Sabonete de Limão Siciliano – Phebo

Neeeeeem pensar tiro meu salve-salve Superior das unhas. Estou babando tanto esse esmalte que vou tratar de colocar os da Up Colors que a KK elogiou muito tambem, depois que esse lindão deixar minhas unhas.

Então, como não tem reloginho hoje, eu resolvi falar aqui sobre um assunto que talvez muita gente não saiba.

Antes da Gabi viajar e minha empregada tirar a semana de férias, “dei uma comida de rabo” nela (a empregada), porque ela tem a maior vida mansa aqui em casa, mas há meses vinha dando furos.

Ela está conosco há uns 12 anos. Praticamente é da família. A confiança nela é total e eu gosto muito dela. Quando a contratei, Gabi tinha uns 4 ou 5 anos. Contratamos para que trabalhasse somente 6 horas por dia, e, em teoria, tem sido assim nesses 12 anos de trabalho. Na época eu trabalhava fora e não tinha muito tempo pra coisa nenhuma. Enfim…O combinado seria que ela entrasse às 7h e saísse as 13h, horário esse que mudou há alguns anos, pois ela nunca chegava às 7. Então passou (não lembro em que ano), para 8 às 14h. Só que ela também não chegava mais às 8. Vinha chegando quase às 9 e sempre saía bem antes das 14h, ou seja, não trabalhava mais as 6 horas que tinha que trabalhar. Venho observando isso há meses, e, vendo a casa com muitas coisas por fazer/limpar, e tendo nossas roupas levando cerca de 3 semanas para voltarem limpas para as gavetas, resolvi dar um basta nisso. No dia antes de ela sair de férias eu botei pra fora tudo o que me insatisfazia. Ela, obviamente, chorou, como qualquer pessoa chora quando leva uma bronca do chefe. Eu mesma já levei bronca de chefe, mas sei também que eu sempre fui uma pessoa competente, só que, depois de muito tempo fazendo a mesma coisa todos os dias, a gente fica meio relaxada e faz o trabalho “nas coxas” (para quem não conhece o termo, eu vou explicar sua origem, depois). Às vezes é preciso alguém sacudir a gente de uma forma desagradável assim pra gente parar e pensar no que estamos fazendo errado.

Quando eu chamava a atenção dela, eu sempre falava meio em tom de brincadeira, e esse foi o meu grande erro. Eu tinha que ter falado sério e não brincando, deixando a coisa chegar ao ponto que chegou.

Falei com ela que eu pago o salário dela para que ela tome conta da casa pra mim, que faça o serviço que eu não posso fazer, já que estou trabalhando para pagar o salário dela (também). Disse que não admitia EU ter que inspecionar a casa e mostrar pra ela o que ela tem que fazer, se tanta coisa está NA CARA. Não aceitaria mais ela me “roubar” pelo menos uma hora por dia de trabalho, chegando meia hora depois e saindo meia hora antes do combinado, vendo tanta coisa na casa por fazer.  Primeiro pôs a culpa no ônibus, que chega tarde aqui. E eu respondi que havia duas soluções: ou ela saísse de casa mais cedo para pegar o ônibus anterior, ou saísse da minha casa uma hora mais tarde, às 15 h. Como ficou sem argumento, disse: “Mas sou eu sozinha pra fazer um monte de coisa!” E eu respondi, “Sim, mas se você pegar as 5 horas por semana que você me rouba, você conseguiria safar pelo menos a metade das coisas que você deixa pra trás sem fazer; e mesmo que não consiga fazer em uma semana, você tem um mês inteiro pra fazer, pois você recebe salário para trabalhar por 4 semanas!” Depois, acrescentei que não me incomodaria de ser roubada uma hora por dia, desde que ela não se incomodasse de receber o salário com menos 20 horas não trabalhadas no mês. Obviamente ninguém quer ficar sem o din din, né?

Sei que fui um rígida, mas não aceito desculpas esfarrapadas. Eu assino a carteira dela como determina a lei. Eu tenho direito de descontar o INSS dela e não desconto. Igualmente, não desconto os dias em que ela falta para ir a médico. Convenientemente, ela vai ao médico de manhã, por que não vai à tarde depois que sair da minha casa????

Então, há uma série de coisas que envolvem uma empregada doméstica, e esse é um assunto muito sério. Quem tem empregada doméstica precisa ficar atenta a uma série de coisas.

As minhas aulas de direito trabalhista na faculdade me ajudaram muito a entender muitas coisas.

Primeiro, é essencial que haja um contrato de trabalho estipulando os deveres e obrigações de ambas as partes, que, obviamente, têm que estar dentro das leis trabalhistas. Uma empregada doméstica deve trabalhar 8 horas por dia, inclusive em um dia do fim de semana, devendo ficar de folga preferivelmente aos domingos.

O salário mínimo para empregados domésticos NÃO É IGUAL AO SALÁRIO MÍNIMO NACIONAL. O salário de doméstica é bem maior, e cada estado tem um piso salarial diferenciado para empregados domésticos. O empregador deve pagar mensalmente o INSS da empregada, e tem direito de descontar uma parcela desse valor do salário da empregada. Não é obrigatório fazer um Fundo de Garantia para a empregada. Isso deve ser tratado em comum acordo no ato da contratação, e tem que estar estipulado no contrato de trabalho. Mas caso a empregada opte pelo FGTS, é descontado o valor integral do seu salário, que é depositado na conta do FGTS. Empregada doméstica tem os mesmos direitos a vale transporte (ou equivalente em dinheiro) férias, licença maternidade, indenização por acidente de trabalho, inclusive de trajeto (caso se acidente indo para ou voltando do trabalho) e outros que a lei trabalhista assegura ao trabalhador.

Inclusive, quem tem faxineira/diarista que frequenta a casa sempre no(s) mesmo(s) dia(s), pasmem, tem que ter carteira assinada TAMBÉM, mesmo que ela não trabalhe todos os dias da semana. E no meu caso, a opção de ela trabalhasse só 6 horas por dia não me dá o direito de reduzir o salário mínimo pelas duas horas a menos de trabalho por dia. Mas é claro que se ela não cumpre o horário combinado, isso me dá o direito até de reclamar na justiça, desde que eu tenha como provar que ela não cumpriu a sua parte do trato.

Empregada doméstica é a categoria de trabalhador que mais facilmente consegue ganhar na justiça uma ação trabalhista, pois o que mais tem aí é patrão fazendo coisas que fogem à lei. A começar pelo pagamento do salário no valor do salário mínimo nacional. Se ela souber que tem direito a um salário maior do que o “mínimo normal” e colocar o patrão na justiça pela falta de pagamento por anos a fio, é caixão e vela preta! Sua dívida será linda.

Eu, graças a uma boa assessoria, sempre mantive tudo “nos triques”. Faço tudo certinho pra não dar chance de me lascar no futuro. Então, se eu faço tudo certinho, não acho que ela tenha o direito de não cumprir sua parte do acordo, firmado há 12 anos atrás.

Se você tem uma empregada, fique atenta a essas coisas, pois você pode estar cavando sua sepultura e não sabe.

E quanto ao “nas coxas”, ao contrário do que todo mundo pensa (pornografia), esse dito popular vem do fato de que na época dos escravos, as telhas das casas eram modeladas em uma fôrma bem original, as coxas das escravas. E como a fôrma (pode ser com ^ ou sem) era de carne e osso, uma telha nunca saía igual à outra. Então, o “nas coxas” é sinônimo de “imperfeito – de qualquer jeito – a bangu, rsrsrsrsrs”. Pastora Adri também é cultura!!!!

Mudando de assunto, o intervalo entre 13:30 e 15 horas é sagrado pra mim. É o horário em que o carro dos correios passa, hehehehe. Então eu sempre fico de olho, e abro na área de trabalho do meu computador a janelinha do meu sistema de câmeras pra ficar de olho na hora que ele chega e descer correndo, até porque o raio do homem é rapido demais da conta. De repente, vi um carrinho amarelo se aproximando, e desci disparada, mesmo antes dele tocar a campainha. E adivinhem o que chegou!!!!

Gente, eu nem tive muita paciência não. Saí rasgando tudo parecendo uma esfomeada abrindo um pacote de comida. Quando dei a primeira cafungada fui nas nuvens e fiquei lá um pouquinho.

Melissa, você tinha razão, o cheiro é simplesmente magníííííífico! Não chega a ser o MESMO cheiro que o meu tão inesquecível Spree, mas é bem parecido, viu? O Spree tinha o cheiro beeeem mais forte. Não que o Phebo tenha o cheiro “apagado”, não. É que o Spree era muito mais concentrado mesmo.

Cheguei até a cheirar de olhos fechados, pra ver se eu me transportava em memória para meus bons tempos, e quase cheguei lá!

Adivinhem o que eu fiz logo em seguida? Não precisa ser muito inteligente pra adivinhar que eu fui correndo pro banho, o que foi muito bem vindo, já que hoje está um calor dos infernos. Me sinto como um urso polar se sentiria no Saara, totalmente deslocada. Não nasci para o calor, já disse isso aqui. E ainda tem gente que me chama de louca por amar “frio de neve”.

Mas ninguém nunca está mesmo feliz com o que tem. Os gringos que moram nesses países muito frios se acabam de felicidade quando vêm ao Brasil, não só pelo clima, como também pela fartura de comida e de gente “pelada” nas praias.

Ahhhh, por falar em gringos, eu jantei ontem com aquela minha amiga norueguesa. Ela tem vindo com muita frequência ao Brasil agora, hehhehehe. Pelo menos, só assim eu consigo me arrumar, calçar um sapato de salto alto e me maquiar, coisa que até algum tempo atrás eu odiava fazer, já que estou completamente cegueta. Não tem nada pior do que a gente querer se pintar sem as “ferramentas adequadas” e depois uma amiga sua dizer que está tudo borrado. Graças a Deus nunca passei por esse vexame, mas antes que pudesse passar eu tratei de comprar um daqueles espelhos que amplia 250 milhões de vezes e que tem luz. Meus problemas de “ceguetice” acabaram depois que passei a usá-lo. Vejo até o interior dos poros, uhauhauhahuauha.

Aproveitei pra fotar meu “chiqueirinho de quase beleza”, uhauhauhahuuhauah Vejam o espelhinho de ampliação iluminado super-mara! Comprei na Macy’s em NY, em janeiro do ano passado, pela bagatela de 80 dólares. Foi a melhor compra que fiz nessa viagem. Lembro de ter procurado aqui no Brasil, mas era caro demais. Preferi comprar lá fora, onde tudo é mais barato.

Alguém consegue enxergar a boneca de bijouxs? uhauhahuahuahuahu E antes que se perguntem, meus perfumes todos ficam no frigobar. Se deixar nesse calor estraga tudo (só tem um desgarrado ali atrás do espelho, que fiquei com preguiça de guardar). E ali atrás, eu, escondida no reflexo do espelho, hehehehe.

Voltando ao banho, eu adorei o sabonete, e acho que eu sou a única pessoa na face da Terra que tem 5 sabonetes diferentes dentro do box, uhahuahuahuahuahuahuahu. Liga não!

Podem comprar o sabonete sem medo, gente, porque vocês vão cacar como eu cakay ao cubo!

Quando eu comprei os sabontes, ao fechar o meu pedido eu tinha direito a escolher duas amostras. Escolhi, então, a amostra de PERFUME da Isabela Capeto (daquela linha que recentemente coloquei um post aqui, sobre o aromatizantes de ambiente), e amostra do talco cremoso antisséptico da linha Pink).

O perfume tem um cheiro BEM amadeirado e levemente adocicado. Não é enjoativo. Como aromatizante de ambiente (em forma de vela) deve realmente trazer um ambiente bem zen, principalmente se rolar umas velinhas.

É isso então, meninas. Eu tenho outra BF legal pra postar, mas vou deixar para o próximo dia sem reloginho!

Bjs

Adri

Anúncios

Sobre Adri Portas

Tradutora, Blogueira e Filósofa (da vida)
Esta entrada foi publicada em Bobeirinhas Familiares com as etiquetas . ligação permanente.

5 respostas a Sabonete de Limão Siciliano – Phebo

  1. Que saga pelo sabonete hein????? Até fechei os olhos para imaginar o cheirinho…kkkkkkkkkkkkkkkkkk

    Eu tb tenho váários sabonetes no banheiro…amoooo!!!

    Teu banheiro é bem como eu imaginava!!!!Mas não sabia dessa questão dos perfumes no frigobar…Essa é nova p mim…..

    Cara a minha mãe nunca permitiu que nenhuma faxineira / diarista pisasse aqui quanto mais empregada…..Sabe como são portugueses né….Sobra muito mais trabalho para eu fazer o que……..

    Bjs

    • Ai o sabonete é um troço mesmo. A Melissa passou o serviço certinho, hehehehe
      Se eu tivesse que cuidar da minha casa eu estava frita, porque são uns 260 m² de area pra limpar. Eu morria!
      E perfume foi feito pra sobreviver em climas frios. Não aguentam o calor do Brasil. Guardar na geladeira faz com que eles durem muito mais tempo e não fiquem com aquela morrinha de velho.
      Bj
      Adri

  2. Adri, to louquinha também por este sabonete!!!!!! Vamos ver se animo pedir pelo site….. queria a colonia também, mas vi que tá esgotada!!!! Ontem pedi pela bela glamour a coleção da risque tecnology vamos ver se os produtinhos serão bons… pelo menos os vidrinhos são bonitinhos….huhuhuhuaaaaaaa…….. com relação a placa, apenas votei, mas como já tenho a minha maravilhosesima… não coloquei o e-mail!!!! Bjus.

  3. Ai Adri sei bem como é ter funcionários, vi a mãe penar mais de ano atrás de uma empregada competente, visto que a fixa engravidou de gêmeos e teve que sair… é cada uma que aparece… até eu que sou meio matona na limpeza, consigo limpar melhor que muitas que por aqui passaram…

    Fiquei curiosa pela fragrância do perfume… embora eu não curta cheiros puxados para o amadeirado/cítrico…

    Beijos e desculpa pelo sumiço, mas estudo pro concurso é fogo!

Obrigada pela visita e pelo seu comentário!!! <3

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s