras, depois que ela saiu, me disse por email que nem lia quando sabia que não tinha sido eu a autora dos posts, porque pareciam ter sido feitos por um robô, sem um pingo de “calor humano” (essas não são palavras minhas!!!!).

Enfim, essa pessoa disse que meu blog é vulgar e que a minha linguagem vulgar não atraía leitoras, por isso as leitoras nunca gostariam do meu blog. Eu hoje rio, rio muito dessa pobre criatura miserável, porque, apesar de ter a carreira dela (que escrevia com erros de ortografia e gramática (!!!!), que eu cansei de corrigir – JORNALISTA, heim!!!!!! Atentaram para isso????), ela não tem um pingo de noção do que atrai leitoras – certamente ela é daquelas pre preferem quantidade à qualidade. Eu digo justamente o contrário dela: textos com linguagem casual, correta (ortografia e gramática) e bem humorada, com uma pitadinha de sarcasmo e muita sinceridade, atraem sim, leitoras. E como eu sempre digo, não quero que meu blog tenha quantidade, mas qualidade de público. Só quero ter leitoras que saibam realmente valorizar essas qualidades do meu blog, que eu reconheço que existem pelo que já ouvi muitas de vocês dizerem, além da minha própria percepção, é claro.

Por falar em erros de ortografia e “tapirus terrestrices” alheias, descobri ontem um site chamado SHAME ON YOU BLOGUEIRA, em que a pessoa que posta (totalmente anônima), não perdoa uma vírgula fora do lugar ou uma foto que ela considere, bem…, ridícula. E eu concordo com a maioria das colocações dela, que parece ser uma pessoa altamente culta e perspicaz, pois presta atenção aos minimíssimos detalhes.

Esta madrugada quase acordei a vizinhança com as minhas gargalhadas, pois não aguentei ler só um post. Tive que ler TODOS, porque não dava pra parar; viciante o negócio, galera. As observações que ela faz são hilárias. Tudo bem que em determinadas situações ela pega meio pesado, mas, como ela mesma diz (digo que é ELA porque homem não tem paciência de observar minimalisticamente as coisas que ela observa), ela só olha a coisa como um todo, com extremo bom-senso, e não olha para uma característica específica, embora por algumas vezes a coisa possa soar como preconceito. Mas na essência da coisa, ela está certíssima. Não tem coisa mais broxante do que a gente ler um post sem conteúdo e cheio de erros gramaticais e ortográficos. Eu acho que quem quer ter um blog tem a OBRIGAÇÃO MORAL de, no mínimo, saber escrever corretamente e ter um certo nível cultural para poder falar articuladamente sobre determinados assuntos. E mais ainda, ter criatividade para elaborar seus próprios textos, e não copiar e ainda escrever mentiras, como é o caso deste post, que diz que eu “me viciei” nos esmaltes da Coleção Rebelde, da Impala, quando, na verdade, eu me surpreendi porque eles são mais bonitos do que me pareciam. Quem lê que “eu me viciei”, pensa logo que não tiro esses esmaltes das unhas. E não satisfeita, ainda copiou minhas fotos sem pedir autorização. Pelo menos teve o bom-senso de mencionar o nome do “meu” blog, e dizendo que é FAMOSO! huhahuahuahuauhahuahua. Propaganda enganosa (mas obrigada pela mentirinha…). E pra completar, eu, que nem sei quem me mandou os esmaltes, só sei o nome, virei “amiga” da menina, que eu nem conheço e nunca vi mais gorda! Olha, tem cada uma nesse mundo que até Deus duvida, viu!?

Voltando ao blog, eu espero demorar muito para abandoná-lo. Um dia, sem dúvida, isso vai acontecer. Mas espero que existam óculos com grau SUPER LUNAR e que eu nunca tenha mal de Parkinson, para eu continuar fazendo minhas unhas e postando coisas aqui pra vocês. Até lá vou tirar foto só das unhas, porque mão enrugada, ninguém merece! Não que isso seja preconceito contra velhinhos; de forma alguma. Se tem pessoas que eu respeito MUITO nessa vida, são as pessoas idosas, que viveram e educaram muita gente nessa vida, e que depois que envelhecem, os parentes (ingratos) largam de lado como um sapato velho. Acho essa atitude um horror! Sei que é uma coisa inevitável, a idade, mas não vou gostar nadinha de mostrar minha mãozinha enrugada pra vocês, rsrsrsrsrs. Mas vou tentar viver o máximo que puder, fazendo aquilo que gosto: trabalhando, esmaltando, blogando, viajando e curtindo minha minúscula familia (filha, mãe, 4 porquinhos e 1 ave). E espero conseguir fazer isso podendo sempre compartilhar tudo com vocês, porque vocês são minha família de amigas virtuais, e são muito importantes pra mim. Espero que vocês sejam sempre sinceras, pois se tem uma coisa que definitivamente eu não gosto, é falsidade.

E na seção BF 2, eu estava fuçando as fotos que eu tinha tirado no meu IPhone, e olhem o que eu achay! A foto de quando eu estava voltando de Santiago, em outubro deste ano. Não é linda a Cordilheira dos Andes? Pena que tinha pouca neve nessa região. Tinha partes com bastante neve. Está ou não digna de um papel de parede?Bjus Adri =)))

Anúncios

Sobre Adri Portas

Tradutora, Blogueira e Filósofa (da vida)
Esta entrada foi publicada em Abobrinhas, Esmalte importado, Swatch com as etiquetas . ligação permanente.

21 respostas a Violet – Pamela Grant

  1. Katia diz:

    Você é ótima… li tudinho!
    Amei o esmalte e o que vc escreveu também!
    Ainda bem que as máscaras caem né, afinal estamos rodeadas de cobras!

    Bjos

  2. Oi,tudo bem?

    Gostei muito do seu blog e gostei muito da sua maneira de escrever e se comunicar com as pessoas.
    Também passei por um problema semelhante ao seu ao criar meu blog,convidei minha prima(que é jornalista..rs) para escrever comigo e ela escrevia parecendo um robô,não era nada cativante,não se importava com a qualidade de fotos/textos e ainda por cima ficava jogando água em tudo o que eu queria fazer,até mesmo nas parcerias.Resultado:com o tempo,fui conseguindo as parcerias que eu queria e acho que ela se mancou e saiu do blog sem precisar que eu dissesse nada a ela,mas acho que depois que ela viu o blog crescendo,deu uma ponta de “invejinha” dela..Eu conheci o blog da Shame bem por acaso,porque uma pessoa que eu conheço foi gongada por ela.Realmente é viciante,a gente começa a ler os posts,os comentários e não quer parar..rs..lembro que fiquei uma vez a madrugada inteira lendo os comentários e rindo,meu Deus!Acho que ela está super certa em atentar para erros gramaticais,afinal se decidiu fazer um blog,que pelo menos saiba escrever direito,mas às vezes ela pega pesado em algumas coisas,tipo.. critica unha compridão(eu particularmente não gosto mas gosto é gosto),unha curta e etc.Acho que quem escreve um blog tem que ser assim como vc disse:usar linguagem informal,descontraída sem esquecer das aulinhas de português.Eu também vou continuar blogando até o dia em que Deus me permitir e vou ser uma velhinha esmaltada de 80 anos ..rsrs

    beijos

    • Obrigada, Vanessa! Seja bem vinda à nossa humilde família!
      Bom saber que alguém já sofreu do meu mal, rsrsrsrs Assim você sabe como eu realmente me senti.
      E amay a velhinha esmaltada de 80 anos, uhauhauhahuahuauhauhauh boa, boa!
      Bjus
      Adri

  3. Camila O. diz:

    Aii que esmalte lindo, essa paisagem do final, realmente, digna de papel de parede, amei!

    Amei o blog, estou seguindo já 🙂

    Passa no meu, se gostar segue tb, tá?

    Beijos.

    http://vernasunhas.blogspot.com

  4. Well, vamos lá….rs

    Dizem que roxo é a cor da realeza…..esse está te tornando uma bela rainha!!!!Muito lindo!!!!rsrsrs

    Mãos enrrugadas?rsrsrsrsrs Para mim são sinais de experiência, beleza e extrema dedicação à vida…..Algo para se ter orgulho, especialmente pois vc é uma mulher q batalha duro pela sua vida correto?

    Quanto aos outros…..continue fazendo o seu e receba as bençãos por isso!!!Vc ofusca e isso incomoda!!!rs

    E a foto…..ahhhhh q FOTO!!!!!!!! Pode achar q possuo alma de gorda ( e possuo – mórbida!!) Só penso em um belo chocolate quente, uma lareira….quem sabe uma bela massa……….fondue…rsrsrsrsrs

    • uhahuahuahuahuahuahuahuauhahuauh! Só vc mesma Déia! A parte do ofusca foi bótima! uhahuahuahuahuahua
      Vou te convidar pra postar aqui também, pois seu senso de humor é aguçadíssimo! rsrsrsrsrs
      Bjokas!!!!!!!!

  5. Malu diz:

    Oi, Adri!

    Lindos os esmaltes. Mas tb, né, na sua mão tudo fica bom! Posso falar, cakay nos vidrinhos tb q coisinhas mais lindas… AMO uns vidrinhos diferentes!
    A foto é realmente linda, e mais espetacular ainda é o fato de ter tirado com o celular… imagina se fosse com uma daquelas câmeras profissionais, cheias de frescuras…. Qdo ñ quiser mais ser tradutora, pode atacar de fotografa! Vai fazer o maior sucesso!

    Bjs e (mais) sucesso!

  6. Adri gatissima, ufa acabei de ler…tantos temas para comentar…rsrsrs Ohhh vc conseguiu o Bourjois AZUL… lindo ele né?! o Violet é uma gracinha tambem … discreto… Quanto ao blog acho que vcs passaram por uma seleção natural, ou seja a jornalista não era interessante para o blog…thau pra ela!!! RSRSRS e vc nem pense em deixar este blog>> bjos!!!

    Cá – expedição esmalte SP … rsrsrs

  7. Minha linda, sem o seu blog, eu seria só mais uma “esmaltada” rsrsrs. Eu ainda estou na fase “passos de bebê” mas estou me dedicando, um dia chego no nível advanced do “esmaltaradas”.
    Então a vida é assim, para umas vc é tudo de bom (meu caso!) para outras vulgar (nem conheço, mas achei ela um “pouquinho” louca)! Continue escrevendo de seu jeito descontraído e informal, tá perfeito e muito divertido! bjos

  8. Huhuhuhuaaaaa…… adorei o livro!!!!!!!! O esmalte dispensa comentários!!!!!!! E só posso te dizer uma coisa, desejo a vc muita paz e saúde para trabalhar (e postar todos os dias!!!!) e que vc continue a ser esta pessoa sincera, que não manda recado e que sobretudo é VERDADEIRA!!!!! A pior coisa do mundo é falsidade…… vc lidar com a pessoa e saber que ela te apunhala pelas costas…..Com relação as suas mãos, vai demorar muito a ficarem enrrugadinhas, é muita tonelada de creme que vc passa…huhuhuhuaaaaa!!!!!!!! Bjus e sucesso cada vez mais!!!!!! E uma coisa preciso te agradecer neste tempo de convivência virtual… ter colocado a Dory no meu caminho!!!!!!!

  9. Marcinha diz:

    Menina vc fala sério quando diz que vai fazer um post longo heim! hehehehehe
    admiro muito vcs que conseguem escrever no blog todos os dias, eu escrevia uma vez por semana e nos últimos tempos tava quase enlouquecendo!
    Agora quanto a escrever em 2 blogs ao mesmo tempo, eu não sei se acho isso um problema tão grande assim não…
    A Kelly durante um tempo escreveu no Le Vernis e no blog dela e ela conseguia postar assuntos diferentes relativos a esmaltes nos dois blogs sem problemas. Ela é outra inspirada que consegue postar todo dia, hehehehehehe.
    Agora o esmalte é lindíssimo, não tem nem o que falar…
    Bjs!!

    • Oi Marcinha! Bem vinda à nossa casa.
      É dureza sim. Agora, é difícil, mas não impossível, de fato, escrever em dois blogs, mas a coisa começa a complicar quando a frequência de postagens é estreita como a nossa. Inevitavelmente “aquele post da Colorama que coloquei na semana passada vai dar pra ser aproveitado no outro blog”. Sinceramente, essa ideia não me agrada muito não. Cada um com a sua opinião, de fato, mas em prol das boas relações sociais, acho que teria sido, no mínimo, um ato de consideração, ter comunicado da intenção de escrever em outro blog sobre o mesmo tema, antes de ter se jogado às vias de fato, você não concorda?
      Mas isso são águas passadas. Como eu disse, há males que vêm para o bem. Hoje estamos na mais completa harmonia aqui no blog, e bombando com as postagens.
      Uma pena que tenha pouco tempo para continuar… Grande beijo e muito sucesso!

  10. Aii Adri eu nem vou me dignar a falar do esmalte, ele é muito bonito… fiquei com uma pulga quanto ao tom, achei parecido com um da Risqué Isabeli Fontana, mas creio que não tenha os “brilhozinhos”….

    Valeu a pena ler esse livro… é tão indignante a atitude de certas pessoas que não há o que comentar… a falta de caráter então nem se fala…

    Mas Adri isso são coisas que precisamos passar, é através de agruras que conhecemos o lado bom… e eu conheci teu blog por puro acaso, em uma pesquisa sobre cores lá pelas página 4 do google… antes de me dignar a dar as caras fiz questão de ler todo blog, desde o primeiro post e me apaixonei… é justamente esse lado descontraído que me fez fincar raízes aqui… já sumi devido a facul (terminada \o/) e retorno agora depois de uma feriazinhas do pc….

    Como disseste: é minha família virtual… adoro vir aqui e saber que há respeito mútuo entre as leitoras, coisa que não há em outros blogs…

    Vô parar de escrever senão isto virará uma crônica…. heheh

    Bjinhoo :**

    • Boa noite Lulindona!
      Obrigada por tudo e pelo enorme carinho. E mais uma vez parabéns pela facul. Fico feliz que esteja de férias. É tão bom ficar de bobeira e acordar tarde, né?
      Bjos!
      =***

    • =) Obrigada…. ain é tão bom dormir tarde por prazer e não por obrigatoriedade de ter que madrugar estudando… 4 anos de Letras é pra surtar, é leitura demais… e acordar tarde então ô gostosura… mas é por pouco tempo isso, em março espero já estar na ativa, não consigo viver fora de uma sala de aula, agora ao invés de aluna, professora… \o/

      Beijooos

    • Aeeeeeeeeeee garota! Haja “paciença” heim! Ensinar pestinhas é um ó!

    • Nesse quesito concordo… haja “paciença”… mas por amor se faz quase tudo…

Obrigada pela visita e pelo seu comentário!!! <3

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s