Oasis – Jade

Olá moças!

Agora que “azunha” estão crescendo, graças ao Biotin que estou tomando, que comprei nos States para experimentar, está na hora de começar a tirar os holos da gaveta novamente.

O holozinho da vez é o OASIS, da Jade.

Quando eu pintei com esse holo é que me toquei que o tempo estava uma titica. Com as chuvas que tem tido, e até meio friozinho com ventos, eu realmente deveria ter prestado atenção nisso antes de usar um holo. Tinha já tirado várias fotos dentro do meu escritório mesmo, mas de repente, eis que ele surge no céu: o sol! Aproveitei e fui correndo tirar fotos antes que se escondesse de novo. Parece que ele surgiu somente pra eu tirar as fotos, porque logo em seguida o tempo fechou de novo, ehhehehe. Sorte a minha.

Assim que vi o Oasis pela primeira vez, a primeira coisa que pensei foi no Radium, porque é exatamente da mesma cor do Oasis, só que cremoso. E como eu não curto muito os holos da Jade sozinhos nas unhas, mas sim com um esmalte de base por baixo, foi exatamente o Radium que pensei em passar por baixo.

Oasis

E assim foi; passei duas camadas do Radium da Illamasqua, que é um abacatossauro que eu já fiz post aqui, mas só tem UMA foto no post, e nem está tão bacana, então nem vou linkar aqui. Agora que já nem tenho mais tanto pânico dessa cor quanto tinha na época em que fiz o post, eu acho que já está na hora de fazer um post novo e colocar mais fotos dele, pois o Radium é um esmalte bem verão, e essa é a época boa. Só que a anta aqui esqueceu de fotar o Radium sozinho, já que a vontade de ver o Oasis na unha era muito grande. Então vou ter que pintar novamente outra hora e postar novamente.

Oasis - Jade

Como eu disse, foram duas camadas do Radium, e depois passei mais duas do Oasis, porque achei que ficaria mais forte o holo com duas. Com uma só já tinha ficado legal, nem precisaria da segunda, se eu não quisesse um holo mais tchan.

Oasis - Jade2

Como todo holo Jade, é um esmalte fácil de passar, não precisa de Aquabase e é fácil de limpar. E obviamente é um holo bem bonito, como todos os outros da marca. Mas por serem meio transparentes, eu os considero esmaltes de cobertura, e por isso sempre uso com um cremoso por baixo.

Oasis - Jade3

Ainda bem que o sol colaborou, porque achei que as fotos ficaram muito melhores com o sol. O sol sempre deixa qualquer holo fantástico!

Finalizei esta mani com Brilho Cristal, da Big Universo.

Depois, resolvi experimentar um dos desenhos da DRK-D3, e achei que essa cor ficaria ótima para uma carimbada psicodélica. Ficou, digamos, diferente, meio retrô, bem anos 60.

DRK-D3

Você pode comprar o Oasis por 7,30 na Esmalteria da KK. Lá, também, você encontra a DRK-D3 por 12,00.

Eu até tinha pensado em usar um holo da Up Colors, que não uso há trocentos anos. Abri o vidro, tirei o excesso de esmalte do pincel na boca do vidro e fechei novamente para sacudir. Quando FECHEI O VIDRO, como fecho qualquer vidro de esmalte que tenho, vejam o que aconteceu!

Up Colors

Pois é, minha “ULTRA FORÇA” quebrou a rosca que fecha a tampa. É lamentável que esmaltes bonitos como os deles sejam envasados em vidros DE CUSPE. Só de olhar, a titica do vidro quebra. É uma VERGONHA que tenham optado por um vidro tão ruim!

Depois que um dos vidros quebrou dentro do meu carro SOZINHO, só porque ficou no carro fechado por dois dias, eu perdi o tesão de usar Up Colors. Nem sei, sinceramente, se eles já cansaram de ouvir reclamações (pois certamente não sou a única que já fez isso) e trocaram esses vidros safados deles, mas confesso que realmente o esmalte deles perdeu o glamour pra mim. Ainda mais depois dessa de hoje…

Bjs

Adri=D

Lament – Illamasqua

Bonjour mes amies!

Ainda no clima de fosco+carimbada, hoje trago para vocês um esmalte que quando bati o olho nele, lá na Esmalteria da KK, amei. É o LAMENT da Illamasqua.

Esse esmalte tem uma cor meio complicada de definir. As fotos, definitivamente não mostram a realidade dela. É um rosa “acoralado”, porém, meio neon. Muito viva a cor. Não é essa “monotonia” que se mostra na foto.

Infelizmente a foto parece mais coral do que rosa… fazer o quê…

Na verdade ele não é nem rosa e nem coral, hahahahahhahaha. É uma cor realmente em cima do muro.

Mas uma coisa é certa, é bem mais neon do que isso que vocês veem.

Apesar de ter uma cobertura satisfatória, ficaram algumas manchinhas só com duas camadas. Tive que passar 3 para opacar totalmente.

Não usei top coat nessa mani porque eu iria fosquear e carimbar também.

A KK quase não tem Illamasqua pra vender, e nem é um esmalte barato, custa pouco mais de 13 libras, quase 40 reais, por isso Kk não costuma ter. Mas a Illamasqua está com uma promoção, que vai até dia 15 de outubro. Em qualquer compra feita pelo site da Illamasqua, independentemente de valor, o FRETE É GRÁTIS, até mesmo para o exterior. Quem quiser se aventurar, taí a dica!

E aqui, a carimbada, já com o esmalte fosqueado com a cobertura matte sense da Blant. Usei para carimbar um esmalte alemão que peguei na KK, que é um vermelhão praticamente vinho. A cor dele é bem parecida com o Sensual, Única Camada da Colorama, que também serve pra carimbar.

Usei nessa carimbada o desenho A2 da DRK-C, que estará disponível para venda na Esmalteria da KK no final deste mês.

E ontem eu fui lá na Esmalteria do vilarejo comprar os Bourjois, antes que o preço aumentasse, huahuahuau. O preço só pode estar errado, porque não achei lugar nenhum no Brasil que venda Bourjois a 23,00. Vejam minhas aquisições:

As cores são, da esquerda para a direita: Rouge Casino, Rouge Fashion, Tangerine Fatale, Beige Élégant e Bleu Mystérieux.

É isso aí, meninas. Vou para a labuta minha do dia-a-dia. Bjokas

Adri =DDD

Salmão – 5Cinco

Quando recebi a caixa de esmaltes da 5Cinco, não teve outra. Imediatamente bati meu olho nesse esmalte, porque eu sou a tarada do salmão. AMOOOOOOOO salmão, nas unhas e na barriga, heheheh. E esse hoje será o primeiro reloginho dos esmaltes da 5Cinco.

Vamos aqui às considerações que fiz:

Já canseeeeeeeeeeeeei de ver gente reclamando do rótulo do esmalte que também lacra o produto. Agora que eu tenho o produto na mão, posso dar a minha opinião.

O rótulo do vidro, em plástico termoencolhível, vai até o meio da tampa do esmalte, sendo que na junção entre o vidro e a tampa há um picote (vejam na foto), que em alguns vidros é bem furadinho, e em outros não. Já vi várias pessoas reclamando de abrir o esmalte, e acabaram rasgando o rótulo inteiro, deixando o vidro pelado. Sinceramente, gente, não sei onde  viram tanta dificuldade. Me perdoe quem a tem, mas, sinceramente, abrir o vidro é muito mais simples do que “pintavam” por aí! Basta unicamente envolver a tampa com todos os dedos, apertar firmemente e torcer para abrir o vidro! O picote se rompe facilmente quando a tampa é torcida, desde que o picote esteja bem furado. Infelizmente, em alguns vidros eu realmente tive dificuldade, porque o picote era mais fechadinho. E para abrir, eu tive que usar um estilete para cortar, correndo o risco de cortar a minha mão, que por sorte, não aconteceu.

Meu feedback para a 5Cinco sobre o rótulo/lacre do esmalte:

Sei que provavelmente a intenção de vocês é preservar a integridade do produto, para que  ninguém fique abrindo o vidro nas lojas. Essa é uma coisa boa, DESDE QUE O CONTROLE DE QUALIDADE DOS PINCÉIS DE VOCÊS SEJA IMPECÁVEL, que justifique a não necessidade de abrir a tampa para confirmar que o pincel não está descabelado. Uma vez que a consumidora tenha essa certeza, já não vejo motivos para não lacrar. Ademais, mesmo que o SAC da 5Cinco seja magnífico e troque qualquer pincel descabelado, há o inconveniente da demora para entregar o pincel. Então, na minha opinião, melhor é ver na hora de comprar.

Acredito que a dificuldade de ter “um rótulo normal” (adesivo) nos esmaltes 5Cinco, como todo esmalte tem, seja o formato do vidro, que tem uma “cinturinha”. Não sou expert no assunto, mas acredito que essa curvatura possa de alguma forma dificultar a colocação de um rótulo normal (alto). Sinceramente, acho a “vantagem” do rótulo termoencolhível dispensável, não pela “dificuldade” de abrir o produto, que eu não percebi, mas pelo fato de achar que o plástico “engana” um pouco nossos olhos sobre a cor do esmalte. Ele reflete a luz do ambiente de uma forma que o vidro não faz. Acho o vidrinho da 5Cinco uma gracinha, e acho que a empresa deveria investir em outro tipo de rótulo que deixe a cor no vidro mais em evidência. Certamente trará uma beleza maior para os vidrinhos fashion! Asseguro que várias esmaltaradas amarão a iniciativa.

Há várias cores lindas, mas a grande decepção foi a consistência de algumas delas. Algumas cores são “água pura”, e para a cor ficar opaca, vão-se no mínimo 4 camadas, sendo otimista (dá-lhe bolinhas, para as mais impacientes) É claro que isso é só com algumas cores, QUE FIQUE CLARO. A mesmíssima cor que eu apresento aqui hoje, o SALMÃO, da Coleção Beach da 5Cinco, eu tenho em outras marcas, e o 5Cinco foi o esmalte mais aguadinho de todos.

Meu feedback para a 5Cinco sobre a consistência de alguns esmaltes:

Acho válido que a empresa invista em uma consistência melhor dos esmaltes, porque isso, sem dúvida, vai melhorar a qualidade do produto e colocar a marca mais em evidência, ajudando até mesmo na sua divulgação, já que notícia de coisa muito boa se espalha super rápido. Como eu disse, a 5Cinco tem muitas cores super bacanas em suas coleções, e acho que o que falta mesmo é só cuidar da consistência de algumas delas.
Como eu disse aqui, acho o vidrinho dos 5Cinco muito lindinhos, sem falar que têm 10 ml, quando a maioria dos esmaltes tem só 8 ml. O pincel é muito bom de usar, apesar de ainda ser redondinho. Depois que viciamos em achatados ficamos mais exigentes. A tampa alta dá uma pegada firme.
Dessa cor, como eu disse acima, eu tenho de mais duas marcas, a Models Own (Peach Sherbet) e a Illamasqua (Purity).
Apesar de o 5Cinco ser o mais aguadinho, é o que tem o melhor vidro e pincel, pois são bem mais fáceis de segurar enquanto se esmalta, em comparação com os outros dois acima.
E aqui, finalmente o reloginho dessa cor cacante, nas saudosas unhas de Mary!
E abaixo, a foto do Purity da Illamasqua, para vocês compararem, e verem que é a mesmíssima cor.
Tudo bem que o 5Cinco é mais aguadinho, mas o preço do Illamasqua é mais salgadinho, pois custa 13,50 libras (41 reais), contra os 2,50 reais do 5Cinco! Com esse custo x benefício, não há dúvidas de que é melhor usar o 5Cinco, mesmo sendo aguadinho, pois com 41 reais, dá pra comprar 16 vidros de 5Cinco!!!!
Como eu não fiz ainda reloginho do Models Own, não tenho como comparar com ele.
E na BF de hoje, Mary está longe mas não conseguiu me esquecer, hehehehhe. Vejam onde ela foi parar, em pleno Rio de Janeiro:
A guria ligou pra mim surtando. Se dizia no paraíso, aff. Ela disse que tinha várias marcas diferentes. O resultado dessa visitinha foram 15 vidros de esmalte. E tratou de contaminar a madrasta, que gastou mais de 40 pratas em esmaltes também, e não é ela que faz a própria mani. Esse vírus é perigosíssimo! uhauhahuahuuahhuahua
Bjus kidas
Adri =)))

Mani Temática – Natal

Eu estava doida para experimentar os dotters que trouxe da KK. Apresento a vocês os dotters:

Esses são instrumentos feitos para ajudar a pintar bolinhas nas unhas mais facilmente. Uma pessoa que usa muito esses dotters é a Kayla Shevonne, a minha queridinha das nail arts. Foi por causa dela que comecei a não mais achar nail art brega, porque ela realmente faz ARTE. Ela faz coisas surpreendentes, e esses dotters a ajudam muito, pois são mesmo uma mão na roda. Vejam as manis artísticas dela clicando aqui.

Então, no afã de fazer meu debut com os dotters, eu resolvi fazer como a Kayla, e criar uma mani temática natalina usando as cores do natal: verde, vermelho e dourado.

Com os dotters, fazer bolinhas é uma verdadeira diversão; é super gostoso! Como foi minha primeira vez, eu acho que não acertei no tamanho das bolinhas, pois peguei o dotter maior, achando que se pegasse os menores ficariam muito miúdas as bolinhas. Acho que se tivesse usado a média teria ficado mais delicado. Já se fosse a pequena, não apareceria muito o glitter. Mas apesar de ter achado as bolinhas um pouco grandes, eu achei que ficou muito bonito AO VIVO. Nas fotos o cintilante do vermelho e o brilho dos glitters verde e dourado não aparecem muito, então ficou meio xoxinho.

Eu achei que na foto ficou tão sem salzinha (em comparação com o REAL), que perguntei pra Gabi o que ela achava, porque realmente fiquei na dúvida se faria ou não o post. Ela, com toda a sua delicadeza de hipopótamo em uma loja de cristais, disse que tinha ficado BREGA. Murchei instantaneamente. Não me conformei, porque ao vivo ficou tããããão bonito. Acabei colocando a foto no Facebook primeiro, e vi que algumas poucas adoraram/comentaram e outras tantas curtiram; e até houve um compartilhamento! Então, quer dizer que não era só eu que tinha “mau gosto”, não é? Isso me incentivou a seguir em frente e não dar ouvidos para “algumas pessoas” sem criatividade e percepção do que é belo.

Aqui estão os esmaltes que usei nessa mani:

Esmalte de base: Curve Aceous – Sephora
Bolinhas verdes: Viridian – Illamasqua coberto por Art You Wondering – Finger Paints (esse comprei no Brechó)
Bolinhas Douradas –  Nail Star Dourado – Hits
Glitter dourado – As Gold as It Gets – Essie
Top Coat – Vefic (finalmente, né Nina?!?)

Sei que vai haver aquelas que vão ficar do lado da Gabi, e as que ficarão do meu lado. Mas, gosto não se discute. Eu gostei e pronto. Quem achar brega, problema seu, rsrsrrsrsrs. É claro, é uma mani para usar somente no Natal, mas é uma ideia para fazer com outras cores e com bolinhas menores. Como eu disse, eu só queria testar os dotters, que foram SUPER APROVADOS. É tão divertido fazer as bolinhas que dá vontade de só pintar as unhas com bolinhas agora, rsrsrsrsrs.

Esses dotters estão à venda no Brechó da KK por amigáveis R$ 9,00, o kit com 5 dotters de 2 pontas cada um.

E na seção BF 1 de hoje, vou mostrar para vocês o miminho que ganhei da Dory, nossa queridíssima “chicletcheenhassaura” (uma chicletcheenha dos primórdios das Esmaltaradas).

Certa vez eu disse a ela que eu AMO ganhar sabonetes de presente, e ela, apesar de ser Dory, não se esqueceu disso!!! É o primeiro momento em que ela não sofre de perda de memória recente. Vai ver que é porque tem tempo que eu falei isso, não é recente, huauhahuauhauhahua.

Dory, muitíssimo obrigada pelo seu enorme carinho. De pensar que fui eu que te perverti  (a “monstrinha” dos esmaltes, rsrsrsrsrs).

Feliz Natal, meninas!

Grande beijo! Adri =)))

Purity – Illamasqua

Dei xiliquinho (antes que digam que eu tenho QI de ameba, sei que CHILIQUINHO é com CH, mas acho mais cuti-cuti com X) e arranquei o Trinity (Sancion Angel). É, aquele mesmo que tem fama de deixar a gente com unha de defunto, após morrer de hepatite. Estava ansiosa para ver a cor da minha unha. Pasmei, porque realmente não poderia estar mais hepatítica! Olhem o meu drama!
Em condições normais, eu teria surtado. Mas nem queimei minhas pestanas, porque tenho o meu Super-Cuccio para me salvar. Peguei tudo o que precisava e pus mãos à obra.
Apliquei uma pequena quantidade de Cuccio em cima da unha. A quantidade do tamanho de uma ervilha pequena.
Com um pedacinho de esponja molhada (parte verde), comecei a esfregar o Cuccio de um lado para o outro, e de cima para baixo, esfregando bem rente à pele também, para cobrir toda a unha.
Na primeira esfregada, já dava para notar a diferença…
Quando terminei de esfregar, enxaguei e passei o meu Rosebud Salve. Mas poderia ser a cerinha da Granado (acho que alguém afanou a minha. Não acho em lugar nenhum!!!!) ou Bepantol, para hidratar a unha, já que ela fica meio ressecadinha com a abrasão da esponja.
Aqui, como ficou depois de duas unhas limpas.
Aqui, a diferença entre uma mão limpa com Cuccio e a outra ainda por limpar.

Depois que limpei as duas mãos, resolvi aplicar uma cor que há muito eu não colocava, pêssego pastel (o último que usei foi o Peach Melba da Beauty UK – Por falar nisso breve terei dois vidros para vender). Aproveitei meu post recente sobre a nova coleção da Illamasqua, e esmaltei com PURITY, que era o único dos 3 Illamasquas que tenho que eu não tinha usado ainda.

Nas fotos acima há incidências diferentes de luz, à noite, por isso uma parece mais clara que a outra.
Aqui, o “reloginho” foi feito de dia, à sombra.
A cor é lindíssima, mas confesso que o pincel da Illamasqua me incomodou um pouco. Ele é extremamente comprido e fino, e a esmaltação fica meio difícil. O esmalte pareceu também um pouco grosso e seca rápido, de forma que o esmalte começou a embolar durante a esmaltação. Tive que recorrer ao salve-salve Seche Vite, esse espetáculo de top coat que jamais deixarei de ter. Qualquer hora dessas vou passar a tesoura nesse pincel da Illamasqua. Mas tirando esse acidente de percurso, babay com meu esmaltinho de hoje! Dos pesseguinhos baby, foi o que eu mais gostei. Agora só falta eu passar o pesseguinho da Zoya, que é cintilante, o Poppy.
Gdes beijos
Adri
=)

Coleção Outono-Inverno 2011 Illamasqua

Olá!
A Illamasqua lançou sua nova coleção outono-inverno 2011 de esmaltes, Theatre of the Nameless (ou, Teatro dos Sem-Nome). São 4 cores somente, e, tirando o verde, gostei de todas, rsrsrsrsrsrs
Pena que trazer um Illamasqua pro Brasil é carésimo, senão eu compraria alguns.

A Illamasqua é uma marca inglesa, e eles são famosos por suas maquiagens especializadas para o meio artístico. Por isso na página oficial deles tem tantas modelos com pinturas loucas no rosto. As cores dos esmaltes deles são meio loucas também, vide o Radium.
Eu comprei na minha viagem a Santa Monica, 3 esmaltes deles, sendo que dois deles eu fiz o “reloginho”. Agora só falta um: o Purity.

Da esquerda para a direita, Radium, Viridium e Purity.

Para as que se apaixonaram pelo Radium, vai uma boa notícia aqui. Achei um esmalte nacional MUUUUUUUUUUUITO parecido com ele, o Verão da KI COR. Os dois têm exatamente a mesma cor, sendo a única diferença que o Radium da ILLAMASQUA tem microglitter verde, como vocês observarão no “reloginho”, e por isso parece ligeiramente mas escuro, mas não é. Na foto dos dois vidros juntos, parece que o Verão é mais claro porque está mais próximo da luz.


Se alguém quiser o Ki Cor e não encontrar para comprar, eu posso comprar pra vocês aqui e enviar pelo correio, desde que, é claro, vocês paguem o frete e o preço do esmalte. Não cobrarei pelo serviço de atravessadora, rsrsrsrsr. O único problema é que não vi tantos “Verão” na banca de Ki Cor. Mas ainda deve ter uns poucos.
Raquel que vai gostar, né?
Bjus lindonas!
=)

Radium – Illamasqua


Eu comprei esse esmalte pra Gabi, porque ela gosta dessa cor. A cor, perolada (embora na foto não dê pra ver), é mesmo linda (no vidro!). Gente, eu pus o esmalte na unha e ficou de parar o trânsito de tão cheguei, rsrsrsrsrs. Se o cachorrão (o marido) visse ele me daria um balaio de roupa pra lavar. Ele diz que esmalte cheguei é esmalte de lavadeira. Eu sempre disse que não gosto de verde, só dos escuros. Esse realmente não é pra mim, não faz nem um “tiquim” meu gênero. É um abacatossauro que deixa você parecendo que tem neon nas mãos à meia-noite. Impossível ninguém reparar, mesmo você tentando esconder as mãos, rsrsrsrsrs. Mas atendendo a pedidos, eu fiz o swatch dele pra mostrar pras amantes do verde. Nina, espero que você tenha sassiado seu “louco desejo”. rsrsrsrsrs
A cobertura desse esmalte é fantástica. Duas camadas foram suficientes para deixar opacão. Então taí! Espero que gostem! Eu arranquei cor-ren-do, porque definitivamente, não é a minha praia…