O mico

Fiquei furiosa. Acordei às 5 da manhã ensopada de suor. A %$¨#@#%@¨#%@$#&@% do ar condicionado dessa porcaria desse apartamento não funciona. Aqui tá um calor da gota!
Hoje foi o primeiro dia de aula da minha amiga. Ela foi pra aula e eu fiquei aqui na internet olhando emails e editando umas fotos pra pôr no blog. Mais tarde eu pus um short, uma blusa, peguei meu “guarda-sol capilar” e caí no mundo. Estava tentando achar uma lavanderia. É um absurdo que numa cidade onde tanta gente de fora aluga apartamento, não tenha uma lavanderia. Nem o pessoal das lojas sabe!!! E, andando, dei de cara com um shopping. O Santa Monica Place. Entrei e comecei a olhar as lojas pra ver se tinha algo que interessasse. A única coisa que prestou foi a Bloomingdale’s. Lá encontrei um esmaltinho bem interessante, mas que eu esqueci de tirar foto. A marca dele é Rococco. Detalhe: a vendedora AMOU o meu Essie que pus nas unhas (e a chata da Gabriela ainda diz que é um esmalte sem nada de mais). O Rococco vem numa caixinha cheia de frufru. Não conheço a marca, mas deve ser chique, pois custou 18 dólares.
De volta à caça, entrei na loja da Disney pra comprar o Stitch de pelúcia que Gabs pediu.

Stitch

Não podia voltar pra casa sem encher minha “filhotíssima” de mimos. Tudo que vejo que lembra ela eu compro. Aliás, a mala já está bem pesadinha…Ainda bem que posso voltar com duas de 32 quilos!
Como estava perto da hora do almoço, eu resolvi comer logo algo por lá. Aliás, eu comi tão rapido que mal senti o gosto da comida. Eu estava mesmo era querendo logo a sobremesa, que eu fiquei namorando antes de decidir o que comer. E quando terminei de almoçar, caí de boca num sorvete de caramelo SALGADO. Isso mesmo, o sorvete tinha sal, além do açúcar, claro. Foi um prazer alucinante comer aquele sorvete. Ele me lembrou algo da minha infância, que eu ainda não consigo lembrar o quê. A cada mordida eu levitava. Quando vierem a Santa Monica, não deixem de ir à NICE CREAM, no shopping Santa Monica Place, comer o sorvete de caramelo salgado.

Sorvetes Nice Cream

Sorvete de Caramelo Salgado e Chocolate

Saindo do shopping, peguei a 3rd avenue promenade. Um calçadão com várias lojas conhecidas. A primeira em que entrei foi a Abercrombie, com seu perfume característico, que se sente do meio da rua. Como sempre, fui recepcionada por um modelo alto e louro que é pago para abrir a porta e dar bom dia pras clientes com um sorriso estampado no rosto, como se você fosse uma rainha entrando. Pode ser o pior bofe da face da terra, mas eles sempre arreganham aquele sorriso ao te receberem. É realmente um prazer enorme entrar numa loja assim. Tudo bem que o modelo podia estar pelado, pro visual ser mais atraente para as clientes, mas vestido serve também.
Olha, foi nessa loja que eu paguei o MICO da viagem. Nunca me senti tão imbecil na vida, e na frente de um caixa de cair o queixo. O cara só podia ser modelo também, putsgrila! Ele, super simpático e cheio de gentileza, puxava conversinha para ser agradável, como é instruído a fazer com todo cliente. Entreguei a ele o cartão de crédito, e ele me pediu a identificação para confirmar o meu nome no cartão. O cara era realmente de uma beleza de tirar a concentração de qualquer uma. Enquanto eu assinava na maquininha lá, ele me perguntou de que parte do Brasil eu era. E cada vez que o homem falava comigo eu estremecia, com vontade de tirar meu batom no pescoço dele. Concentrada unicamente nisso, eu fiquei surpresa e perguntei pra ele: “Como você sabe que eu sou do Brasil????”. Nesse segundo, ele olhou pro vendedor que estava a uns 4 metros de distância, com um sorrisinho esquisito, e me respondeu: “Eu vi o seu passaporte!”. Só faltou ele completar a frase com um “, JUMENTA!” Me sentindo a mais estúpida das tietes babantes, eu disse: “Ah, mas é claro, como sou burra!” Peguei minhas coisas abaixei a aba do chapeu e saí batido da loja com medo de ouvir as gargalhadas dos dois. Olha, deu vontade de encher minha cara de tapa! Como é que eu fui pagar um King Kong desses????? Os dois devem ter rido muito da minha jumência o dia inteiro, e contado pra todo mundo! E, revoltada com tanto desprovimento de raciocínio lógico, ou melhor, com o meu QI de repolho, entrei na Sephora e afoguei minhas mágoas. Meti logo 9 esmaltes e mais uma penca de bobeirinhas na cestinha para tentar esquecer meu drama. Olhem os esmaltes aí!

Voltei pro apartamento pau da vida, ainda, e resolvi afogar as mágoas de verdade. Esperei minha amiga chegar e fomos ao supermercado, que fica a duas quadras daqui. Compramos lagostas e camarões para eu fazer o jantar. Acabei tomando um bom vinho “nacional” (de Napa Valley), quase fiquei de porre, e rimos muito da minha grande mancada do dia!

Anúncios

Sobre Adri Portas

Tradutora, Blogueira e Filósofa (da vida)
Esta entrada foi publicada em Viagem. ligação permanente.

Obrigada pela visita e pelo seu comentário!!! <3

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s