Top 10 de 2011 da Nina

Oi gurias!

Que tal foi o domingo de vocês? O meu foi ótimo. Passei o dia “pra fora”, renovando as energias na natureza…

As gurias que possuem Flickr já devem ter visto (quem sabe até participado) que está rolando por lá uma tag, pras “taggeadas” elegerem os seus 10 esmaltes favoritos de 2011. Achei a ideia legal e resolvi mostrar pra vocês o meu top 10. Aliás, sintam-se “taggeadas” também pra nos contar nos comentários os esmaltes preferidos de vocês desse ano que termina (e como passou rápido esse ano, hein?!)

Bem que podia ser o “top 11 de 2011″ hehe, pra gente ter como incluir mais um vidrinho. Puxa, escolher apenas 10 é tão sacrificante… foi bem difícil ter que deixar outros lindos de fora da listinha.

And the Oscar goes to… Os meus 10 eleitos desse ano foram os seguintes:

Como a maioria deles já apareceu aqui no blog, eu coloquei os links pra vocês viverem um momento flashback. Como diz a Adri, recordar é viver!

Da esquerda para a direita:

1. China Glaze, L8R G8R: o holográfico mais lindo que eu já usei (e como o usei…). É, sem dúvidas, o meu holográfico preferido, por ter o prisma mais destacado. Já apareceu no blog aqui e aqui. O meu precisa ser usado com a Aqua Base da Nfu-Oh, pois adora descascar loucamente em pouquíssimas horas, e sem esforço algum. Mas creio que seja um problema específico nesse lote, porque os outros holográficos da China Glaze que eu tenho não descascam desse modo.

2. China Glaze, Frostbite: meu azul mais “diferentoso”, é um escândalo. Só vendo ao vivo pra entender do que eu estou falando (Dory, tu já providenciou o teu? hehe). Já apareceu aqui. Faz o maior sucesso quando uso. Tem o inconveniente de ter um cheiro estilo “pepe le gambá”, como bem nomeou a Deise. Mas bolei uma teoria de que é devido ao pigmento, porque eu tenho um Revlon da linha Top Speed, o Royal (que é um azul escândalo), que também tem esse mesmo “perfume”. Apesar disso eu super recomendo a cor, pois é mesmo hipnotizante. E o tal cheiro só dura o tempo do esmalte secar e, acreditem, ele seca beeeem rápido, de modo que o fedor (que não é insuportável) dura pouco tempo.

3. Hits, Hefesto: top coat perfeito. Amo um esmalte holográfico e esse top coat pode realizar todos os nossos desejos de cores holográficas. Já apareceu aqui e aqui. Mas ele tem um porém: eu acho que ele demora pra secar. Sem falar que o meu parece meio grossinho. Pra vocês terem uma ideia, eu coloquei DUAS esferinhas dentro do vidro e, quando eu chacoalho o dito cujo, elas não fazem nenhum barulho. Muito estranho.

4. Hits, 364: roxo que quer ser azul (ou seria o contrário?). Outro esmalte escândalo que faz sucesso. Espero que seja eternamente fabricado, pois quero estoque dele pra vida toda. Ele já apareceu aqui, mas com um glitter por cima. Pra mostrar pra vocês ele puro, eu “resgatei” uma foto dele aqui do meu HD. Ele é mais roxo do que azul, mas na foto ele parece mais azul… enfim, eu preciso mesmo é de uma câmera DSLR hehe. #digamAmém (Amém: Adri)

5. Ludurana, Show: multichrome lindo demais, com direito a perfuminho e tudo, hehe. Aqui ele representa todos os multichromes nacionais. Ainda não consegui usar os Hits, mas tenho certeza que estariam nesse top 10, especialmente o Trendy, que me fez cair de amores. Infelizmente, quando usei esse dyvo, eu esqueci de fotar (é, um erro indesculpável), mas se vocês pesquisarem por ele no Google Images vão ter uma boa noção do quão cacante ele é.

6. Revlon, Beach: verde-lima, mas que tem gente que jura que vê dourado. Enfim, pra mim ele é verde. Já apareceu aqui. Mais um que causa furor por onde passo. Tem um cheirinho bem suave. Gostei de usá-lo nos pés também, pois ficou bem verão, hehe.

7. Revlon, Ocean Breeze: ele tem um leve efeito duo de verde com azul e também é perfumado, mas o cheiro dele “invade o ambiente”, bem diferente da suavidade do Beach. Mas o esmalte é tão lindo que a gente ignora esse detalhe. Gente, não é um cheiro insuportável, eu acho até bem gostosinho, mas pras mais sensíveis a cheiros, pode ser meio desagradável. Já apareceu aqui.

8. Passe Nati – Sabrina Sato, Festa: azul lindo. Às vezes parece verde, mas é azul, apesar das fotos teimarem em mostrar o contrário hehe. Já apareceu aqui. Preciso fazer uma comparação dele com outros vidros parecidos que tenho no escaninho.

9. Saloon, Fenix: o esmalte cremoso mais lindo que eu já usei (aliás, ele é o único cremoso desse top 10, repararam?). Difícil explicar a hipnose que ele causa. Tenho certeza que as gurias que o possuem poderão me ajudar a explicar melhor isso. Já apareceu aqui. Preciso muito testá-lo com o Hefesto…

10. Sinful Colors, Let’s Talk: roxo bapho, que também faz bastante sucesso. É uma das cores que eu repeti bem, considerando a quantidade de cores que tenho por usar ainda… Nos pés eu achei coisa de louco (é Adri, pode torcer o nariz e fazer cara feia, hehe). Já apareceu nas mãos e nos pés. Meu sonho era que ele fosse igual ao Avalon, da A England, que tem me arrancado muitos suspiros, pela lindeza. #shonhomeu…

Bom gurias, esses são alguns dos meus escolhidos, porque é óbvio que não são só esses míseros dez.  Não teria como ser só isso, especialmente pra uma pessoa indecisa como eu. Fiquem à vontade pra nos contar o top 10 de vocês.

E não esqueçam de cobrar da Adri o top 10 dela.

Aff, eu já estava me esquecendo de mostrar pra vocês o que eu vi “nos pra fora”. Na seção Bobeirinhas Familiares de hoje tem… um lagartão! Quem tem pânico de lagarto, se segure na cadeira, hehe.

Eu tenho pavor de lagartixas (sério, de passar mal mesmo), imaginem só de um lagartão desse! Mas o danado era bonito, tenho que admitir. Sem falar no “andar” dele, muito engraçado de ver. E quando o bicho resolve correr?! Gente, ele é muito rápido! Eu queria filmar, mas não tinha qualquer chance de eu conseguir fazer isso, porque não tinha como acompanhar o trote da criatura. E o medo que ele enveredasse e viesse pro meu lado?!
As fotos parecem que foram feitas de perto, mas isso é porque o zoom foi ao máximo. E, na segunda foto, em que a máquina estava mesmo mais perto do bicho, a fotógrafa não fui eu, e sim meu corajoso primo, ahauahuahau.

Beijos e boa semana pra todas nós,
Nina