Esponja Mágica e Removedor de Esmaltes Love Girls *** UPDATE ***

Olá meninas!

Recentemente fui contatada por uma empresa que me disse que estaria enviando um produto deles para review aqui no blog. No início achei que fosse algum item de nail art, ou outra bobeirinha qualquer, e nem dei muita bola, até porque muita gente já me disse que iria mandar algo e nunca mandou. E sem esperar, ontem recebi uma caixinha, que continha uma linda embalagem de papel cartão, super fashion e muito criativa (já gostei!).

IMG_6189

Ao abrir, me deparei com estes produtos:

Love Girls Esponja

Antes de abrir, não tive como não reparar na qualidade da embalagem. Rótulo milimetricamente muito bem colado e de ótima qualidade (além de muito bonitinho), lacre externo na forma de fita transparente, com indicação de que o produto é 3-free, além do lacre que a própria tampa tem, embora tenha saído junto com a tampa sem se romper. 

Além desses lacres, a boca do frasco da esponja ainda tem um lacre selado.

IMG_6192
No verso da embalagem, o rótulo traz composição química, precauções quanto ao uso do produto, além de detalhes do fabricante, que fica em São Paulo.

IMG_6195

Abrindo a embalagem, observei uma espuma cor de grafite, que ao primeiro toque, tinha consistência rígida, que é apropriada para este tipo de produto.

Love Girls

Eu estava já há alguns dias com um esmalte sand (da marca PERFECT) nas unhas da mão direita, que já estava pra lá de sambado. Eu não tinha tirado até então por pura preguiça, pois havia esquecido de passar peel off nas unhas antes de esmaltar, e como todas sabem, tirar esmalte sand é chatinho, apesar de não ser tão chato quanto tirar glitter. Aproveitei que estava precisando mesmo tirar o esmalte e experimentei logo o removedor.

EXPERIMENTO 1

Coloquei meu dedinho no interior da espuma, e com 3 ou 4 giradas o esmalte já tinha saído. Super rápido e fácil!

Nota para esta remoção: 10

Alguns segundos depois de tirar o dedo, senti o perfuminho que o produto tem; gostosinho. O removedor que recebi tem em sua composição óleo de semente de uva e óleo de amêndoas. Há ainda outras duas versões:

Love girls

Quanto ao frasco, a única coisa que eu achei que podia ser diferente é a sua profundidade – o diâmetro é perfeito! Acho que o frasco podia ser um tico mais baixinho, por causa do dedo mínimo e polegar, que ficam impedidos de descer mais porque a boca do frasco bate na divisão entre os dedos. Desta forma, a unha do dedo curto acaba ficando muito no alto da esponja (acima do meio, no meu caso). Mas isso definitivamente não é empecilho para usar. É só um ponto de vista ergonômico meu, hehehehe.

Penso que para quem tem dedos curtinhos, ter um frasco mais baixinho seria melhor, afinal de contas, o que tem que ficar molhado na esponja é só a unha, então, não faz diferença isso para quem tem dedo comprido demais. Além disso, é melhor que a unha esteja na parte da esponja que tenha líquido, principalmente para remoção de glitter, que é mais chato. Embebido no removedor, o esmalte sai mais rapidamente com a fricção na espuma.

E por falar em fricção, eu prefiro usar a esponja com movimentos verticais, e não horizontais, como está nas instruções (girando o frasco). Neste caso, para mim, é incômodo usar este frasco comprido, pois a boca do frasco fica batendo no meio dos dedos, no caso dos dedos mais curtos.

Além do frasco da esponjinha, que tem 75 ml, veio ainda um frasco com 100 ml do removedor, que pode ser usado como removedor de esmalte comum (usando algodão), ou como refill para o frasco da esponjinha. Atrás do frasco há instruções sobre como trocar o removedor da esponja.

EXPERIMENTO 2

A próxima etapa foi experimentar remover glitter, conforme a marca promete fazer. Passei uma só camada do GLAMUROSO, da Super Pérola, que é um glitter hexagonal grande entremeado por um glitter “poeirinha”, e deixei secar algumas horas antes de usar a esponja. Passei somente o glitter sobre base, não usando qualquer outro esmalte por baixo.

Glamuroso

Infelizmente não achei tão fácil assim remover esse glitter com a esponja. Virei o frasco algumas vezes no dedo, e nada. Experimentei deixar o dedo imerso no removedor dentro da espuma por alguns segundos, e aparentemente nada. Virei, virei, virei de novo, e saiu somente o glitter mais fininho. Deixei mais alguns segundos o dedo dentro parado, e virei, virei, virei, até que começou a soltar o glitter grande, mas com alguma dificuldade. No final de todo o processo, que deve ter durado uns 3 minutos, eu tirei o dedo do frasco e raspei com uma unha os poucos glitters que ainda estavam agarrados, que soltaram sem dificuldade. Cabe ressaltar que durante este processo, um pedacinho pequeno da espuma descolou. Aí fica a dúvida: será que a espuma vai viver por todas as 50 unhas que o produto promete limpar?

Uma coisa boa? Depois de tanto esfrega-esfrega, a pele ficou seca (natural), e apesar de não sentir exatamente uma “hidratação”, conforme mencionado no rótulo, pelo menos não ficou estilo “pergaminho do deserto”, como a acetona deixa. Vejo isto como um ponto positivo.

Nota para esta remoção: 7,0

EXPERIMENTO 3

A etapa seguinte, pintei a unha com um esmalte cremoso vermelho. Passei duas camadas dele, e fiz questão de emporcalhar a pele ao redor da unha. Não tinha removido a cutícula antes, e as entendidas sabem que geralmente quando não tratamos ou hidratamos a cutícula antes de esmaltar, ela fica arrepiada, e é um parto para limpar o esmalte, ainda mais se for escuro.

Depois que o esmalte secou, molhei o palito com algodão no frasco do removedor que veio junto com o frasco a esponja e comecei a limpar. Mesmo com a cutícula horrível, o removedor foi valente. Com o algodão molhadinho e pressão no palito, o removedor tirou muito bem o esmalte, mesmo com a cutícula arrepiada. Usei dois pedacinhos de algodão molhados, nesta operação.

O curioso desta fase foi tocar no líquido. Ele é ligeiramente oleoso, embora não deixe a pele oleosa. Achei o cheiro do líquido ligeiramente diferente e mais forte que o cheiro deixado pela esponja. O líquido do frasco tem mais cheiro de produto químico, apesar de não ser desagradável.

Nota para esta remoção: 9

EXPERIMENTO 4

No próximo experimento, usei um glitter tipo areia. Usei o RADIANTE, da Super Pérola.

Radiante

Esperei o esmalte secar por uma hora antes de usar a esponja. Esse glitter foi bem mais fácil de sair. Gastei pouco menos da metade do tempo do outro glitter, e no final raspei o restinho do glitter da unha, como fiz com o glitter anterior.

Nota para esta remoção: 9

EXPERIMENTO 5

Usando outro esmalte cremoso, desta vez na cor uva (portanto, escuro), experimentei fazer uma esmaltação americana com a cutícula tratada. Fiz uma esmaltação normal, sujando a pele o que normalmente costumo sujar: pouquinho. Usei o removedor do frasco de 100 ml para limpar a esmaltação com pincel, e foi maravilhoso o fato de o removedor ser oleosinho (pelo menos tive a impressão de ser mais oleoso que o da esponja, embora seja o mesmo produto). Geralmente eu sempre passo o Cuticle Care da EzFlow depois da esmaltação, para hidratar a cutícula para fotar, e com esse removedor nem precisei disso. Ele deixou a cutícula com aparência hidratada sem deixar a pele brilhante. Perfeito!

Nota para esta remoção: 10

Agora, minhas considerações finais sobre o produto:

1) Eu vi que a esponja funciona bem para esmalte sand (pelo menos da marca que usei: PERFECT), mas para glitter de qualquer tipo, eu ainda acho que o melhor ainda é usar é peel off, ou então Expert Touch e disco de limpeza, e ponto! O glitter contribui para destruir a esponjinha mais rapidamente, pois ele é grosseiro e machuca a esponja, que pude perceber, não é tão resistente assim. Já a sinto mais molenga, após esses poucos usos, mas nada alarmante. E ainda, quando se tira glitter usando a esponja, ele sai do esmalte e fica grudado na esponja, e depois, quando você tira outros esmaltes, o glitter vem grudado no seu dedo. Não que isso seja um grande problema, mas é que o glitter gruda na pele…

2) Sem dúvida alguma, é bem mais cômodo usar essa esponjinha para remover esmalte comum, principalmente no caso de esmaltes escuros, que acabam emporcalhando os dedos que seguram o algodão que remove o esmalte, porque a acetona suja de esmalte acaba molhando os dedos e manchando a pele; uma lambança só! Com a esponjinha é bem rápido, e não sujamos os dedos.

3) É um produto “caro”, em comparação com a quantidade de unhas que as acetonas comuns + algodão que usamos normalmente removem. Mas eu penso que, como tudo na vida, pagamos mais caro pelo conforto e facilidade que temos, e esse é um produto que oferece um conforto que eu não dispenso, além de ser 3-free e não ressecar a pele como as acetonas comuns fazem. Como todas sabem, removedores de esmalte sem acetona, normalmente custam mais caro mesmo.

4) O frasco bem fechado não vaza de jeito nenhum, o que é uma maravilha para se levar na bolsa. Não tem coisa mais horrível e brega do que esmalte descascando na unha! E isso geralmente acontece quando menos esperamos (ou quando menos queremos que aconteça). O lacre de papel que retirei da boca do frasco, eu encaixei no fundo da tampa, para uma melhor vedação.

5) Este removedor me encantou para esmaltação americana. Vou usar com outros tipos de esmaltes e ver se o resultado será o mesmo!

6) A vida útil da esponja e só saberei depois que usá-la as 50 vezes. Vou deixar então para atualizar este post depois que isto acontecer.

O preço da esponja, em geral, é de cerca de 15,00. Mas encontrei alguns preços online mais baratos; confira!

Farmagora - 13,00

Carreira Beauty – 9,90

Não sei se a KK se interessará em vender este produto, mas se isto acontecer, informarei a vocês.

Sendo só isto por hoje, me despeço desejando um excelente domingo a vocês.

***** UPDATE 1 *****

Já fazem alguns dias que estou usando tanto a esponja, quanto o removedor. Embora a esponja esteja se dismilinguindo lentamente, tenho já usado umas 12 vezes, o produto continua removendo muito bem o esmalte da unha.

Quanto ao removedor, indubitavelmente, virou meu queridinho para esmaltação americana! Remove muito bem o esmalte, e deixa a pele perfeita, sem ressecamentos. Quando acabar meu frasco, com toda certeza do mundo comprarei mais. Pena que não tenha vidro grande para vender!

***** UPDATE 2 *****

Depois de praticamente metade dos usos (25), era de se esperar que a esponja estivesse já se desmanchando. Mas mesmo assim,  o produto continua funcionando e removendo muito bem o esmalte (tenho usado somente esmalte comum, sem glitter).

Soube que a empresa lançou o removedor de 500 ml, e eu continuo afirmando, categoricamente, que continuarei usando o produto, pois é um dos meus preferidos, atualmente, perdendo somente para o Expert Touch da OPI.

Esta semana estive em uma farmácia, e vi que eles estão fazendo também uma esponjinha menor, num frasco mais baixinho, como eu tinha sugerido que fizessem. Agora ficou tudo excelente. Pena que para a espuma interna não tenha jeito; continuará sempre esfarelando. Acho que eles deveriam vender a espuminha avulsa, também! Seria uma excelente ideia, já que o frasco do produto completo ainda está muito caro.

Bjs

Adri

Brown – Kleancolor

Olá moçada!

Como muitas já sabem, recebi ontem o ProShaker, o chacoalhador de esmaltes, que chegou dos States.

ProShaker

Fiquei em polvorosa, não preciso dizer. E também fiquei tal qual criança que recebeu brinquedinho novo. O resultado, é que passei o final da tarde e noite de ontem, e parte da manhã de hoje chacoalhando todos os meus esmaltes. Nem consegui trabalhar direito. Nem parece que estou cheia de contas para pagar, pós-viagem!

O aparelho chacoalha por 1 minuto e depois para. Mas se quiser chacoalhar por menos tempo, é só apertar o botão novamente que ele para. E pra chacoalhar mais, é só apertar de novo, para um novo ciclo. Vejam o vídeo de todo o ciclo, com um esmalte que estava bem decantado.

E na chacoalhação, eu peguei muuuuuuitos esmaltes que nem lembrava mais que tinha, e muitos que me fizeram cacar novamente, heheheheh. Um deles foi este lindo, que não resisti e quis pintar de todo jeito: BROWN, da Kleancolor.

Brown - Kleancolor2

*** ESTE ESMALTE É 3 FREE ***

O Brown é o esmalte de cor terracota mais lindo que já vi na vida, SEM EXAGERO. O que mais me deixa triste, é que as fotos de jeito nenhum mostram toda a lindeza desse esmalte.

Brown - Kleancolor4

Só que os elogios a esse lindo não param por aí. Ele cobre com UMAAAAA camada! É fantástico! Só que achei que o bichinho seca bem rápido, então, tem que dar uma boa molhada no pincel para não fazer caca enquanto pincela a unha.

Abaixo, o lindão sob a luz do sol direta.

Brown - Kleancolor3

Eu tinha me esquecido de como os Kleancolor são perfeitos! E esse, é o suprassumo da perfeição! Então, foi uma camada dele e uma de Brilho Cristal, da Big Universo.

Brown - Kleancolor

Esse maravilhoso veio da Esmalteria da KK, e está custando 11,00 realitos. Se curte terracota, corra antes que acabe!

E antes de encerrar o post, eu resolvi experimentar o removedor sem acetona da Kiko, que comprei em Florença. AMEI!!!! Ele limpa que é uma beleza, e sem esforço. Fiquei bem surpresa com a eficiência do bichinho, e tem um perfuminho bom, sem enjoar.

Kikoremovedor

Beijos

Adri =D

Expert Touch, a Super Acetona

E aí Esmaltaradas!

Há uns dias atrás eu falei aqui pra vocês que eu comprei um produto que a KK da Esmalteria da KK recomendou, o Expert Touch da OPI. Bem, até hoje a KK não deu nenhuma dica “roubada”, e eu confio cegamente nos pitacos dela. Tanto, que se ela disser que o troço é bom, eu só mando empacotar e mandar pra mim.

O Expert Touch é uma acetona super poderosa, de uso profissional, muito usada com esmaltes em gel, que são mais difíceis de tirar do que os esmaltes normais. Ele é excelente para tirar aqueles esmaltes com glitter, enjoados de tirar, em que geralmente o algodão agarra no glitter e é um Deus-nos-acuda. Passamos 5 minutos em cada unha pra arrancar aquela titica fora. Até cheguei a ensinar aqui uma técnica com papel laminado, mas que ainda assim precisamos tem uma paciência de Jó pra seguir. Sai muito fácil, mas demora esperar que faça efeito a técnica.

Para usar o ET, é recomendado usar os lencinhos específicos, que nada mais são do que aquelas tiras de tecido usadas para fazer depilação com cera quente.

A grande vantagem do pacotinho de lencinhos Expert Touch, é que as preguiçosas ou as atribuladíssimas de plantão não precisam ficar uma hora com tesourinha na mão cortando esses lenços de depilação em tamanhos menores, pois eles já vêm cortadinhos e em embalagem própria, onde ficam bem guardadinhos. É claro, que se cortar os lenços de depilação vai render muito mais, mas, sinceramente, eu não tenho a mínima paciência, nem tempo, pra ficar cortando lencinho não!

Eu usei para testar o ET o esmalte mais enjoado que eu tenho de tirar da unha, o TEENAGE DREAM da OPI, e também o TRAFFIC STOPPER COPPER da Sephora, que é o parente “rico” do Disco Ball, que é igualmente sacal pra tirar. São esmaltes com glitter muito bonitos, principalmente à noite, mas que eu, sinceramente, não gosto de usar porque dá uma trabalheira da gota pra tirar. E assim como eu, tenho certeza que muitas têm preguiça de tirar alguns esmaltes com glitter pelo mesmo motivo, a trabalheira.



Bem, eu apliquei o esmalte e fiquei bastante tempo com ele na unha pra secar bastante, porque se não secasse bem, sairia fácil da unha durante o teste. Fiz um vídeo pra mostrar pra vocês a diferença entre usar acetona comum e o ET pra tirar o esmalte com glitter. Infelizmente não deu pro vídeo seguir direto entre um produto e outro, porque quando eu estava filmando a remoção com o ET, o espaço no cartão de memória da máquina acabou, e a filmagem teve que ser interrompida. Acabei tendo que filmar a remoção do traffic stopper copper, que eu tinha passado em outra unha, já que acabou o espaço do cartão de memória quando eu já tinha praticamente tirado todo o teenage dream. E eu não estava com a mínima paciência de pintar e esperar secar um tempão de novo pra continuar o teste, afinal, o dever me chamava (escrava Isaura).

Bem, o vídeo da remoção está aqui.

http://www.youtube.com/watch?v=rN9TojL24ao

Fiz um outro teste, em que eu usei algodão embebido com ET, em vez do lencinho, pra tirar o glitter e averiguar se o lencinho também é responsável pelo “sucesso da operação” ou se o mérito é só do ET. A conclusão que eu cheguei é que O PRODUTO É BOM MESMO. O algodão com ET agarrou tão pouquinho no glitter, e o esmalte saiu tão fácil, que eu posso tranquilamente dizer que o produto é um fenômeno! Não é o lencinho que faz tanta diferença. Só é melhor que o algodão, porque não agarra nada no glitter. Com a acetona comum o algodão gruda quenem chiclete no glitter quando estamos tentando tirar o bandido.

Aliás, vou falar pra vocês com sinceridade, eu senti uma certa dificuldade em manusear o lencinho dobrado, porque ele “escorrega” entre as camadas dobradas. No vídeo vocês devem ter percebido isso. A KK disse que quando ela usa, ela deixa o lencinho embebido por cima do esmalte alguns segundos pra tirar de uma vez só o esmalte, sem ficar no vai-vem-esfrega-esfrega, e sem o lencinho estar dobrado. Mas com o algodão eu não senti tanta dificuldade assim, usando o ET em vez de acetona.

Um outro teste que eu fiz com o ET é limpar o esmalte da pele após a esmaltação, com um palito. Gentem! O bicho tira esmalte que é uma belezura. Sai rapidinho! A limpeza é vapt-vupt, um sonho! Amay, amay, amay! Vou deixar pra usar o ET quando usar aqueles esmaltes chatinhos de limpar.

Recomendo o produto, embora não seja dos mais baratinhos. Um vidrinho de 120 ml custa 22 reais na Esmalteria da KK, e o de 480 ml custa 38 reais. É claro, que não é um produto pra usar quenem água, né gente! Mas acho que vale a pena gastar um cadim mas ter um produto que nos poupa um pouco de raiva pra tirar ou limpar determinados esmaltes.

Uma coisa que ficou faltando dizer é que ele tem um cheirinho gostosinho depois que seca, meio de laranja, sei la.

Eu tinha pedido um grande e um pequeno pra KK. Ela ia mandar umas coisas pra mim “de carona” numa encomenda que ela mandou pra casa da Dory, e eu pedi o pequeno pra ver se Dory ficava com ele, pq sei que ela ia gostar. Vocês sabem o que aconteceu???? A gulosa da Dory ficou com os DOIS! E eu fiquei chupando o dedo. A minha sorte é que eu fui nesse findi na Esmalteria e catei tudo o que encontrei de bom por lá. Aliás, meninas, essa é uma coisa que EU NAO RECOMENDO a vocês! Nunca vão na Esmalteria, porque vocês vão surtar! Dá vontade de levar tudo!!!!!!!! Gabi só ia jogando os esmaltes na sacolinha. Acabei voltando com 13 esmaltes e mais umas coisinhas de lá. Preju total. E com isso, já beiro os 500 esmaltes na minha coleção. Meus escaninhos já estão superlotados, com dois e até 3 esmaltes em cada nicho. Ja passou da hora de comprar mais dois!

KK e eu, o primeiro de muitos encontros

www. esmalteriadakk.com

Bjs

Adri =)))

Removedor sem Acetona Ideal

(ESSE POST FOI ESCRITO SEXTA-FEIRA)
Agora vocês vejam como são as coisas. Antes de viajar, eu comprei nas Lojas Rede 3 vidros de 500 ml de removedor sem acetona da Ideal (foi o único lugar onde achei o frasco de 500 ml), porque na minha MARA cidade não tem isso, apesar de eu ter implorado já para a única loja que presta aqui encomendar (e nada!). Viajei, e quando cheguei, estava crente que iria encontrar minha encomenda em casa, e NADA! Olhei a situação do pedido no site deles e constava ainda como AGUARDANDO PAGAMENTO. Fiquei tiririca da vida, porque paguei na mesma hora da compra. Anteontem à tarde mandei um email pra eles com o comprovante do pagamento e pedindo uma definição do caso, e ontem de manhã, nenhuma ligação ou email deles a respeito. João sem braço total! Passei a mão no telefone e liguei pra reclamar. A loja fica em Minas Gerais, ou seja, estava pagando interurbano, ainda por cima. Expliquei a situação pra mulherzinha que me atendeu, e ela teve a cara de pau de me dizer que EU tinha que ver com o meu banco sobre a falta do pagamento, porque pra eles constava como pagamento não efetuado. Simples assim. Tipo: NÃO RECEBEMOS O PAGAMENTO, ENTÃO ASSUMIMOS QUE VOCÊ NÃO PAGOU! VOCÊ QUE SE VIRE! Ahhhhhh ela cutucou a onça com vara curta. Subi nas tamancas, vesti a roupa e incorporei a baiana, e rodei feito doida. Falei pra ela que eles é que tinham que se virar porque eu já tinha mandado o comprovante de pagamento e eles é que tinham a obrigação de ver com o banco deles porque o pagamento não entrou, pois se no meu comprovante estava tudo certinho, inclusive com o nome da loja, já estava mais do que provado que eu paguei. Ela continuou insistindo que no sistema constava falta de pagamento, que ela não podia fazer nada (parece que todos os atendentes de SAC são treinados para falar a mesma coisa), e que EU que tinha que ver com o meu banco. Então eu fui bem rápida e prática. Disse que eu era blogueira, e que da mesma forma que eu posso falar maravilhas da loja deles, eu poderia queimar o filme deles para eles ficarem mais sujos que pau de galinheiro, já que tenho centenas de acessos por dia, e além do mais, de lambuja, ainda ia procurar o PROCON pra reclamar e aguardar sentadinha minha indenização, inclusive da ligação interurbana que eu estava fazendo. Não sei por quê, misteriosamente, a mulher resolveu anotar meus telefones… Uma hora depois liga a gerente me dizendo que o pagamento tinha sido liberado e que a encomenda estava a caminho. Rapidinho, né? Recebi agora meu pedido, 24 horas depois, que devem ter mandado por SEDEX hiper-super-ultra-mega expresso, e de quebra ainda mandaram dois brindezinhos. Nada como uma injeçãozinha de “ânimo” pra coisa se resolver sem complicação. Vocês que me desculpem a franqueza, podem até me chamar de besta, mas nesse ponto os americanos estão a anos-luz de nós. Lá você leva o produto pra casa e se quiser trocar ou pegar o dinheiro de volta eles trocam ou devolvem o dinheiro sem perguntar NADA. Resolvem tudo num piscar de olhos e ainda te paparicam.
(Voltando ao tópico…)
Já mostramos aqui para vocês, no dia 18/5, os horrores que uma acetona faz com um inocente isoporzinho. E, vendo o resultado final, refletimos e pensamos pelo quê nossas unhas passam com acetona. Depois desse dia eu levantei a bandeira do FORA ACETONA. Agora eu só uso para limpar os cantinhos borrados de esmalte. Minhas unhas agora estão protegidas pelo uso de removedores não agressivos.
Na minha viagem eu comprei um pequeno estoque de Cutex sem acetona, que é óóóótimo!

Cutex sem acetona


E na remessa que recebi hoje, os 3 frascos de removedor com óleo de semente de uva.

Removedor de esmalte sem acetona Ideal


Quando à avaliação da eficácia do produto, eu achei que saiu tão rápido quanto o da Dermanail e o da Impala. E ainda fica um cheirinho gostosinho na unha (apesar de o da Impala, com óleo de amêndoas, ser muito mais cheiroso). Quanto à avaliação da loja… bem… em uma escala de 0 a 10 fico com 6. Primeiro, porque não tem variedade nenhuma de esmalte. Tem meia dúzia de gatos pingados, mas tem o removedor sem acetona que eu queria e em vidro grande de 500 ml. E não ficou com a nota um pouquinho maior por causa da falta de proatividade deles para solucionar um problema simples, tentando me colocar num jogo de empurra muito desagradável. E não ficou com uma nota menor porque enviaram rapidinho o produto depois de resolverem, aparentemente sem grandes problemas, a questão do pagamento.

Então, pras Lojas Rede eu deixo a seguinte mensagem:
MINHA SUGESTÃO PARA VOCÊS GANHAREM UM 10 É: 1) Aumentar a variedade do estoque de produtos para manicure, pois vocês estão bem pobrezinhos; 2) Facilitar a busca pelos produtos de manicure no seu site – só consegui achar esmalte escrevendo ESMALTE no campo de busca; 3) Permitir que enviemos um email para vocês com anexo (quase pari um filho tentando mandar pra vocês o comprovante de pagamento, porque em lugar nenhum no site há indicação do endereço de email de vocês – tive que enviar através de resposta ao email de confirmação do pedido feito, já que o formulário de “FALE CONOSCO” de vocês não permite anexar documentos); 4) Lembrarem que o cliente é que faz vocês sobreviverem. Se o atendimento é péssimo, a sua lucratividade será igualmente péssima. Não é o cliente que tem que ter o trabalho de resolver o pepino, se existe um comprovante de pagamento em jogo. Vocês têm que fazer tudo para o cliente ficar o mais satisfeito quanto possível, e resolver tudo sem jogo de empurra. Paparicar o cliente é a melhor maneira de nunca perdê-lo! Pensem nisso!

Removedor sem Acetona Impala

Na onda do “ABAIXO A ACETONA”, testei, finalmente, o removedor sem acetona da Impala. Ele contém óleo de amêndoas e tem um cheirinho gostosinho! Eu usei e aprovei! O esmalte até que saiu com facilidade, e a unha não ficou ressecada como fica com acetona, mas também não ficou “oleosinha” como fica com os lencinhos Fenzza. O melhor mesmo é o cheirinho que fica depois que a gente termina.
Além de não agredir, não manchar, ressecar ou deixar as unhas esbranquiçadas, ele ainda é hipoalergênico, ou seja, não causa alergia ou irritações.
Não é, certamente, um produto baratinho, mas para quem ama as unhas e quer cuidar bem delas para que fiquem sempre lindas, esse é o preço que se paga, não é verdade?

Removedor Agressivo x Não Agressivo

Ok, tudo bem, confesso que não tinha percebido a gravidade da coisa. Como sempre, navegar pela internet é a melhor forma de se descobrir as coisas. Até alguns minutos atrás eu não havia percebido a gravidade de se usar acetona para remover os esmaltes das unhas. Agora entendo que quem quer ter unhas fortes e bonitas deve mesmo recorrer aos removedores que levam horas pra sair, e que custam mais caro. Quando mencionei o custo x benefício em meu post de 14/5, eu estava me referindo tão somente a um produto que tirasse o esmalte rápido. Após assistir a dois vídeos no youtube (um vem logo atrás do outro, sem a gente mexer em nada), eu entendi que o benefício, na verdade, não é tirar o esmalte rápido, mas continuar cuidando do seu “patrimônio natural”, que são suas unhas. Após assistirem o vídeo, vocês verão do que eu estou falando. Poderão perceber que o ressecamento das unhas pode ser o menor dos prejuízos para elas. O que mais acontece, que não percebemos? De hoje em diante tentarei levantar a bandeira das unhas naturebas! Vamos tentar preservar nossas unhas, meninas! Sei que os removedores não-agressores tiram nossa paciência, mas precisamos preservar o principal objeto da nossa vaidade aqui: nossas unhas. Vamos deixar a acetona só para limpar os cantinhos. Para tirar o esmalte, vamos usar produtos que não sejam à base de acetona.

Removedor de esmalte em lenços

Comprei, para experimentar, o removedor de esmalte em lenços da marca Fenzza. O produto tem vários aromas, e eu escolhi o de limão. Minha avaliação do produto foi:
1) Eu precisei de mais de um lenço para cada unha (RUIM)
2) Por precisar de mais de um lenço por unha, eu gastei quase o pote inteiro. Pagar R$ 8,00 por isso vale a pena? (RUIM)
2) A unha não ficou ressecada, pelo contrário ficou hidratadinha (BOM)
3) O produto tem um cheirinho bem agradável (BOM)
Confesso que embora a unha tenha ficado com aspecto ótimo (não ficou ressecada) não gastarei de novo o que gastei com o produto, já que EU precisei de pelo menos metade do pote para tirar os esmaltes das duas mãos. Como ele é um produto que não entorna, ele é prático para quem viaja, pois evita o transporte de acetona ou outros removedores líquidos, EMBORA ELE SEJA IGUALMENTE INFLAMÁVEL.
Para comprar esses lenços, clique aqui
Apesar de o produto não ter sido reprovado por mim no quesito custo-benefício, no final das contas, eu acabei gostando mesmo foi do pote dele, pois cabe como uma luva as plaquinhas da Konad que comprei. O pote fecha com rosca e não por pressão. Então não corre o risco de abrir acidentalmente. Agora minhas plaquinhas têm um lugar seguro para ficar, rsrsrsrsrs

Para comprar esses lenços, clique aqui

Dispenser para Acetona

Embora haja coisas no mercado à venda já há bastante tempo, há aquelas donzelas que ainda não conhecem tais produtos. Eu mesma já fui surpreendida por “novidades” que datam dos tempos de Cleópatra, e fiquei com “aquela cara” quando descobri isso.
Aproveitando o embalo do post de ontem, que foi sobre removedor de esmalte, o post de hoje traz uma dessas “novidades gagás”, e que muita gente certamente não deve conhecer ainda: o dispenser de acetona, vulgo porta-acetona. Eu, particularmente, não sei viver sem ele, pois não há nada mais prático para se usar quando se está fazendo as próprias unhas, já que basta você empurrar a aba para baixo e a acetona sobe, como num passe de mágica, e na quantidade que você precisar (de acordo com a pressão que se faz).
Na minha opinião, usar esse dispenser traz as seguintes vantagens: 1) Sua acetona, que é altamente volátil (evapora rápido) não corre o risco de evaporar com o abre e fecha do frasco original durante o uso, 2) Ela também não corre o risto de derramar, caso você esbarre no frasco original por acidente, 3) Você não corre o risco de borrar seu esmalte ao manusear o frasco original e a sua tampa, 4) Você economiza em acetona, já que você molha o algodão somente com a quantidade necessária, dependendo da pressão que fizer na aba.
O preço desse dispenser varia de acordo com o tamanho. Há dispensers grandes e pequenininhos como o meu, que custa na faixa de R$ 4,00. Tenho certeza que quando usarem se apaixonarão, como eu. Ele geralmente pode ser encontrado em lojas especializadas, que vendem produtos para cabelereiros.

Vale observar que usando esse dispenser, é necessário de vez em quando retirar a aba e limpar tanto ela quanto a base dela, porque a acetona acumulada deixa um resíduo grudento, e quando começa a colar algodão, então, é um horror!

Removedor Cutex

O assunto de hoje é algo que nós, ESMALTARADAS, não damos muita ênfase. O importante não é só o esmalte, mas também todo o conjunto de outros itens que são importantes para deixar nossas unhas impecáveis. A acetona é um assunto que nunca vejo ninguém falar a respeito. E hoje, meu assunto é removedor de esmalte.
Sempre que eu viajo eu levo comigo um kit manicure básico. A ideia é ter um “kit emergência” à mão caso o meu esmalte lasque na viagem – obviamente eu levo o mesmo esmalte que está na unha. Imagine passar o resto da viagem com o esmalte lascado! Cruuuuuuuuzes!
Numa das viagens que fiz para o exterior, o pessoalzinho no aeroporto criou caso porque eu estava levando um frasquinho de acetona. Essas coisas de segurança, que eu aprovo, mas desaprovo, já que um vidrinho de acetona não vai explodir o avião. Enfim, tive que deixar a droga da acetona depois de discutir com o carinha lá… Mas como eu estava saindo de férias, e acetona se vende em qualquer parte do mundo, deixei pra comprar lá, caso precisasse. Por sorte não precisei, pois o esmalte durou a semana inteira por milagre.
Na última viagem que fiz, que foi para NY, já sabendo da burocracia dos USA, não levei acetona. Eu já estava lá havia uns 2 dias (na época eu ainda não era ESMALTARADA) quando o esmalte que eu estava usando lascou. Fui, então comprar acetona para repintar. Olhei várias marcas, mas acabei comprando o da marca CUTEX só porque nessa marca o líquido vinha em várias cores diferentes (azul, amarelo, rosa, verde, roxo…). Mas confesso que eu não estava ligando muito para ver as propriedades que diferenciavam uma cor da outra. Passei a mão na cor que me agradou: ROXO! (Depois reparei que o roxo tem propriedades fortalecedoras e regenerativas das unhas, e contém gelatina) Quando cheguei ao hotel e fui usar o removedor para tirar o esmalte da unha e repintar a que havia lascado, e fiquei queixicaída surpresa com a eficácia do produto! Exageradamente falando, só de ver o removedor o esmalte já pula fora da unha. Sem falar que ainda tem um cheirinho gostoso, e não deixa a unha ressecada. É até meio oleosinho. A unha parece ficar hidratada. Ele tira o esmalte sem a gente quase ter que arrancar o dedo fora de tanto esfregar, como acontece com acetonas comuns. É passar e ele sai rapidamente, sem esforço. Infelizmente, na época, eu não tive a inteligência boa ideia de trazer uns 3 ou 4 vidros. Na verdade, eu estava meio com medo de acharem que eu queria explodir o avião (Americanos, vocês sabem como são com questões de segurança, ainda mais agora, com a repercussão da morte do Bin Laden entre seus seguidores, vão querer até tirar nossa roupa). Somente quando cheguei aqui, que vi que minha “malinha” havia passado na boa na alfândega, é que bateu o arrependimento de não ter trazido mais. Resultado: Hoje eu só uso meu Cutex pra tirar “a sobra” de esmalte que as acetonas comuns não conseguem tirar direito. Eu estou uma verdadeira mão de vaca com meu Cutex. Não deixo nem Gabi chegar perto. Já estou em pânico que ele já está chegando à metade. Mas em julho, quando eu for para a terrinha da OPI, eu não vou ser mais medrosa, e vou arriscar trazer mais uns frascos, junto com os esmaltes da “listinha” que fiz. Só que eu acho que desta vez vão pensar mesmo que eu quero explodir o avião, porque eu pretendo trazer muita coisa, rsrsrsrsrsr.
Olha meu CUTEX acabando!