Vidros de Esmalte Vazios

INSCREVA-SE NO NOSSO BLOG E RECEBA ATUALIZAÇÕES SOBRE NOVAS POSTAGENS

Em toda coleção de esmalte, tem sempre aquele pobre-coitado que fica largado num canto, envelhecendo, engrossando, rejeitado porque outros esmaltes mais “sarados” ou “gostosos” invadiram o seu espaço e fizeram ele cair no esquecimento. Ou então tem aqueles vidros de Renda, ou Paris, que já estão no final, e que você já comprou um novo pra substituir (Esse, por exemplo, é o meu caso; eu só pinto as unhas do pé com Paris, porque a mão eu pinto de tudo que é cor (à exceção das cores fluorescentes) mas não consigo me ver com pé colorido de jeito nenhum. Acho que não combina comigo. Meio nonsense, eu sei, mas, c’est la vie…).

Antigamente eu não tinha a mínima dó de atirar os vidros de esmalte no lixo. Hoje, olho para os vidrinhos quase acabadinhos cheia de más intenções, afinal, são potenciais portadores dos meus Frankens (misturinhas caseiras).

Vou explicar aqui como faço para reaproveitar os vidrinhos, caso eu não vá usá-lo imediatamente para fazer alguma mistura, aproveitando o pouco de esmalte que estiver no fundo.

1) Retire a tampa, e com um cotonete ensopado de acetona, limpe por dentro da rosca da tampa para retirar qualquer eventual excesso de esmalte;

2) Com um algodão embebido em acetona, limpe a rosca do lado de fora do vidrinho. Com o mesmo algodão, enrole a ponta do pincel para ele não endurecer enquanto você faz as outras etapas;

3) Se for pouca quantidade que estiver no fundo, emborque o vidrinho em um chumaço de papel higiênico, ou papel toalha, para esvaziar bem o vidro;

4) Depois que escorrer alguns minutinhos, despeje uns 2 cm de acetona dentro do vidro, e recoloque a tampa;

5) Sacuda bem para dissolver o esmalte do vidro e do pincel. Se precisar, esfregue o pincel na parte de dentro do vidro, molhando na acetona;

6) Jogue a acetona fora e coloque mais um pouquinho de acetona nova para “enxaguar”, e não precisa mais tirá-la de dentro até que vá usar o vidro;

7) Caso o vidro tenha ficado sujo por fora, limpar com um algodão e acetona.


Na foto, você pode perceber que a acetona (azul) está meio leitosa do esmalte Paris que tinha no vidro. A acetona não precisa ficar transparente. A ideia é tirar só o excesso de esmalte do vidro, para poder aproveitá-lo.

Para fazer coisas assim, é preciso ter bastante acetona em casa, senão ela pode acabar, e quando vc quiser usar, babau! Eu tenho sempre uma garrafa de 500 ml em casa, e quando vai acabando sempre compro outra; nunca deixo acabar de vez.

Anúncios

Sobre Adri Portas

Tradutora, Blogueira e Filósofa (da vida)
Esta entrada foi publicada em Dicas, Você Sabia? com as etiquetas . ligação permanente.

Obrigada pela visita e pelo seu comentário!!! <3

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s