Bepantol Derma Creme

Olá meninas!

Hoje estava zanzando por uma farmácia e me deparei com uma coisa que nunca tinha visto antes: BEPANTOL Derma Creme, que não é o Baby que eu via sempre.

Para quem não sabe, o Bepantol é usado contra assaduras, após fazer depilação e barba, e também para hidratar peles ressecadas. Por isso, tenho na minha mesinha de cabeceira um tubo de Bepantol, que passo sempre nas cutículas antes de dormir.

Segundo a bula do creme, o componente principal do produto, o Dexpantenol (pró-vitamina B5), através da sua propriedade higroscópica, mantém a água fundamental, ajudando no processo de renovação natural da pele.

IMG_0471

Como eu nunca tinha visto o Derma antes, resolvi comprar para ver a diferença entre ele e o Baby, que eu já usava. Abaixo, eu pus um pouco dos dois na pele, e vocês poderão ver a diferença.

IMG_0470

Como vão notar, o Baby é mais durinho e achei mais grudento do que o Derma. É claro que a função do “grudento” no Baby é justamente pela utilidade dele, que é para ser usado especificamente contra assaduras em bebês que usam fraldas. Já o Derma, achei bem mais fluido, além de ter achado que foi absorvido mais rapidamente pela pele sem deixá-la tão brilhante quanto o Baby deixa.

Além do Bepantol, eu uso outros dois produtos para hidratação das cutículas: LEMONY FLUTTER, da Lush e BUTTER LEMON, da Burt’s Bees. Cada um fica num canto da casa, pois eu sempre hidrato as cutículas depois que lavo as mãos. Fico completamente aflita com peles ressecadas.

E para andar na bolsa, coloquei uma mistura de LEMONY com BEPANTOL num potinho, e sempre que sinto a cutícula ressecada, inclusive a pele das mãos e cotovelos, eu passo o creme. No potinho é bem mais prático, pois não ocupa o espaço que o tubo ocupa, cabendo até no bolso.

Potinho

Ainda mais agora no inverno, que a pele costuma ficar ressecada demais, e também para quem, como eu, gosta de banho pela-galinha. No meu banho só falta adicionar os temperos e o arroz, kkkkkkkkkkkkkk. Brincadeiras à parte, o banho muito quente desidrata demais a pele, e por isso eu tomo outro banho de óleo ou creme , rsrsrsrsrs, quando saio do banho.

Paguei 17 pratas no tubo de Bepantol Derma creme, 20 g.

E na contagem regressiva, faltam dois dias, contando com hoje, para minhas tão esperadas férias. Malinhas prontas, tudo acertado com uma amiga da Gabi para vir cuidar dos bichanos e plantas, e pronto. Quarta-feira à noite eu e Mary estaremos embarcando para Los Angeles, onde encontraremos nossos amigos, que irão num voo antes de nós. Cosmoprof, aí vamos nós!!! Yay!!!!!!!!

Bjos em todas.

Adri =D

Dry Heel Eliminator – Be Natural

Hehehehe, boa tarde!

Parece produto das Organizações Tabajara, mas não é, hehehehehe.

Ano passado eu postei aqui um produto para os pés ressecados, que comprei quando estive nos States, e que acabei achando uma versão brazeeleira meses depois: o Creme Reparador Dr. Scholl.

No post que fiz (link acima) eu ainda não tinha comprado a versão brazeeleira do creme, mas depois eu comprei e fiz uma triste constatação: a versão brazeeleira é uma bela porcaria. A diferença é absurda. A versão americana é bastante consistente, de forma que fica uma bolinha se colocar na mão. Já a versão brazeeleira escorre que nem água e não tem mesmo o resultado do americano. Eu diria que a comparação é o mesmo de um bom creme hidratante com aquelas loções hidratantes safadeenhas que parecem água. Depois falam que brasileiro implica com produto nacional!

Enfim, o meu Dr. Scholl americano acabou, e o brazeeleiro está lá encostado, porque até de colocar na mão é ruim. É tão aguado que chega a escorrer na mão. Encostei! Agora está à espera de ir pro leecho!

Toda noite eu fico incomodada com as peles dos pés que “agarram” no lençol. Dá um nervosinho sem igual. Vinha usando um creminho da Natura, mas confesso que só o cheirinho agradava, pois o ressecamento voltava rapidíssimo aos pés. O creme da Natura só é bom pras mãos. Para os pés, que ficam muito mais ressecados, não vingou.

Comentando outro dia com Kakous, ela me apresentou um produtinho que ela andava vendendo sem me comunicar!!!! Ela ouviu mooooito! Ralhei com ela, porque ela tem que me mostrar todo produto novo que compra pra experimentar ou vender! Quero ser cobaia também, rsrsrsrs.

Ela me entregou um frasco do DRY HEEL ELIMINATOR, da Be Natural, mesmo fabricante do CUTICLE ELIMINATOR que tem recomendação nota 1000 aqui!

Dry heel eliminator

Eu passei a mão e resolvi experimentar. Confesso que gostei ainda mais do que o Dr. Scholl’s. Ele é bem mais consistente que o Dr. Scholl’s e ainda tem um cheirinho bem suave que lembra coco, e eu nem sei dizer por que motivo, já que não tem nada de coco na fórmula.

IMG_6287

O produto tem uma consistência bem diferente do que eu estou acostumada a ver por aí. Ele “escorrega” quase como graxa de silicone, usada em equipamentos eletrônicos; vocês já viram graxa de silicone?

IMG_6282

IMG_6278

Mas tem uma excelente absoção. A gente vê a diferença imediatamente!

Dry heel eliminator2
Nem preciso dizer o que é ANTES e o que é DEPOIS, né? O pé até mudou de cor, rsrsrsrs. A foto foi tirada com 1 minuto de intervalo; tempo suficiente para passar o creme. Por favor, não reparem no pé de “pedreira”. Eu ando de Havaianas o dia todo aqui em casa, então já viu, né!? Não existe pé limpo com Havaianas se você andar o dia inteiro com elas e no quintal/jardim de casa. Confesso que estava com preguicinha de “enfeitar o pavão” e lavar o pé pra fotar, até porque se eu fosse lavar ia demorar muito pra ficar no estado “pergaminho do deserto” como na foto.

Como vocês podem ver, a aparência do pé muda da água pro vinho. Apesar da consistência, o creme absorve bem, e a sensação que temos é que o pé ficou “encerado”. Eu, particularmente, prefiro cremes que hidratam de verdade, e não esses que a gente passa e cinco minutos depois tem que passar de novo. O melhor é que apesar da sensação “encerada”, os pés não escorregam na sandália.

Eu não sofro com calcanhares rachados, mas sei que muita gente tem esse problema. KK comentou que uma cliente dela nunca mais teve problemas com isso depois que começou a usar esse creme. Mas, é claro, que isso é um tratamento, e não “mijo de santo”. Tem que passar toda noite para se obter um bom resultado. É como cuidar das cutículas, não basta hidratar só um dia, tem que hidratar sempre.

O DRY HEEL ELIMINATOR tem na sua fórmula aloe vera, chá verde e bladderwrack (uma alga), que proporcionam, segundo o fabricante, um efeito anti-inflamatório, anti-idade e anti-oxidante. Tem ainda ureia e óleos vegetais, além de vitaminas A, C e E, para uma melhor nutrição e hidratação.

O bichinho é tão bom que quando minha mão está MUITO ressecada eu passo um tiquinho na mão também (por enquanto ainda tenho meu salve-salve Handy Gurugu da Lush, que é meu amadinho para mãos).

O que me deixa feliz MESMO, é que eu não vou mais precisar ir pro exterior pra comprar essa maravilha. KK vai ter sempre dele, porque está aprovado, não só por mim, como por outras clientes que compraram o produto.

Esse creme custa 30,00 na Esmalteria. Se quiser experimentar, clique aqui e se jogue!

Ela me indicou também o CALLUS ELIMINATOR, também da Be Natural, que funciona praticamente como o CUTICLE ELIMINATOR. É um gel que age sobre a pele ressecada de calos deixando-a macia para uma remoção mais fácil. Só que esse eu não experimentei ainda, porque tem que enfiar o pé molhado com o gel num saco pra “curtir”. Como dá mais trabalho, estou com preguicinha. Até porque eu nem tenho tanto calo assim pra me livrar. De qualquer forma, quando experimentar eu conto pra vocês.

Bjus!!!

Adri :D

Lemony Flutter – Lush

Enquanto eu estava no Chile, nossa querida Malu me falou sobre um hidratante de cutículas, do qual eu nunca tinha ouvido falar antes: LEMONY FLUTTER da marca Inglesa LUSH.

Eu já conhecia a LUSH desde 1999, quando fui para a Escócia. Lá foi a primeira vez que vi aquelas bolas coloridas e engraçadas, e, achando que eram bolas de tênis estilosas (olhando a uma certa distância da vitrine) e querendo saber do que se tratava, entrei na loja e perguntei o que eram: sais para banhos de imersão. A loja naquela época se limitava somente a vender sais de banhos e sabonetes; não tinha a enorme quantidade de produtos que tem hoje. Gente, a gente pode tranquilamente ficar hooooooras nessa loja fuçando as coisas que eles têm. E haja grãos de café pra “apagar” o aroma do que você acabou de cheirar. São muitos cheiros diferentes, e um mais enlouquecedor que o outro.

Gentem, a loja é tão cheirosa que nem dá vontade de sair. Dá vontade de armar acampamento lá dentro e ficar em uma longa aromaterapia.

Eu lembro que quando fui a Orlando em 2008, comprei na Lush de lá essas bolas de sais de banho. No hotel em que eu fiquei tinha uma banheira daquelas redondas e enormes, e eu aproveitei um dia em que estava com os pés em frangalhos, de tanta andança pelos parques, e fiz um banho de imersão para relaxar. Enquanto a banheira enchia, eu joguei dentro uma bola inteira de sais. Gente do céu, vocês nem imaginam o que aconteceu. A banheira começou a encher tanto de espuma que aquela titica transbordou e não parava de transbordar. E no meio de tanta espuma eu não achava ralo nem registro de água, foi uma loucura. Aquele espumaréu todo ENCHEU o piso do banheiro inteiro de espuma, e meu banho de imersão relaxante foi pro beleléu. Eu que queria descansar no meu banho, tive foi mais trabalho, para limpar e secar aquela lambança toda. Pelo menos o banheiro ficou cheiroso. Aff! Como sempre, em toda viagem eu passo por algo marcante, como esses micos impagáveis. Acho que quando eu tiver uns 80 anos vou escrever um livro com todos os micos que já passei na vida, rsrsrsrs.

Hoje em dia existem muitos produtos diferentes e igualmente cheirosos na Lush, um quadro bem diferente do que encontrei em 1999.

Em minha viagem recente a Santiago, comprei na Lush do Shopping Parque Arauco alguns potinhos de Lemony Flutter, que é o hidratante de cutículas da vez. Tem uma textura super gostosa e o cheiro então! Com essa aparência e esse cheiro di-vi-no de limão, dá vontade de enfiar a colher e me acabar. A pele fica super hidratada e com um cheirinho ótimo. Além de cutículas, serve também para a pele áspera dos cotovelos, joelhos, calcanhares e pés. O pote tem 45 gramas, 6 vezes mais que um potinho de cera da Granado. É um potão! Então vai durar bastante.

Como vocês já devem saber, o próximo sorteio será um Lemony Flutter. Então, fiquem atentas! Dia 15 de novembro teremos uma ganhadora dessa maravilha!

Tenho também alguns para vender, por R$ 38,00 mais o frete. Quem quiser, favor entrar em contato pelo email esmaltaradas@gmail.com.

Vocês até conseguem comprar o LEMONY pelo site da Lush (clicando aqui). O valor sai a aproximadamente R$ 45,00 já incluindo o frete. Mas o tempo que demora pra chegar é que são elas. Então é melhor comprar comigo! rsrsrsr

Outro produto que eu gostei muito foi o creme hidratante para mãos HANDY GURUGU. O pote tem 100 gramas e tem como componente principal a manteiga de Karité. O cheirinho, à la Lush, é muito gostoso também.

Vejam alguns de seus componentes: água de rosas, manteiga de Karité orgânica, glicerina, óleo de amêndoas, suco de limão, óleo de camomila azul, e mais uma penca de manteiguinhas e óleos. Começo a me arrepender de não ter comprado mais… Agora já era. Só na próxima viagem!

Malu, obrigada pela sua dica! O seu Lemony Flutter já está reservado.

Beijocas a todas! Adri =)))