Carrot Cake – Rare

Boa noite, pessoal!

Na minha viagem à Madri, eu entrei em uma farmácia (novidade!!!!!) à caça de esmaltinhos diferentes, e eis que me deparo com essa marca espanhola (Rare Nails), porém, de fabricação francesa. E esse laranjão tem um nome por demais sugestivo à cor: CARROT CAKE.

Carrot Cake - Rare3

Ele quase cobriu com duas camadas, mas ficou uma sombrinha de unha por baixo (TOC), que fechou bem com a terceira.

Apesar de ter um ótimo brilho e de ter secado rapidinho e sem bolinhas, eu passei Brilho Cristal para ajudar a limpar os cantinhos, porque eu não estava muito inspirada para esmaltação americana, e caquei as cutículas. Também, queria nivelar a esmaltação, pois minha unha está cheia de ondulações.

Carrot Cake - Rare4

O mais curioso desse esmalte, é que ele não tem a composição da fórmula. O rótulo atrás do vidro é transparente, e só tem o nome e número da cor, o local de fabricação, o endereço da empresa proprietária, a quantidade do conteúdo e os sinais de alerta (de inflamável, etc.). Olhei no fundo no vidro, e nada também.

A marca tem 60 cores de esmaltes, entre cremosos e cintilantes/perolados, mais 16 kits de 3 cores diferenciadas (com glitter, pastéis, sands, etc.), além de bases e tratamentos.

Eu nunca tinha ouvido falar da marca, e procurando no Sr. Google, encontrei bastantes reloginhos, e no Facebook achei a fanpage deles.

Carrot Cake - Rare2

Dessa marca só comprei mesmo esta cor, porque achei linda e porque para mim bastava ter somente um exemplar para a coleção. Além do mais, eu não tinha como experimentar na hora e ver se tinha boa cobertura, então, na dúvida, foi um vidrinho só, mesmo.

E não tive como não olhar esse laranjão e fazer uma carimbada que eu tinha já pensado com essa cor. Carimbei com o esmalte Color Foil Liquid Gold da Sally Hansen usando a DRK XL Designer 1.  Achei mega chique!!! ❤

Carrot Cake - Rare

E ontem fui passear com Thais (minha inquilina e mais nova amiga) em Nova Friburgo, que fica a 2 horas de viagem de Macaé. Ela queria comprar umas lingeries pra ela, e eu estava com vontade de comer no Braun Braun, que é um restaurante alemão/suíço (nacionalidades colonizadoras da cidade) onde eu sempre vou, que fica no caminho entre Friburgo e Mury.

Friburgo 1

Friburgo é relativamente perto de Macaé, mas a viagem demora mais porque é uma serra tão cheiiiiiiia de curvas, que não tem como andar a mais de 40 km por hora em longos trechos da estrada.

Demos uma paradinha para tirar uma foto do mirante sem-vergonha que tem no caminho, de onde só dá pra ver a cachoeira ao fundo e bem longe, hehehehe (na ponta da seta vermelha, na foto acima). E mais um pouco à frente, paramos em uma ponte, de onde pudemos tirar uma foto mais bacaninha do rio, que é bem bonito. Ele tem trechos bem mais bonitos do que esse, mas não ficam à mostra para as pessoas na estrada (eu sei disso porque tenho conhecidos que têm sítio à beira do rio).

Friburgo 2

Para quem não sabe, em Friburgo está um grande pólo de lingeries, camisolas, pijamas, e malhas de ginástica. Centenas de sacoleiras vão diariamente comprar peças (geralmente moda íntima, lindíssimas) para revender em suas cidades. O chato é que o comércio no sábado fecha depois de meio-dia, uma da tarde, não sei ao certo.

Chegando ao pólo, estacionamos o carro e começamos a andar pelas lojas. Eu ia atrás da Thaís, porque só estava mesmo acompanhando. Como eu disse antes, não queria comprar nada. Mas não tardou e logo lembrei como é difícil ir embora da cidade de mãos abanando…

Vi umas camisolas divinas e esplendorosas (não sei o nome do tecido – microfibra???). O tecido é como uma lycra, só que mais fininha e com caimento de seda, mega gostoso e macio; um espetáculo. Acabei não resistindo e comprei 5 camisolas dessas (uma está fora da foto). E para quem gosta de pijaminhas de shortinho, também tinha nesse tecido. Mara!

Friburgo 12

Assim que compramos o que queríamos, fomos direto para o Braun Braun, que fica a pouco mais de 2 km do pólo de lingeries.

Friburgo 4 - Braun Braun

O Restaurante é mega aconchegante e perfeito para casaizinhos (não foi o nosso caso, hhehehehe), principalmente no inverno. Além de ser um lugar mega gostoso, a comida é ótima, e para quem ama cerveja (não é o meu caso), há mais de 150 tipos de cerveja no restaurante, entre nacionais e estrangeiras. Nem preciso dizer que lembrei dos meus amigos niteroienses amantes de cerveja, que fizeram falta no passeio!

Friburgo 6 - Braun Braun

Friburgo 11 - Braun Braun Friburgo 10 - Braun Braun

Friburgo 3 - Braun Braun

Há bastantes opções de entradas e pratos principais, sendo que os mais pedidos são, sem dúvida, as especialidades da casa, que são os pratos alemães e suíços.

Friburgo 5 - Braun Braun

De entrada, pedi uns bolinhos de carne divinos, que esqueci o nome, e linguicinhas de javali.

Pausa: Diga-se de passagem, em Friburgo há outro restaurante que serve carne de caça, e que é igualmente muito maneiro de visitar, porque a dona é uma especialista em sobrenomes de famílias (árvores genealógicas), e fabrica brasões. Esse lugar legal se chama Távola Pousada e Restaurante Medieval, e como sugere o nome, lá dentro a gente realmente se sente em outro tempo. Veja, abaixo, algumas fotos que tirei de lá, em alguma das vezes que fui lá.

Friburgo 15

Alguém conhece a menina acima? – Aliás, descobri sem querer que o Trip Advisor está usando a foto de minha autoria (abaixo) no perfil do restaurante, aff!

Friburgo 14

Voltando ao Braun Braun, eis a nossa entradinha.

Friburgo 7 - Braun Braun

E esse foi o prato que eu pedi: lombinho de porco ao molho de páprica com batata rosti, que comi acompanhado da maior caipivodka de lima-da-pérsia que já tomei na vida (uma taça imensa).

Friburgo 8 - Braun Braun

 Friburgo 9 - Braun Braun

Como sempre, estava tudo delicioso, e não sobrou espaço nem pro strudel de maçã. Só encerrei com um espresso, e saímos “rolando”, em direção a uma lojinha na estrada, onde Thais queria comprar queijo. Na loja tinha várias coisas legais: chocolates, biscoitos amanteigados, geleias, strudels, bolos, pães de mel, chutneys, os deliciosos sabonetes, xampus e condicionadores de leite de cabra da marca Suavitrat, além das essências Ubon, ambas as empresas sediadas em Nova Friburgo.

Obviamente eu não podia simplesmente ir embora sem levar da loja um strudel de maçã, já que não comi no restaurante. Esse strudel, comi hoje, quentinho e com sorvete de creme. Delicioso, com açúcar no ponto, sem ser enjoativo. Hmmmmmmmmmmm

Friburgo 13

Bem, meninas, vou nessa. Não trabalhei o findi inteiro, mas amanhã não tenho desculpa. Boa noite a todas.

Bjins

Adri 😀

Advertisements

Sobre Adri Portas

Tradutora, Blogueira e Filósofa (da vida)
Esta entrada foi publicada em Carimbo, Esmalte importado, Swatch, Viagem com as etiquetas , . ligação permanente.

10 respostas a Carrot Cake – Rare

  1. Karen diz:

    Qual o nome da loja que você comprou as camisolas ? rs
    Adoro esse tipo de cor pra esmalte, quando uso fico me achando linda rs
    Aaah e eu moro em Nova Friburgo, é uma cidade bem legal, cheia das delicias da serra rs

    • Karen, a loja é uma das últimas da esquerda no PONTO 1 LINGERIE SHOPPING, perto da rodoviária. Acho que é a quarta loja da esquerda para a direita. Não sei o nome, infelizmente.
      Bjins
      Adri

  2. jubaoli23 diz:

    tava preparando o psicológico pra ver um delicioso bolo de cenoura, com cobertura de chocolate e não um esmalte lindo desses^^
    mas aí “fomos surpreendidos novamente”: fiquei com água na boca vendo os pratos e principalmente essa sobremesa 🙂
    gostei das estampas das camisolas e parecem bem fresquinhas para as noites quentes de verão. Um saco esse lance da foto :S

    bjs

  3. LIZ TENORIO diz:

    Adri, suas unhas são lindas! Parecem ser de acrílico. Todos os esmaltes ficam lindos nelas.! Adoro quando recebo os seus e.mails! Um abraço

    • Oinnnnn… Obrigada Liz! São comentários assim que me deixam sempre mais estimulada a mostrar coisas bonitas aqui.
      E só Deus sabe como demoram a ficar bonitas. Preciso de muita disciplina, hehehehe
      Beijo e ótima semana pra ti, amore.
      Adri

  4. Adri adorei seu esmalte laranja!!!
    ele não é chamativo, tem um tom meio pastel lindo
    conheço Nova Friburgo e é lindo, vc fez um passeio maravilhoso!!!!!
    bjos
    http://unhassemfrescuras.blogspot.com.br/

  5. daisygaray diz:

    Adorei a cor do esmalte, mas eu compraria dois…meu TOC exige no mínimo dois de cada marca! Não imagina a ansiedade que tenho com meus “filhos únicos”, tadinhos…
    Que amor as camisolas, parecem vestidinhos de praia, amei! Morei dois anos em Santa Cruz do Sul, cidade de colonização alemã e não gostava da comida típica. Sempre parecia que tinham esquecido de algum tempero, além de basearem os pratos em carne de porco, que eu não como. Mas strudel é de chorar de tão bom, além das cucas maravilhosas, com coberturas divinas! O melhor mesmo é o passeio e a boa companhia, né?
    Beijos e boa semana!

  6. danakscully diz:

    A nova Vanessa curtiu o esmalte!!! hehe
    A carimbada lógico que ficou mara, né? Eita mulher boa nisso!
    E que lugar liiindo! Você mora mal, ein? Perto de Búzios, perto desse outro paraíso, eita coisa boa!
    Eu também gosto de comer em restaurantes de comida alemã, ao menos dos brasileiros! rs
    Beijinho e bom rabixo de domingo,
    Van

Obrigada pela visita e pelo seu comentário!!! <3

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s