So Much Fawn – Sally Hansen

Tarde caliente, meninas!

A terrinha está tal qual a caldeira do inferno. Sopra uma brisa relativamente fresca pela janela do meu escritório, mas a dita não está sendo suficiente para conter o suadouro. A vontade é de ir pro ar condicionado no meu quarto tamanho o nervoso que esse calor dá.

Aliás, por falar em nervoso, estou com os nervos à flor da pele. De repente deu um panicozinho sobre amanhã. Uma mistura de “Meu Deus o que eu vou fazer!?!?!?” com “O que farei se a “química” estiver de férias!?!?!?“. Não sei como agir. Não sei o que falar. Medinho de tudo dar errado e eu ficar no Rio sem ter o que fazer e sem carro! Medinho de dar certo e não saber o que fazer daqui pra frente. Estou tomada por apreensões, receios e medos. Sou a insegurança em pessoa. Socorrinho!

Fico pensando nos motivos que causaram as separações dele. Se as ex-esposas (2) tiveram lá seus motivos. Afinal de contas, um homem pintoso como esse não é de se jogar fora. E o fato de estar sozinho é meio de se duvidar. Há uma família inteira de pulgas atrás da minha orelha.

Amanhã pego meu voo às 7:45 e chego no Rio às 8:45.  Se o mundo não acabar, eu vou ver se consigo falar alguma coisa a respeito ainda amanhã, uhauhauhuhahuahua, pois sei que muitas devem estar roendo as unhas, como eu, pra saber no que isso vai dar; se será uma experiência de sucesso ou fracasso total, heheheh.

Para a alegria de UM, se for um fracasso, ainda assim terá valido a experiência. Tornarei à estaca zero, e continuarei “no trato”, esperando algo cair do céu, rsrsrsr.

E com medinho de colocar alguma cor chegay e “espantar a caça”, uhahuahuauhhuahua, eu coloquei um esmaltinho discretinho: o SO MUCH FAWN, da Sally Hansen.

KK trouxe pra mim de presente de niver da penultima vez que foi aos States. A cor é bastante parecida com o Beige Glamour da Bourjois, e já fez sucesso na rua hoje.

So Much Fawn - Sally Hansen5

So Much Fawn - Sally Hansen

So Much Fawn - Sally Hansen2

So Much Fawn - Sally Hansen3

So Much Fawn - Sally Hansen4

Tem uma cobertura ótima. Se passar uma camada generosa, não precisa de uma segunda; mas eu passei, como sempre. Finalizei com o Brilho Cristal.

Mesmo estando queeeeeente pra caramba, nada de bolinhas! E esse nude/mauve é tudo de lindo!

Unhas cotoquettes e sem graça. Mas com otimismo chego lá!

Beijos, ninas!

Adri =|||

Plum’s the Word – Sally Hansen

E aí, mores, sentiram minha falta? uhahuahuauhahuhuauha

Vocês podem zoar à vontade. É como viciado em álcool, a gente sempre diz que aquele foi o último trago. Mas não tem jeito. Se não tiver força de vontade ou pessoas ao seu redor te incentivando a largar, você acaba fraquejando.

Dona Gabriela faz o favor de ficar como mosca de padaria em cima de mim, me azucrinando pra eu pintar as unhas dela, então já que parei, aproveitei pra fazer as minhas unhas também, pois estava já ficando agoniada.

As unhas dela, eu pintei com um dos cromados que Day mandou, o Luz Negra. Mas ó, que surra tomei com esse esmalte. Ele é super charmoso, mas chatiiiiiiiiiiiiinho de limpar que é um troço, viu. Até usei a acetona com cheiro de morango que Dory trouxe de Boi nos Ares, que ela tinha dito que era um dupe do Expert Touch, mas ó Dory, né não, heim!!! Ele é muito bom sim, para tirar esmante normal; tira bem fácil, mas esmalte com purpurina ou glitter fininho como o Luz Negra da Panvel, não chega perto do ET. Metade das unhas de Mary limpei com a acetona da Dory (Farmacity – cheirinho suuuuuper gostoso), e a outra com o ET, que foi mais rápido, mas não menos pior.

Enfim, não vim aqui pra falar da Gabi. O post dela eu já avisei que ela que vai ter que fotar e preparar. Só tomei tempo mesmo pra fazer o meu, e vapt-vupt.

Eu até queria colocar o outro cromadinho que Day mandou, mas a surra que tomei com o Luz Negra me desanimou. Então, eu resolvi colocar um esmalte comum mesmo, pra ir mais rápido. Esse esmalte foi um dos meus primeiros importadinhos, que comprei em Nova York em janeiro do ano passado, quando ainda não era “da igreja”. Se fosse, naquela época, eu teria trazido mais esmaltes do que os 64 que trouxe de Santa Monica em Julho também do ano passado, uhauhauhauhahuahuahu. Nova York é O lugar pra comprar qualquer coisa!

Enfim, o esmalte de que estou falando é o PLUM’S THE WORD da linha Complete Salon Manicure da Sally Hansen. Resolvi passar o dito-cujo porque Dory trouxe um da mesma marca lá de BA, e bateu uma sessão nostalgia no meu peito (tocando música boêmia de fundo) quando vi o vidrinho lindjo da SH. Lembrei logo daquela prateleira enoooooooooooooooorme com todas as cores da linha, perto da 38 em Nova York, onde comprei esse. Eu fiquei tão na dúvida (olha que não era esmaltarada ainda) que fiquei agachada pelo menos uns 40 minutos escolhendo que cor trazer. No fim trouxe só duas, aff!

A grande atração desse esmalte é, sem dúvida alguma, o pincel, que eu considero o melhor de todos que já usei. Além de ser o mais largo que já vi, a ponta dele é arredondada, o que facilita bastante quem faz esmaltação americana, desde que não tenha unhas finas, claro.

Seção BF de emergência:

Enquanto escrevo esse post, um ponto preto ambulante me chamou a atenção, por cima do monitor, do lado de fora de casa, na parede do vizinho. UMA ENORME BARATA! Imaginem com que atenção estou escrevendo esse post, tendo que olhar a cada 5 segundos, já que está escurecendo, com medo da coisa vir na minha direção e entrar pela minha janela. Só falta escurecer cor de breu e eu ter que fechar a janela com o calor desgraçado que está fazendo hoje. Aliás, eu não aguentei hoje, e caí na minha piscina de “PRÁSTICO”. Só faltou a farofa e a galinha.

Por falar em galinha, tivemos que montar uma tenda (já está montada há semanas) sobre a piscina, porque o calor às vezes é tanto, que quando a gente entra na piscina, só falta acrecentar os temperos e o arroz, pra canja, de tão quente que a água fica. Com o toldo ficou bem melhor, porque somente a água da superfície fica quente, e no fundo geladinha, então, quando misturamos, fica uma temperatura ótima. Eu nunca quis ter piscina de alvenaria em casa, porque além do trabalho e despesa enorme que dá, com manutenção durante o ano todo, eu não fico espichada no sol me bronzeando pelos motivos que vocês já estão carecas de saber – E O PONTO PRETO CONTINUA NA PAREDE. Essa piscininha (3000 litros) é bem legal, porque não temos que montar estrutura nenhuma de ferro, que é um saco. Basta encher a borda dela com ar, com a bomba da própria marca (Intex – que vende separadamente), e colocar pra encher. Além disso, ela tem saídas/entradas para você acoplar as mangueiras de uma bomba portátil. Uso daqueles flutuadores 4 em 1, que tem todos os produtos que uma piscina precisa pra ficar limpinha. Dá até pra aspirar o fundo. É show! Super legal! Usando essa piscina de “PRÁSTICO”, quando acaba o calor, eu a guardo na caixa e pronto: é só esperar o próximo verão.

VOLTANDO AO POST:

Eu acho a cor mauve desse esmalte lindíssima. Ele não parece nadinha com o rosa floral da Colorama, por exemplo. Ele tem um tom bem mais ameixa. Pra falar a verdade, não consigo me recordar de marca nacional nenhuma que se pareça com ele. Eu não tenho nenhum.

Fui bem econômica no reloginho, porque a mão que eu costumo usar pra fotar (modelo) eu carimbei. Na verdade, antes de carimbar, eu costumo limpar o esmalte da pele antes pra fotar decentemente, mas como eu estou com pressinha, eu fotei a mão direita, e foi um verdadeiro contorcionismo. Então, não me aventurei muito não. Fiquem somente com essas duas foteeenhas aê.

Agora vou mostrar pra vocês o carimbo que eu fiz, usando o esmalte “cromado” da Up Colors, que Mary também passou em uma mão na mani dela de hoje, para comparar com o Luz Negra, a pedido da Day.

Bem meninas, espero que tenham gostado da aparição surpresa. Amanhã é dia de sorteio. Espero não esquecer, hauauhauhhuauhahuahua

Beijos!

Adri =)))

Magenta Motion – Sally Hansen


Esse esmalte Mary ganhou do amigo, que deu esse e mais um roxo, lindo, conforme eu comentei na ocasião.

Esse esmalte tem uma coisa que eu adoro: o pincel. Os pincéis de algumas linhas da Sally Hansen são os mais largos que já vi. Como as cerdas são bem abertas, é super fácil esmaltar.

Quando Mary chegou em casa com esses esmaltes eu cakay³ (ao cubo). Eu não entendi direito, mas eu acho que a mãe do rapaz não gostou do esmalte (achou a cor chegay demais), e, para nossa sorte, deu pra Gabs, já que ela é famosinha por gostar de esmaltes (Esmaltaradinha). A única coisa que tenho a dizer é OBRIGADA!!!! EU AMAY!!!!!!!!!!!!

A cor na realidade é mais magenta do que na foto. Nessa foto a cor está meio avermelhada. É, de longe, o magenta mais bonito que nós temos. Tem uma cintilância lindíssima, e nas unhas fica uma coisa!

E na Seção BF de hoje, fizemos um ensaio fotográfico com o ZIP, o ex-porquinho-chefe do bando. O irmão dele, o Kiwi, está maior que ele, e agora ele não apita mais em nada no grupo. Quando o Zip quer se fazer de engraçadinho, o Kiwi senta uns tapas nele, e ele então enfia a violinha no saco e fica na dele. Mas ainda continua sendo meu preferido, pois parece uma capivarinha-mirim. No ensaio, Mary costurou um chapéu de Papai Noel, com acabamento em algodão, e colocou na cabeça do Zip, que ficou quietinho sem se mexer, permitindo que tirássemos várias fotos dele para o ensaio fotográfico natalino. Parecia até um boneco, imóvel. Acho que ele estava com medo do chapéu, rsrsrsrsr. Com a foto, faremos uma mensagem de Natal para os amigos. O que acham?

Bjs

Adri =)))

Cuticle Eliminator – Be Natural

Gentem! O que eu pensava ser impossível aconteceu. O Cuticle Remover da Sally Hansen perdeu o seu reinado, pra mim. Eu, que endeusava o SH, e que já testei dezenas de creminhos diferentes para remoção de cutículas (nacionais e importados), finalmente encontrei um produto que desbanca totalmente o SH. Esse produto pra lá de sensacional e cacantíssimo é o Cuticle Eliminator da marca BE NATURAL.

Na foto acima estão os dois produtos. Eu achava o SH perfeito. Após a aplicação (de duas em duas unhas por vez – pois é recomendado que o produto não fique muito tempo na pele), em pouquíssimos segundos ele solta toda a cutícula que fica sob a pele que cobre a unha. Com isso, nem é necessário usar mais o alicate, pois basta raspar com uma BOA espátula e pronto, a mani perfeita está garantida, com cutículas lindas e inteiras, sem o ataque devastador do alicate.

Na minha opinião, a qualidade da espátula é ESSENCIAL para este fim, pois se for uma espátula rombuda, a cutícula não vai sair direito. A minha é da marca SEPHORA. Infelizmente ainda não se consegue dela no Brasil, mas se tiver alguém que vá pros States, amiga, peça ou implore para comprarem pra vocês, caso vocês mesmas não possam ir. É a melhor espátula que já usei até hoje, porque ela é bem afiadinha. E, por conta disso, deve ser usada com cuidado. Não é afiada a ponto de CORTAR, mas pode machucar se não souber manusear com a força devida.

Na minha comparação dos dois produtos levei em conta tudo: consistência do produto, tempo de remoção, facilidade de remoção, odor, embalagem, etc.

A consistência é basicamente a mesma; um gel mais aguadinho, sendo que o BN parece mais aguado (só parece!) porque ele sai com muita facilidade do frasco, já que a abertura no bico do seu frasco é mais larga que a do bico do SH. Mas na verdade é a mesmíssima coisa.

Ambos não têm cheiro e nem irritaram a minha pele. Algumas pessoas dizem que o SH irritou sua pele e o BN não. Mas comigo nenhum dos dois deu problema de irritação nem ressecamento da pele.

Na hora do vamos ver, apliquei um produto em cada unha. Tirei o BN primeiro e saiu com MUITA facilidade. Nem precisei aplicar qualquer pressão com a espátula. Simplesmente soltou e eu praticamente só recolhi a pele com a espátula. Em seguida, retirei o SH, e, comparativamente, apesar de sair muito fácil (em relação aos produtos nacionais) fiz um certo esforço pra tirá-lo (em comparação com o BN), pois tive que aplicar alguma força na espátula pois senti uma certa resistência da pele para sair.

O ponto culminante da comparação custo-benefício, sem dívida ficou por conta do PREÇO x QUANTIDADE DE PRODUTO. O SH custa no Brechó da KK R$ 24,00 (embora esteja em falta no momento), com 29,5 ml no frasco. O BN custa R$ 25,00, R$ 1,00 mais caro, porém, para uma quantidade de 59 ml de produto, ou seja, exatamente o dobro da quantidade do SH. A questão de o SH sair com um tiquinho só de trabalho a mais é totalmente irrelevante, o que equipara os dois produtos em termos de qualidade; mas a questão do preço x quantidade, sem dúvida alguma faz com que o BN ganhe em disparada do SH.

Queridas, corram pra comprar o de vocês, porque eu já garanti o meu. E um frascão desses vai dar pra MUITAS manis, porque rende pra chuchu!!!! Tá arriscado o produto vencer e eu nem ter chegado na metade do frasco. Aproveitem pra ver os produtos que a KK tem por lá, que são de tirar o fôlego e matar os maridos de raiva, rsrsrsrsrs.

Grande beijo!
Adri =)))

Guerra dos Corais

Não é novidade que uma das cores que eu mais gosto é coral. Amo coral de qualquer maneira, sendo que tenho uma quedinha maior pelos de tom mais claro. Recentemente comprei o Grande Atração, da Colorama, que achei lindinho. Hoje, comprei o Apuros em Miami, da Risqué, que é um pouco menos rosado que o Grande Atração, e mais escuro um pouquinho. Dentre esses dois, o Apuros em Miami se tornou meu preferido, porque tom rosado no coral não me sacode. Quis, então, fazer uma comparação entre esses dois. Infelizmente nas fotos não dá pra notar que o Grande Atração é mais rosado que os demais, mas é.

Como eu ia pintar uma unha de cada cor mesmo, resolvi aproveitar o teste e colocar junto dois importadinhos, que eu também adooooro; o Poppy, da Zoya, e o Snappy Sorbet, da Sally Hansen.
O Poppy é basicamente o Apuros em Miami, só que cintilante. O tom é muuuuito parecido, só que como o Poppy é cintilante, parece mais claro. Já o Snappy Sorbet é bem chegayzinho. Dos 4, ele é o mais chamativo e mais vívido. Enquanto os outros três são cores calminhas, o Snappy Sorbet é eletrizante; um coral mais “festivo”.



Fiquei com peninha de tirar os esmaltes das unhas, porque são cores “cacantes” pra mim.
Por falar em Cacante, eu resolvi criar no blog uma página com o nosso dicionário de Esmaltaradês. Para que as novas leitoras que não nos acompanham desde as datas das criações dos termos não fiquem boiando com os termos que usamos aqui no blog, eles poderão ser consultados no menu DICIONÁRIO.
Se lembrarem de mais algum, me falem.

E aqui, mamis fez um reloginho só com o Poppy da Zoya. Espero que gostem!

Bjs
Adri =)

Fagulha – Colorama + Trick or Treat – Del Sol

Oi gentem!
Hoje eu trouxe uma mão diferente pra vocês.
Desde que a cachorrinha cocker de 2 anos da minha mamis foi para os braços do papai do céu canino, ela veio se refugiar aqui em casa para esperar a dor passar. Chegou aqui muito tristinha e desmotivada, e já está aqui em casa tem quase 3 semanas. De lá pra cá andei dando algumas tarefinhas pra ela fazer, para se ocupar. Como ela é uma excelente costureira, uma das tarefas que eu passei, pra ela se distrair, foi fazer uma bolsa interna com zíper para a minha bolsa LV (a que eu comprei em Santa Monica, lembram?), cujo modelo é muito aberto, e, se eu der bobeira, enfiam a mão dentro e roubam algo de mim. Olhem aí como ficou.

Fica aí, pra quem tem um modelo de bolsa aberto assim, uma ideia legal de manter suas coisas seguras dentro da bolsa, sem ficar o tempo todo tendo que olhar pra ver se está tudo dentro (principalmente a carteira).
Ela está aproveitando e fazendo uns vestidos pra ela. Eu aproveito também pra consertar tudo o que é roupa, rsrsrsrrs. Não é todo dia que a gente tem uma constureira à total disposição!
Agarrei ela hoje e a chamei para fazer as unhas. Tenho que dar um trato em mamis, né? Ela sempre usa esmalte vermelho. Eu não sei como eu consegui convencê-la a pintar as unhas com laranja, o FAGULHA, da Colorama. E mostrei, ainda, o top coat incolor da Del Sol que tem um gliter laranja e verde, o TRICK OR TREAT. No início ela torceu o nariz, mas acabou relaxando e dizendo: “Vamos ver como fica”. Ufa! Passei rapidinho os esmaltes antes que ela desistisse, rsrsrsrs
Quando terminei, eu a chamei até o sol e… ta-rááááááá!!!!! As unhas dela ficaram marrons escuras e com os glitters. Para minha surpresa, ela não chiou. Só disse que não ia ficar no sol mesmo, então não tinha problema ficar com esse esmalte. (NOTA: Se passar mais de uma camada do TRICK OR TREAT da Del Sol, o esmalte fica completamente PRETO, com o glitter laranja e verde).

Eis aí o trio que usei em mamis.

Como não podia deixar de ser, filmei a mão de mamis segurando o vidro do esmalte, rsrsrsrrss.

Angora Cardi – Essie + Iridium – Big Universo


Olá garotas!
Começo o post de hoje com uma novidade super bacana. A Granado Pharmácias nos escolheu como blog parceiro, e, sendo assim, orgulhosamente exibiremos o selo de BLOG PARCEIRO deles na nossa página principal. Agora poderemos ganhar alguns produtos para engordar nossos sorteios mensais. Nada como premiar com produtinhos nota 10! Fiquem ligadas, que a sorteada pode ser você! Lembrando que só concorre aos nossos sorteios as meninas que estão inscritas no nosso blog. Corra lá e se inscreva logo, para não ficar de fora!

Agora, vamos ao post de hoje.
Hoje o espaço é da Ana! Depois que aprendeu a mexer na máquina, agora ninguém mais a segura!
Ela fez aqui uma combinação que ficou muito interessante. Ficou uma espécie de ADINA (Zoya) genérico. Não fosse o Iridium tão opaco, acho que teria ficado igualzinho. A solução, para testar, seria diluir um pouco do Iridium com top coat para ele ficar mais ralo, e passar por cima do Angora Cardi, que é MUITO parecido com o ROSA FLORAL, da Colorama. Acredito que se misturar 2 partes de top coat e 1 parte de Iridium, deve ficar bom.

Esses foram os produtos que a Ana usou nesse reloginho mara. Detalhe: foi ELA mesma que fez as unhas, porque disse que não teve tempo de ir na mani. Ela já está podendo dispensar a manicure dela, não é? Ficou 10 a mani dela! Ana, pense na economia que você vai fazer, graninha essa que pode ser revertida em esmaltinhos, rsrsrsrs.
Aqui em baixo, eu coloco o swatch do Adina para que se possa comparar com o Adina fake que a Ana criou, sem querer. Ana virou alquimista esmaltolística também, rsrsrsrs Olhe como está parecido.

Adina - Zoya


Ana, você vai ficar famosa pelo Adina fake que você inventou!
Então já sabem, garotas; para um Adina genérico totalmente nacional, usem o ROSA FLORAL da Colorama, sobre o Iridium da Big Universo diluído em top coat.